i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
#BomGourmetNegócios

Proibição de canudos plásticos aumenta em até 70% custos do utensílio para restaurantes

  • 20/02/2020 15:54
Canudos de papel
Os canudos de papel, que se descompõem mais rapidamente, custam quatro vezes mais que os de plástico comum. Foto: Unsplash.| Foto: Unsplash

A aprovação de leis que proíbem a utilização de canudos, talheres e embalagens plásticas de uso único fará os custos com utensílios de bares e restaurantes aumentarem em até 70%, dependendo de como serão substituídos.

É o que estima a professora Luana Budel, especialista em fundamentos da cozinha profissional do curso de gastronomia da Universidade Anhembi Morumbi. A primeira legislação do tipo no país entrou em vigor no estado de São Paulo nesta semana – e pode servir de inspiração para outras cidades do país.

A lei aprovada no ano passado proíbe o fornecimento ou a venda de canudos plásticos por qualquer estabelecimento comercial do estado, e prevê uma multa que pode chegar a R$ 5,5 mil. A fiscalização e autuação está a cargo do Procon-SP.

Apesar de ser bem vista tanto por empresários como por consumidores por conta da diminuição do impacto ambiental, a especialista afirma que a conta da vai sobrar para os donos dos estabelecimentos, já que a lei não trouxe um incentivo para baratear a produção dos materiais substitutos ao plástico.

"A lei é importante, mas é drástica e não cria alternativas que incentivem a produção em maior escala sem encarecer os produtos”, afirma a professora Luana Budel.

Entre os materiais alternativos para substituir os plásticos comuns estão os canudinhos feitos de fibra de mandioca ou de milho e copinhos biodegradáveis de papel mais resistente.

Para se ter uma ideia, cada canudinho feito de plástico comum custa em média R$ 0,025, enquanto que o de material biodegradável sai a R$ 0,030. A diferença parece pouca, mas se comparar com os canudos feitos de papel que se decompõem mais rapidamente, o valor salta para R$ 0,131.

“Alguns empresários que têm uma visão de mais sustentabilidade estão absorvendo um pouco dos custos por conta de um anseio popular, mas isso não é possível para todos. Conheço profissionais que não estão dando a mínima pra isso”, ressalta.

Oferta e demanda

Embora os custos para substituir os plásticos de uso único ainda sejam altos, a expectativa é de que os preços caiam com o passar dos anos e o aumento do consumo de opções mais sustentáveis. Ozeias Teixeira de Oliveira, proprietário da Gold Food Service, que fornece insumos e produtos para bares e restaurantes, explica que os canudinhos de papel, por exemplo, já chegaram a custar dez vezes mais que os de plástico comum.

“Hoje ele custa apenas quatro vezes mais que o canudo de plástico. À medida que houver aderência e aumento do volume de produção do papel, o preço cairá mais ainda”, avalia.

Essa aderência citada por Ozeias deve vir principalmente das grandes redes de comida rápida, que conseguem melhores negociações por conta de volumes maiores de compras.

Uma delas é a Sodiê Doces, que começou a substituir todos os plásticos de uso único em meados de 2019, como pratinhos, copos, garfos, mexedores de café e embalagens de hambúrgueres, por materiais biodegradáveis, compostáveis ou reutilizáveis.

A marca estima um aumento de 39% nos custos com a troca dos descartáveis para produtos biodegradáveis, mas busca parcerias para segurar o repasse ao consumidor. Cleusa Maria da Silva, fundadora da Sodiê Doces, explica que 80% dos utensílios utilizados para servir os clientes são de materiais plásticos, e apenas 20% de porcelana ou papelão biodegradável.

“Nossa meta para 2020 é que todos os produtos de plástico oferecidos aos clientes sejam substituídos, atendendo a lei que proíbe o fornecimento de produtos descartáveis de plástico, porém vamos estender em nível nacional”, conta.

Na rede de franquias com 315 lojas, os custos com descartáveis representam 1,5% do orçamento. Com a substituição por materiais mais sustentáveis, a fatia aumentará para 2,08%.

Pequenos

Canecas
Na cafeteria Lucca Cafés Especiais, em Curitiba, as canecas reutilizáveis dão desconto de R$ 1 no refil do café do dia. Foto: Lucca/divulgação.| Lucca/divulgação

Já os pequenos negócios estão fazendo malabarismos para atender aos pedidos dos consumidores pela substituição de canudos e talheres plásticos, e criando alternativas que acabam fidelizando-os. Vânia Krekniski, chef e sócia do restaurante Limoeiro, em Curitiba, começou a substituir os canudinhos plásticos há dois anos e só os entregavam quando um cliente pedia. A atitude reduziu o uso em 80%.

“E agora iniciamos o uso do canudo de papel, estamos testando fornecedores. Os custos são quatro vezes maiores, precisamos descobrir um fornecedor mais em conta”, conta a chef.

Ela conta que o próximo passo é substituir as outras embalagens de alimentos e sacolas por versões mais sustentáveis, em estudos com alunos da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Geórgia Franco, mestre de torra e proprietária do Lucca Cafés Especiais, também em Curitiba, começou a incentivar o uso de canecas reutilizáveis há cerca de um ano, dando um desconto no café do dia a cada refil. O primeiro lote de 200 unidades esgotou em três meses, custando a partir de R$ 40.

“Quem compra a caneca ao invés de utilizar o copo com tampa de plástico ganha R$ 1 de desconto a cada refil do café do dia, e também temos o canudinho de aço inox que pode ser comprado com desconto ao pedir uma bebida gelada”, conta.

Como está pelo país

No âmbito federal, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (lei federal 12.305/2010) já determinou que estados e municípios deem prioridade na gestão e gerenciamento de resíduos sólidos, com a ordem de não gerar produtos que se tornem lixo – se não for possível, que a produção seja reduzida. A legislação também indica a reutilização de um produto a maior quantidade possível de vezes antes de ir para a reciclagem e disposição final dos rejeitos.

No entanto, estados e municípios ainda formulam as regulamentações locais da legislação. Em Curitiba, a lei 15.434/2019 de autoria da vereadora Maria Letícia chegou a tramitar na Câmara Municipal inspirada pela lei paulista, mas foi alterada para um caráter educativo após discussões com o Sindicato das Empresas de Gastronomia, Entretenimento e Similares do Município (SindiAbrabar), que pediu a criação de um selo de incentivo para os estabelecimentos que oferecessem alternativas ao plástico.

Já no âmbito estadual do Paraná, o projeto 186/2018 segue em tramitação na Assembleia e, atualmente, está em análise na Comissão de Ecologia e Meio Ambiente, que tem como presidente o deputado Goura (PDT). A proposta já recebeu parecer favorável das comissões de Constituição e Justiça; e Indústria, Comércio, Emprego e Renda. Não há outra lei semelhante à paulista aprovada nos demais estados brasileiros.

Conteúdo editado por:Talita Boros Voitch
23 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 23 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • A

    Afonso Celso Frega Beraldi

    ± 3 horas

    Pergunta que não quer calar: os "nobres políticos preocupadíssimos" com o meio ambiente, darão empregos novos ou alternativas aos que vão perder os seus empregos por causa de leis estapafurdias?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • Z

      Zyss

      ± 2 horas

      Ao contrário, eles "for fara" são os donos das novas tecnologias e ganharam rios de dinheiro e povo se fudendo...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

  • T

    Thomas

    ± 4 horas

    Se vc for pensar bem, o povo acaba pagando pelos custos do capricho de um grupelho barulhento que se acha moralmente superior a todos, e que pensa que vai salvar o mundo. São super-heróis que não voam, são avoados. Quando a pessoa é pequena, o ego se destaca. A sabedoria popular dá uma receita a esse pessoal: “vai carpir um lote!”.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Z

      Zyss

      ± 4 horas

      Mais um lobby que vai beneficiar alguns e ferrrar TODOS...Brasil é coisa de idiothaaa

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • A

        Ana

        ± 4 horas

        O problema e com a higiene, eu mesmo quando vou em restaurante eu prefiro tomar cafezinho no copinho de plástico... como vai lavar um canudo?? teria nojo de tomar que não seja descartável. Outra coisa que eu não entendo por que os produtos biodegradável são 200% mais caros, não deveria ser o contrario???

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • D

          David de Carvalho

          ± 4 horas

          Essa proibição é um bom começo.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • A

            Alex Fox

            ± 6 horas

            Essa proibição é ridícula e os consumidores que vão pagar por isso. Obviamente os mais pobres serão mais impactados.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • V

              Vitor Chvidchenko

              ± 6 horas

              Essa proibição dos canudos de plástico é mais um atestado da burrice fenomenal brasileira - pelo menos, dos nossos governos. Ah, não há descarte correto dos canudos? Não há coleta seletiva? O canudo vai - sabe-se lá como - parar no mar? Então, que se proíba os canudos! Gênios!! Os materiais plásticos não foram desenvolvidos à toa - possuem um monte de propriedades físicas e químicas úteis, para diversas aplicações. Agora, necessitam de tratamento adequado - coleta seletiva, reciclagem, etc. Mas a solução burra do governo preguiçoso brasileiro é simplesmente PROIBÍ-LO E JOGAR A CONTA PARA O CONSUMIDOR. Isto é Brasil - paraíso da mediocridade.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              1 Respostas
              • P

                PAULO C.P.

                ± 5 horas

                Que "gênio" é você. Só repetindo igual um papagaio o discurso pronto dos extremistas.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

            • R

              renato mello

              ± 7 horas

              Mais uma vez o poder público combatendo o efeito - o lixo indevidamente descartado pelos consumidores e empresas, com a causa - o fracasso das prefeituras em elaborar e APLICAR um plano de reciclagem que seja efetivo, contínuo e funcione! Aqui na cidade de SP, as ruas estão sujas, os mendigos e carroceiro deixam lixo e restos de matérias pelas calçadas que ficam por dia, sendo levados pelas chuvas de verão para os bueiros, riachos e os rios Tietê e Pinheiros. Político gosta de lacrar em vida dos outros e tem empresário que ainda aplaude.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • J

                Jorge Dias

                ± 7 horas

                Uma ótima ideia também é proibir fogos de artifício, depois podemos fazer uma lei que proíba pessoas de usar bonés em cinema, e se der tempo, podemos fazer uma lei que obrigue que carroças e charretes sejam puxadas por seres humanos e não cavalos!

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                1 Respostas
                • J

                  Jorge Dias

                  ± 7 horas

                  Já sei, vou ser vereador de Curitiba! Tenho ótimas ideias, e já dancei capoeira!

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

              • M

                Mauricio Nadolny

                ± 7 horas

                Proibir utilização de canudos plásticos??? Quanta bobagem... esses legisladores ineptos deveriam estabelecer e fazer valer leis para a correta coleta e destinação dos diferentes tipos de resíduos. Qualquer empresa organizada tem um PGR - Plano de gestão de resíduos e é cobrada por isso, estados e municípios também deveriam estabelecer planos, não apenas cobrar soluções e multar. Mais uma vez ataca-se o efeito e não a causa...

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • K

                  KVA

                  ± 8 horas

                  Há se o ser humano tivesse educação e responsabilidade, destinando corretamente o lixo que produz...

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • M

                    Marcos Ctba

                    ± 21 horas

                    É só fazer canudinho de papel como foi sempre feito durantes muitos anos aqui no Brasil. Na China tem máquinas que fazem com custo bem baixo , e não só canudinhos pratos de papel e talheres biodegradáveis.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    2 Respostas
                    • P

                      PAULO C.P.

                      ± 5 horas

                      Vitor Chvidchenko: o artigo é tendencioso e faz a típica 'chantagem' do 'oh coitadinho dos nossos empresários', vejam vão gastar mais, e blá blá blá. Cresça rapaz.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                    • V

                      Vitor Chvidchenko

                      ± 6 horas

                      O artigo deixa bem claro que o custo do material - papel - é bem maior do que o do plástico. ESTE é o problema. Ah, como é maravilhoso fazer leis ambientalistas e mandar a conta para os outros...

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                  • S

                    STF

                    ± 22 horas

                    Em vez de tentar saber porque o canudo termina no mar se proíbe uma invenção extraordinária e higiênica.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    1 Respostas
                    • V

                      Vitor Chvidchenko

                      ± 6 horas

                      Exatamente! Disse tudo.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                  • R

                    Ronald Niculitcheff

                    ± 23 horas

                    Ninguém fala nada a respeito das garrafas pet? Nem dos sacos de leite? Ou dos copos de iugurte? Existem milhares de ítens feitos de plástico. Mas os canudinhos foram eleitos como a única praga ecológica. Não consigo entender. Alguém me explica, por gentileza? Obrigado.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    3 Respostas
                    • F

                      Flavio Teixeira

                      ± 6 horas

                      Copo de plástico não entra na narina das tartarugas...

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                    • A

                      Alex Fox

                      ± 6 horas

                      Isso é lobby. O mercado de canudos de plástico é muito concorrido e as margens são muito baixas. Alguns empresários compraram há muito tempo máquinas para produzir canudos de papel ou metal, mas isso nunca vingou, até agora. Com o lobby desses empresários e os ecotrouxas estão criando demanda por um item de valor agregado muito maior com muito menos concorrência. As pequenas empresas que fabricam canudos de plástico vão fechar deixando o mercado livre para os grandes que estão há anos se preparando para esse momento.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                    • @

                      @gag99

                      ± 22 horas

                      Nem da ásia ser responsável por 90% da poluição do oceano por plasticos, é mais um passo globalista para nos acorrentar.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                  Fim dos comentários.