i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Hack pela Gastronomia

Planejamento financeiro minucioso será uma das lições deixadas pela pandemia

  • PorBom Gourmet
  • 03/09/2020 20:58
Planejamento financeiro precisa ser cada vez mais detalhado no setor gastronômico.
Planejamento financeiro precisa ser cada vez mais detalhado no setor gastronômico.| Foto: Unsplash

O conselho é batido e válido na vida pessoal e para as empresas,  mas poucas vezes seguido à risca: não gaste mais do que você ganha ou fatura, e faça uma reserva financeira para passar pelos momentos de crise. Nos momentos de bonança, é importante deixar de lado a percepção de que tudo sempre dará certo e ter uma segurança para imprevistos - como o que estamos passando nesse momento, por conta da pandemia de coronavírus.

Esse é um dos principais aspectos que o setor de foodservice precisa se atentar no momento e para o futuro, acreditam Almir Porpetta e Diego Juchnievski, da Porto a Porto. O gerente administrativo, de importação e logística e o engólogo e supervisor de vendas da importadora foram os convidados do talk "Gestão como ingrediente de sucesso", uma das conversas do Hack pela Gastronomia. Os bate-papos online seguem até o dia 9 de setembro.

Assista a conversa na íntegra: 

"Não gaste mais do que a empresa fatura. Se você não fizer uma reserva, empatar ou gastar tudo, a tendência infelizmente é quebrar" alerta Porpetta. Na Porto a Porto, importadora que traz ao país produtos como os da marca italiana Paganini, uma das patrocinadoras master do Hack pela Gastronomia, o planejamento financeiro é um dos aspectos mais relevantes, diz Juchnievski. "Ter um fluxo de caixa, poupança e um planejamento mais na ponta do lápis, indo nos detalhes, será muito importante daqui para frente. E é o que a gente fez aqui na Porto a Porto" fala. A empresa também mudou estratégias rapidamente para garantir o abastecimento durante a pandemia, por exemplo, um bom exemplo de adaptação e ações rápidas, necessárias em períodos críticos.

Profissionalização e apoio

Porpetta e Juchnievski falaram ainda sobre a importância de as empresas usarem softwares de gestão na administração dos seus negócios e buscar apoio de entidades como a Associação Brasileira de Bares e restaurantes (Abrasel) e Sebrae na busca por novas soluções. Quem está começando no ramo precisa ficar atento para questões como localização do negócio, público-alvo que deseja atingir e sabedoria para lidar com os clientes. "Quando investimos queremos retorno rápido, mas nem sempre é assim. Paciência, boa comida, organização e disponibilidade de horários são fatores que ajudam a alcançar o sucesso" orienta Juchnievski.

O fortalecimento com parceiros é outro ponto chave. A Porto a Porto, por exemplo, ofereceu aos seus clientes produtos para que os restaurantes formassem mini empórios (aumentando o tíquete médio) e outras ações como promoções de pratos que incluíam taça de vinho no valor.  "Levamos opções para o nosso cliente ganhar dinheiro, levando ao pé da letra essa questão de parceira. Fugimos da zona de conforto para chamar a atenção do nosso cliente".

Porpetta também falou sobre ações práticas que ajudam sobretudo a manter a saúde financeira no negócio, como:

  • Negociar sempre nas compras para ser competitivo, sem deixar de lado a qualidade. 
  • Priorizar fornecedores parceiros. 
  • Não deixar recurso parado no caixa. "O mercado financeiro tem aplicações atrativas e você não perde para a inflação" ensina. 
  • Reforce seu caixa, mesmo que não esteja precisando neste momento. 
  • Em momentos calmos, garanta ou reforce sua reserva financeira. 
  • Cuide com o nível máximo e mínimo do estoque. "O cofre da empresa está no estoque" fala Porpetta. 
  • Tenha um bom controle do estoque, evite infestações, cuide com avarias e prazo de validade dos produts. 
  • Analise a gestão do estoque diariamente. 

Os talks do Hack pela Gastronomia seguem até o dia 9 de setembro, são 100% online e gratuitos. Veja a programação completa e se inscreva no site do projeto. As inscrições para o Hack pela Gastronomia seguem abertas. Participe e se inscreva!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.