i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
#BomGourmetNegócios

Grupo faz consultoria de marketing gratuita a restaurantes prejudicados pelo coronavírus

  • 09/04/2020 13:32
Marketing restaurantes
Ação realizada em Curitiba pretende ajudar negócios a se manterem em pé agora e na retomada da economia.| Foto: Bigstock

"Fazer o bem sem olhar a quem". O velho ditado nunca foi tão importante como agora em meio à pandemia do novo coronavírus e fez cinco profissionais criativos de Curitiba se unirem para ajudar empresas que estão enfrentando dificuldades.

Com o lema "Ideias ainda podem sair de casa”, o grupo faz uma espécie de consultoria de marketing de forma gratuita para pequenas e médias empresas se manterem em pé e terem fôlego na retomada da economia. Serão pelo menos 10 negócios beneficiados pela iniciativa, principalmente do segmento de gastronomia, turismo e vestuário -- os mais afetados pelas restrições de isolamento social.

Luisa Paiva, co-fundadora do estúdio de criatividade TELA e idealizadora do projeto, conta que a ideia surgiu em meados de março, quando o governo precisou intervir mais na rotina das pessoas para conter o avanço do novo coronavírus.

Foi vendo o comércio fechar e os próprios clientes dela pedirem ajuda que surgiu a iniciativa de contribuir de alguma forma com quem foi mais afetado.

"Estávamos nos perguntando como poderíamos ajudar neste momento, e idealizamos essa campanha com o que fazemos de melhor, que é ter ideias", explica.

A rede é formada por profissionais como redatores, designers, relações públicas e analistas do TELA e das agências CriaTexto, Massimo e P+G Comunicação Integrada. Entre as empresas que já estão no portfólio do TELA estão a fintech Ebanx, a startup Pipefy e a rede de hotelaria Bourbon.

Critérios

Como são poucas vagas e apenas cinco profissionais trabalhando voluntariamente, o coletivo desenvolveu critérios para selecionar as empresas participantes. Elas devem ser preferencialmente negócios voltados ao varejo em Curitiba com faturamento anual até R$ 1,5 milhão e no máximo 30 funcionários.

A seleção é feita online e consiste em um bate-papo agendado pelo site do projeto e a avaliação das empresas candidatas. Depois de aprovadas, começa o trabalho de análise do que o negócio precisa neste momento de crise.

"Fazemos perguntas para entender o contexto interno e externo do negócio, como é o produto ou o serviço oferecidos, fazemos uma pesquisa do segmento e definimos ideias e soluções para problemas e desafios", afirma Luisa.

O diagnóstico completo e a elaboração do plano de ação devem levar no máximo uma semana para serem entregues, dependendo da complexidade do negócio. Nele estão um planejamento de marketing e comunicação com estudos e ideias de novas campanhas para o ano, ideias de peças publicitárias a serem executadas online, identidade visual, estimativas de custos e duas reuniões de uma hora de pesquisa e apresentação da proposta.

"O que a gente está fazendo é tipo uma consultoria gratuita, inclusive com algumas peças entregues de graça. Dentro do plano também apresentamos ideias que têm algum custo, que não tem como fazer gratuitamente. Ele pode fazer conosco na agência ou com profissionais de fora", explica.

Se você ficou interessado em participar do projeto, o agendamento do bate-papo online é gratuito e vai até o dia 14 de abril pelo site do projeto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.