i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
#NegociosBomGourmet

Inteligência artificial responde a dúvidas de donos de restaurantes gratuitamente

  • PorGuilherme Grandi
  • 03/01/2020 11:00
Um levantamento realizado pela consultoria KPMG apontou ainda 8 tendências de Inteligência Artificial.
Um levantamento realizado pela consultoria KPMG apontou ainda 8 tendências de Inteligência Artificial.| Foto: Bigstock

Uma plataforma de inteligência artificial semelhante à Siri e a Alexa (da Apple e Amazon, respectivamente) promete ir além de apenas responder se um restaurante está aberto ou não. Lançada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em meados de 2019, a Ava é uma nova assistente virtual voltada a quem quer abrir um novo negócio ou já é dono de um, esclarecendo dúvidas sobre gestão, legislação e mercado para ajudar na melhoria contínua da produtividade do estabelecimento.

A expectativa é de que o banco de dados da Ava alcance um milhão de perguntas e respostas nos próximos anos. Foto: reprodução.
A expectativa é de que o banco de dados da Ava alcance um milhão de perguntas e respostas nos próximos anos. Foto: reprodução.

Com mais de 10 mil perguntas e respostas programadas, a Ava responde desde questões simples como o que um garçom faz no restaurante ou o que é um forno combinado, até mesmo o passo a passo a ser adotado para a abertura de um novo negócio, com toda a parte operacional e legal a ser feita. E mais: até mesmo questões polêmicas de legislações são respondidas, todas com embasamento jurídico de quem a orientou.

“Para você ter uma ideia, a questão mais perguntada na Ava desde que ela foi lançada é o que fazer com uma funcionária grávida, uma demanda que sempre tivemos nos nossos consultores humanos e que agora é respondida a qualquer hora em menos de 10 segundos”, explica Paulo Solmucci, presidente-executivo da Abrasel nacional.

Além de explicar desde questões mais simples até as mais complexas, a Ava complementa as respostas com links de documentos e cursos que detalham ainda mais a explicação. Todo o sistema levou dois anos para ser desenvolvido e custou R$ 2 milhões, bancados pela Abrasel com os mais de um milhão de credenciados em todo o país.

Desafio

A assistente virtual responde desde simples questões do dia a dia até mesmo as mais polêmicas com embasamento jurídico. Foto: Unsplash.
A assistente virtual responde desde simples questões do dia a dia até mesmo as mais polêmicas com embasamento jurídico. Foto: Unsplash.

A ideia de criar uma assistente virtual surgiu da necessidade que a Abrasel tinha de se comunicar com todos os associados do país. Mas, não só isso. Com milhares de bares e restaurantes de Norte a Sul querendo esclarecer dúvidas de gestão e operação, os consultores ficavam sobrecarregados – consequentemente, as demandas demoravam a ser respondidas.

“Então começamos com a plataforma da Conexão Abrasel, com cursos, auxílios e orientações sobre tudo o que é ligado ao mercado, principalmente a questão da legislação. Mas, ainda faltava algo que nos tornasse mais acessíveis aos associados, e assim surgiu a ideia da Ava, que nos permite estar praticamente presente a qualquer hora em qualquer lugar”, conta o presidente-executivo da entidade.

A ferramenta, desenvolvida em cima do sistema Watson, da IBM, passou seis meses em testes até ser oficialmente lançado. No começo estavam registradas apenas oito perguntas com respostas. A meta é chegar à marca de um milhão de questões respondidas, muitas delas surgidas nos fóruns de discussão dentro da Conexão Abrasel.

“Há essa rede social dentro do sistema que promove uma interação entre especialistas, empresários e usuários que a utilizam. E dentro dela a Ava vai pincelando questões que ainda não estão no banco de dados, mas que estão sendo demandadas pelos usuários. Assim, a quantidade de perguntas e respostas da inteligência artificial vai crescendo consideravelmente”, esclarece Solmucci.

Veja algumas das respostas da Ava a questões feitas pela redação:

O que fazer com a funcionária grávida?
A grávida tem direito à estabilidade no emprego desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto. Tem licença-maternidade de 120 dias sem prejuízo do salário. Após a licença terá direito a dois descansos de meia hora para amamentar o filho até que este complete seis meses. A funcionária grávida pode trabalhar até a licença-maternidade desde que o local de trabalho não seja considerado insalubre.
A plataforma ainda disponibilizou um e-book com toda a legislação explicada.

Como abrir um restaurante?
Para abrir um restaurante, escolha o nome, o tipo de restaurante (pode ser Self-Service, por exemplo) e qual o cliente que você espera atender. Depois disso, faça os registros necessários na prefeitura de sua cidade, Receita Federal e Secretaria da Fazenda para conseguir o alvará de funcionamento do seu restaurante.
Um curso completo com o passo a passo para abrir um bar ou restaurante foi indicado pela assistente.

A assistente virtual Ava pode ser acessada de graça neste link.

Mais interação

Paulo Solmucci explica que a tecnologia a serviço dos empresários terá novos formatos em 2020, como o lançamento de uma plataforma que vai analisar o negócio em nove dimensões, como os processos de gestão de pessoas, os meios de pagamento, procedimentos internos, execução de serviços de entrega em domicílio (delivery), entre outros.

“Será tudo cada vez mais automatizado, mas sempre com uma equipe de prontidão para analisar e dar o suporte necessário aos usuários”, finaliza o presidente-executivo da Abrasel.

Veja também

Inteligência artificial e robótica, os restaurantes de 2030 serão bem diferentes dos atuais

A carne do futuro está nos laboratórios e, em breve, no fogão da sua casa

5 dicas para contratar a equipe da cozinha e do salão sem errar na escolha

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.