i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Vencedores

Vaga de estágio, cursos e vivências: conheça os prêmios do Hack pela Gastronomia

  • PorBom Gourmet
  • 05/09/2020 08:00
Vaga de estágio, cursos e vivências: conheça os prêmios do Hack pela Gastronomia
| Foto: alizee baudez_unsplash

Encontrar soluções criativas, viáveis e rápidas para auxiliar o setor de foodservice em meio a crise causada pela pandemia da Covid-19 é o mote principal do Hack Pela Gastronomia, projeto do Bom Gourmet em parceria com empresas, entidades e especialistas que teve início este mês. Além dos ensinamentos, aprendizado e da formação de um banco de ideias que ficará à disposição do segmento, as melhores equipes participantes do hackathon (que ocorre de 12 a 16 de setembro e está com inscrições abertas)  também ganharão prêmios. As melhores ideias serão divulgadas, após passar por uma banca de jurados, no dia 21, durante uma live.

"O foco não é encontrar um vencedor, mas unir pessoas para pensar soluções que sejam impactantes e viáveis. A gente acredita muito no potencial dos projetos que vão sair, e por isso buscamos premiações relacionadas diretamente com o desenvolvimento das pessoas" salienta Ana Maia, co-fundadora da Panic Lobster, empresa responsável pela operação da competição.

Funcionará da seguinte forma: equipes serão formadas para resolver desafios em cinco áreas: negócios, comunicação, espaço, comportamento do consumidor e tecnologia. As pessoas devem se inscrever individualmente, mas empresas e empreendimentos podem inscrever colaboradores individualmente e depois, dentro da plataforma, montar suas equipes com três ou seis membros.

Para resolver os problemas, os participantes contarão com o conteúdo prévio dos talks, que ocorrem até o dia 9, com webinars dentro do hackathon que apresentará as metodologias ágeis e como usá-las a todos os participantes e com os mentores, que dentro da sua área irão instruir os participantes em questões específicas. Aprender o passo a passo da chamada metodologia ágil, forma de gestão que ganhou forma nas empresas de tecnologia e que se disseminou no mundo corporativo de outras áreas, é um dos principais legados do hackathon.

Prêmios

Mas além dos ganhos imateriais, os participantes terão também a possibilidade de ganhar prêmios durante o hackathon. Para o 1º lugar geral, o prêmio será seis vagas no programa Empretec, do Sebrae. A capacitação de seis dias, com duração total de 60 horas, usa uma metodologia da Organização das Nações Unidas (ONU), que desenvolve características de comportamento empreendedor e identifica novas oportunidades de negócios. O curso é válido para todo o ano de 2021.

Os integrantes da equipe vencedora também poderão ganhar um voucher para curso na Escola Laurent Suadeau, sorteado entre as seis pessoas; o aluno poderá escolher o curso da grade que mais interessar. O Centro Europeu também fornecerá 20% em qualquer curso da Live School para todos os inscritos do hackathon.  Já o primeiro lugar terá uma bolsa de 100% para o curso de Gestão de Empresas do Centro Europeu. O vencedor também terá acesso a um minicurso online para preparação de um cardápio com aproveitamento integral dos alimentos, minstrado pelo projeto Gastromotiva.

Outro prêmio do Hack é uma vaga de estágio em 2021 na Unilever, gigante do setor alimentício e uma das patrocinadoras do projeto; todos os participantes que cumprirem os pré-requisitos da vaga poderão concorrer (que é o de estar cursando, na data, o penúltimo ou último ano da universidade, sem restrição de idioma, curso ou faculdade). A disponibilidade do estágio é de seis horas diárias, com bolsa de R$ 1,5 mil mais benefícios.

As equipes do top 3 do Hack pela Gastronomia ganham ainda um kit com produtos da marca italiana Paganini (como azeite, massas, atomatados, etc).  O  2º e 3º lugares farão uma vivência de um dia de produção em uma Cozinha Solidária Gastromotiva.

A Connecty Pay vai presentear com R$100 de cashback cada pessoa/integrante da equipe vencedora do Desafio Connecty Pay. Para os vencedores gerais do hackathon, a marca oferecerá R$200 de cashback para cada integrante do 1º lugar, R$100 de cashback para cada um da equipe que ficar em segundo lugar, e R$50 de cashback para cada integrante do terceiro lugar.

Todos os detalhes da premiação podem ser vistos no site do Hack pela Gastronomia.  As inscrições seguem abertas até o dia 9 de setembro. Participe!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.