Produtos & Ingredientes

Você já provou?

De maracujá roxo a melancia amarela: 4 frutas diferentes e coloridas

Porque nem só de banana azul é feita a natureza

por Marina Mori Publicado em 05/04/2019 às 19h
Compartilhe

banana azul com textura de sorvete e gosto de baunilha não é a única fruta “diferentona” a crescer na natureza. Apesar de não ser tão fácil encontrar melancias amarelas, maracujás roxos, kiwis dourados e bananas (sim, de novo) cor de rosa por aí, elas existem. E são bem diferentes das suas versões mais tradicionais. Com sabor mais intenso e doce, na maioria dos casos, as frutas coloridas costumam aparecer em locais específicos do planeta. Confira quatro exemplos:

Banana roxa ou rosa

banana-vermelha-rosa-fruta-colorida-instagram-lacows

Diferente da versão de casca azul, a banana roxa é mais cítrica e sua polpa é formada por centenas de caroços. Foto: Reprodução Instagram / lacows

Apesar do tamanho e formato semelhantes à versão azulada, a Musa velutina, conhecida como banana roxa ou banana rosa, é completamente diferente das bananas tradicionais: a polpa é formada por centenas de caroços que lembram a estrutura da romã.

“Não tem como mastigar. Você precisa chupar os caroços, que têm um sabor bem doce e cítrico. É diferente de tudo”, conta o estudante de letras Leandro Pires Gonçalves Karaí Mirim. Segundo ele, o gosto da banana rosa lembra o da graviola; na boca, a polpa derrete facilmente.

O paulista de 24 anos conheceu a fruta ao participar de oficinas de agroecologia na aldeia indígena Itaendy, em Jaraguá, no interior de São Paulo. Apesar de crescer na região, a fruta é nativa do Himalaia e também é cultivada na Austrália. “Outra coisa muito legal é que, quando está madura, ela se abre como uma flor. A gente tem que disputar com os pássaros”, brinca Karaí.

A banana roxa é comercializada como planta ornamental, por ter estrutura pequena e cores vibrantes. É raramente encontrada em mercados municipais.

Melancia amarela

melancia-amarela-frutas-coloridas-instagram-federosiello

Foto: Reprodução Instagram / Federosiello

Por fora, é quase impossível distinguir a fruta: sua casca é tão verde quanto a de uma melancia vermelha comum. Porém, é só cortá-la ao meio e provar um naco da polpa aquosa e amarelo vibrante para sentir as diferenças de sabor. “É doce e parecido com mel. Comi a fruta inteira praticamente em um dia”, comentou um internauta de Los Angeles, na Califórnia, em um post no Instagram. Há quem diga que a fruta tem notas de damasco fresco, também.

>>> Sem preconceito! Melancia surpreende em preparos salgados

A melancia amarela, diferentemente da versão mais comum, não tem licopeno. A substância é rica em caroteno e é responsável pela cor avermelhada de alguns alimentos.

A variedade é rara por aqui. Se quiser prová-la, saiba que costuma aparecer em feiras e supermercados da costa oeste dos EUA.

Kiwi dourado com sabor de manga

kiwi-amarelo-golden-zespi-frutas-coloridas

Foto: Reprodução Instagram / Zespi Brasil

Ao contrário da clássica polpa verde e casca fibrosa do kiwi tradicional, a versão dourada tem um interior amarelo pálido e é revestida com uma casca lisa e polida. O sabor também é diferente: é mais doce e lembra manga. Bem diferente da acidez típica do kiwi verde.

A variedade não é transgênica e é produzida pela marca neozelandesa Zespri desde os anos 90, mas só começou a ser exportada há cerca de três anos. Alguns supermercados brasileiros eventualmente têm a fruta à venda entre os meses de maio a outubro.

Maracujá roxo

maracuja-roxo-frutas-coloridas-instagram-raimundyusuf

Menor e com sabor mais intenso, o maracujá roxo é rico em doçura. Foto: Reprodução Instagram / Raymund Yusuf

Não se engane pelo tamanho: apesar de ser pequeno em relação ao seu irmão amarelo, o maracujá-roxo é menos ácido e extremamente concentrado em aroma, doçura e sabor – por isso, pode ser consumido in natura, às colheradas. É a opção perfeita para servir de cobertura de cheesecakes, mousses e bolos.

Por ser nativo da região sul/sudoeste do Brasil, Paraguai e norte da Argentina, é facilmente encontrado em mercados municipais. Também é cultivado em diversos países do mundo, como Índia, Caribe e Israel, conhecido pelo nome de grenadilla.

LEIA TAMBÉM

Compartilhe

8 recomendações para você