Restaurantes

nova "prainha"

Shopping da década de 1980 renasce como polo gastronômico com 14 bares

Das 24 lojas do Hauer Shopping, em Curitiba, dez funcionam como bar e restaurante e outras quatro devem abrir ainda no primeiro semestre desse ano

por Flávia Schiochet Publicado em 10/04/2017 às 19h
Compartilhe

Aberto no início de 1985, o Hauer Shopping, em Curitiba, sempre teve movimento majoritariamente diurno. Há pouco menos de um ano, no entanto, o ponto comercial no coração do Batel tem visto sua dinâmica mudar: com a abertura de um bar especializado em fish’n chips em agosto do ano passado, as calçadas e degraus da galeria passaram a ficar abarrotados de clientes em um horário em que todas as portas de ferro estavam fechadas.

Inauguração da segunda unidade da hamburgueria Whatafuck no Hauer Shopping contribuiu para o aumento de movimento na região. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

Inauguração da segunda unidade da hamburgueria Whatafuck no Hauer Shopping contribuiu para o aumento de movimento na região. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

Atualmente, dos 24 pontos comerciais do shopping, 14 são focados em alimentação. A inauguração de The Fish & Chips English Pub foi seguida pela abertura do Chicano Pub Libre, em novembro, o wine bar do grupo Vino! em dezembro, uma nova unidade da hamburgueria Whatafuck, um bar especializado em coquetelaria e uma pastelaria inauguraram em janeiro e, mais recentemente, o boteco português Tasca, em março.

O primeiro bar aberto recentemente no Hauer Shopping foi o The Fish'n Chips English Pub, em agosto. Foto: Antonio More/Gazeta do Povo

O primeiro bar aberto recentemente no Hauer Shopping foi o The Fish’n Chips English Pub, em agosto. A inauguração puxou outros sete estabelecimentos para o ponto. Foto: Antonio More/Gazeta do Povo

Ainda há quatro bares para abrir: está previsto para o final de abril a inauguração de uma casa de bagel e, para junho, um bar especializado em gim. O Grupo Taj abrirá um bar em breve, ainda sem detalhes sobre formato, especialidade e nome. Sobre a quarta casa, ainda não há informações.

Vicente Machado reúne 17 opções para quem gosta de comer na calçada

Além dos empreendimentos de gastronomia, há pet shop, lavanderia, imobiliária, lojas de roupas e acessórios, confecção e agência de viagens.

O Batel X-Picanha é o mais antigo dos bares e lanchonetes do Hauer Shopping, aberto em 1999. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

O Batel X-Picanha é o mais antigo dos bares e lanchonetes do Hauer Shopping, aberto em 1999. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Exceto pelo pioneiro X-Picanha, que desde 1999 serve basicamente o mesmo cardápio, o Hauer Shopping sempre foi um espaço de conveniência e serviços. Seu projeto, com apenas o térreo e a fachada das lojas na parte externa, integra-se às ruas circundantes – ruas Coronel Dulcídio, Comendador Araújo e Benjamin Lins – e no “miolo” fica o estacionamento, com vagas para 60 carros.

O formato facilita o trânsito da boemia: o cliente compra uma cerveja ou drink em um estabelecimento, pode comprar a comida em outro e, caso prefira ficar na rua, aproveita os degraus em volta como o “salão”. É uma nova prainha se formando no Batel.

 

Conheça os bares que funcionam no Hauer Shopping:

 

Under Construction (em breve: Spirits Coquetelaria)

Ainda sob construção, o bar especializado em coqueteis se chamará Spirits. Enquanto a reforma não começa, o local está com o nome provisório de Under Construction, servindo apenas drinks e chopes desde janeiro. Em algumas semanas as obras começarão na parte da cozinha e o bar só será fechado quando precisar reformar o ambiente. Ao final de junho a casa deve reinaugurar sob o nome definitivo de Spirits, com tema e estrutura novas.

Under Construction é o nome provisório do bar Spirits, focado em coquetelaria. A reforma começará em breve. Foto: Divulgação

Under Construction é o nome provisório do bar Spirits, focado em coquetelaria. A reforma começará em breve. Foto: Divulgação

À frente do balcão está o bartender Angelo Camargo, conhecido por Carpa, com 30 opções de drinks, entre autorais e clássicos (preços entre R$ 15 e R$ 35). Dentre as bebidas assinadas por Carpa está o Okinawa Swell (R$ 15), feito com saquê, limão e coentro, e o Beer Mule (R$ 19), uma releitura de Moscow Mule feita com cerveja.

Okinawa Swell, drink criado pelo bartender Carpa, leva saquê, limão e coentro. Foto: Divulgação

Okinawa Swell, drink criado pelo bartender Carpa, leva saquê, limão e coentro. Foto: Divulgação

Serviço: Rua Coronel Dulcídio, 775, loja 4, Batel. De terça a quinta das 17h30 à 1h, às sextas e sábados das 17h30 às 3h e aos domingos das 17h à meia-noite.

 

The Fish’n Chips English Pub

The Fish n Chips English Pub

Porção de peixe frito e batata no cone é o carro-chefe do The Fish n Chips English Pub. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

Aberto em agosto de 2016, serve porção de pescada branca e batata rústica com maionese caseira (R$ 12 a média, R$ 18 a grande). O peixe é empanado e frito e pode ser substituído por bacalhau (R$ 20). Para beber, 12 opções diárias de chope de cervejarias de todo o Brasil (a partir de R$ 10, 550 ml). Também tem hambúrguer de salmão (R$ 15). Serve água saborizada como cortesia aos clientes.

>>> Veja detalhes do fish’n chips na reportagem do Bom Gourmet

Serviço: Rua Coronel Dulcídio, 739 – (41) 3023-9117. Terça a sábado das 17h30 às 2h.

 

Tasca

Tasca-boteco-portugues

Os sandes são uma das opções do Tasca. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

O boteco português abriu em março deste ano com cardápio bem típico: porção de bolinho de bacalhau (R$ 15, seis unidades), sanduíches de ragu de carne de porco, cebola caramelizada e molho da casa (R$ 13) e de linguiça portuguesa, cebola caramelizada, molho de nata, coentro e especiarias. Há também pastel de nata (R$ 7 cada). Tem vinhos portugueses em taça (R$ 15), sangria e clericot (R$ 16).

>>> Conheça o cardápio do boteco português Tasca

Serviço: Rua Coronel Dulcídio, 739, loja 8. Domingo, terça e quarta, das 11h30 à meia-noite e quinta, sexta e sábado, das 11h30 às 2 horas.

 

Winebar Vino!

Segundo winebar do grupo Vino! abriu em dezembro de 2016 com 400 rótulos de vinho. São servidos em taça os rótulos que custam menos de R$ 200 (R$ 15 a taça, pedido mínimo de duas taças). A adega tem vinhos que custam entre R$ 50 e R$ 1 mil. Para acompanhar, há pratos como a polenta cremosa com ragu de cogumelos e ovo caipira (R$ 18), risoto de camarões, manga e gengibre (R$ 24), salada caprese (R$ 14) e Sanduba da Nonna (R$ 22), pão com polpettone parmigiana.

Sanduba da Nonna servido no winebar da Vino!. Foto: Divulgação

Sanduba da Nonna servido no winebar da Vino!. Foto: Divulgação

>>> Confira detalhes do winebar da Vino! no Hauer Shopping

Serviço: Rua Comendador Araújo, 891, loja 5 – (41) 3359-1077. Funciona de terça a quinta e domingo das 17h às 23h, e sexta e sábado das 17h à meia-noite.

 

Whatafuck Hamburgueria

Hambúrguer de Angus, muçarela, tomate, cebola roxa e maionese verde do Whatafuck. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Hambúrguer de Angus, muçarela, tomate, cebola roxa e maionese verde do Whatafuck. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

A segunda unidade da hamburgueria Whatafuck abriu em janeiro desse ano e serve os mesmos hambúrgueres da primeira unidade – carne, calabresa e vegetariano (R$ 10 cada) – e um exclusivo para a loja do Hauer Shopping: o de costela, que ainda não tem data de estrear. O hambúrguer de carne duplo custa R$ 15. Para beber, seis opções diárias de chope: pilsen, weiss, hop arabica, double vienna, F#%* Fresh e Whatafucking, uma American Pale Ale criada para a hamburgueria (a partir de R$ 8 a R$ 18, 440 ml).

>>> Saiba mais sobre a segunda unidade do Whatafuck

Serviço: Rua Coronel Dulcídio, 775, loja 1. Aberto de quarta a sábado das 18 às 2h e terça e domingo, das 18h à meia-noite.

 

Flango Pastelaria

A pastelaria abriu em janeiro com 11 sabores de pastel. A casa tem três preços: para carne, queijo, frango, calabresa, palmito, a unidade custa R$ 5. Os que combinam dois sabores – carne e queijo, frango e queijo, calabresa acebolada, calabresa e queijo – saem por R$ 6 e o de pizza e banana, R$ 7 cada.

Pastel de calabresa da pastelaria Flango é dobrado de maneira diferente e fica alto. Foto: Divulgação

Pastel de calabresa da pastelaria Flango é dobrado de maneira diferente e fica alto. Foto: Divulgação

Os pasteis têm a mesma “área”, mas a forma de dobrar o de calabresa com queijo tem uma particularidade: fica com 32 cm de altura e 7 cm de largura. Os chopes custam entre R$ 8 e R$ 15 (440 ml)

Serviço: Rua Coronel Dulcídio, 739. Abre de quarta a sábado das 18 às 2h e terça e domingo das 18h à 0h30.

 

Chicano Pub Libre

O bar mexicano abriu em novembro de 2016 e seus pratos servem até duas pessoas. São quatro opções de nacho, quatro de taco, quatro de burritos e três de chimichangas, uma espécie de burrito frito. Os pratos custam entre R$ 15 e R$ 20 e vêm com molho para acompanhar (sour cream, guacamole, pico de gallo).

As porções de taco do Chicano Pub Livre custam R$ 18. Foto: Divulgação

As porções de taco do Chicano Pub Livre custam R$ 18. Foto: Gustavo Domingues/Divulgação

Dentre as opções, o nacho Con Mucho Gusto vem com barbacoa, bacon, cebola caramelizada, abacaxi e cheddar; o taco Chicano é montado com chilli de carne, feijão mexicano, pimenta jalapeño, queijo e alface; e o burrito Guadalajara tem chilli de frango, bacon, salsa manga e acompanhamento à escolha. Há opções vegetarianas de todos os tipos servidos. A casa trabalha com chopes artesanais (de R$ 15 a R$ 20) e carta de drinks e shots. Em março, o Chicano abriu uma segunda unidade no pólo gastronômico Ca’Dore.

Serviço: Rua Cel. Dulcídio, 775. Abre de terça a quinta das 17h30 à meia-noite. Às sextas das 17h30 às 2h, aos sábados das 17h30 às 3h e aos domingos, das 16 às 23h.

 

Templo da Cerveja e Hot Bizi

Bizi Burguer da HotBizinelli, a R$ 22. Foto: Divulgação.

Bizi Burguer da HotBizinelli, a R$ 22. Foto: Divulgação.

O Templo da Cerveja funciona no Hauer Shopping há seis anos e em março aumentou a “família”: no mesmo ponto da loja de cervejas passou a operar o Hot Bizi. A família Bizinelli, que teve um food truck com o mesmo nome por dois anos, é especializado em carnes suínas e serve sanduíches (a partir de R$ 12) e petiscos (a partir de R$ 10). O Bizi Burguer é montado em pão de limão com hambúrguer de linguiça (150 g), geleia de pimenta, rúcula, cebola roxa e maionese de ervas (R$ 20).

A Hot Bizi funciona dentro do Templo da Cerveja. Foto: Albari Rosa/Divulgação

A Hot Bizi funciona dentro do Templo da Cerveja. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo.

>>> Confira os sanduíches da Hot Bizi

No Templo da Cerveja, são mais de 250 rótulos nacionais e importados, com uma seleção na geladeira para beber no local (rótulos variam de R$ 20 a R$ 300). Atualmente tem oito torneiras de chope (de R$ 8 a R$ 22, 400 ml) e revenda de growlers (R$ 10 a peça) com refil a partir de R$ 30 (um litro).

Serviço: Rua Coronel Dulcídio, 775 – (41) 3532-9155. Abre de terça a sábado das 16h à 1 hora. Domingo das 17h à meia-noite.

 

X-Picanha

X-Picanha, servido desde 1999 no Hauer Shopping. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

X-Picanha, servido desde 1999 no Hauer Shopping. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Um dos estabelecimentos mais antigos no Hauer Shopping, o Batel X-Picanha serve 16 opções de lanches desde 1999. Os mais pedidos são o X-Picanha, que leva a carne cortada, queijo, salada e maionese (R$ 23,50) e o Big Batel, com hambúrguer de picanha e alcatra (160 g), bacon, ovo frito, queijo, presunto e alface americana (R$ 16,50). Para beber, chope Brahma (R$ 10, 500 ml).

Big Batel, sanduíche do X-Picanha. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Big Batel, sanduíche do X-Picanha. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Serviço: Rua Benjamin Lins, 739 – (41) 3223-2226. Abre de segunda a sábado das 11h à 1h30 e aos domingos das 14h à 1h30.

 

Icab Chocolates

A Chocolates Icab abriu em 2002 no Hauer Shopping. Assim como nas outras seis unidades, a loja serve cafés Nespresso (R$ 4,50) e tem um espaço para que o cliente sente. A marca tem cerca de 65 itens em seu portfólio, com produtos sazonais em épocas como o Natal e Páscoa. Os preços vão de R$ 8 a R$ 289.

Loja da Icab Chocolates tem cafés Nespresso para o consumo no local. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Loja da Icab Chocolates tem cafés Nespresso para o consumo no local. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Serviço: Rua Coronel Araújo, 874, Batel (41) 3019-7342. Abre de segunda a sábado das 9h30 às 19h.

 

Bares em reforma no Hauer Shopping:

South Bronx Bagel

A nova casa abre na segunda quinzena de abril com sanduíches montados em bagel. O pão, criado na Polônia, ganhou notoriedade nas delicatessen de Nova Iorque. O chef Amauri Salles Jr criou recheios com carne, peixe, porco e vegetariano, os preços ficam entre R$ 10 a R$ 25. Destaque para os sanduíches de pastrami e salmão defumado, inspirados nos sabores que mais fazem sucesso no bairro nova-iorquino Bronx.

Bagel de salmão defumado da South Bronx Bagel, que abre ao final de abril. Foto: Divulgação

Bagel de salmão defumado da South Bronx Bagel, que abre ao final de abril. Foto: Divulgação

Serviço: Rua Coronel Dulcídio, 739, loja 9, Batel. Abre na segunda quinzena de abril.

 

.Gin

Previsto para abrir em junho, o .Gin será um bar especializado em coquetéis, com ênfase no gim. Quem assina a carta é o bartender Vinicius Kodama, finalista regional sul do World Class Diageo, o “Oscar” da coquetelaria. O bar é um empreendimento dos sócios Rafael Kac, Daniel Kac, Thiago Colle, Arthur Maia – os dois últimos, também sócios do +55. O local, ainda em reforma, terá um lounge no segundo piso e um deck em frente. O projeto arquitetônico é de Paulo Peruzzo e Alexandre Neves.

Serviço: Previsão para abertura em junho.

Compartilhe

8 recomendações para você