Plantão

Fogaça posta foto com leitão morto e divide opiniões

Henrique Fogaça, jurado do MasterChef Brasil, ainda não comentou a polêmica, que é uma piada sobre futebol. Há algumas semanas Rodrigo Hilbert também foi alvo de críticas nas redes

por Gazeta do Povo Publicado em 29/03/2016 às 11h
Compartilhe
Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Uma postagem do chef Henrique Fogaça, conhecido como o jurado “durão” do programa MasterChef Brasil, está causando polêmica e opiniões divididas de seus seguidores no Instagram (@henrique_fogaca74) e outras redes sociais. Fogaça postou às 15h de segunda-feira (28) um retrato segurando um leitão morto em um gancho com a legenda “Hoje é dia de porco” com os emojis de porco e talheres. Imediatamente os comentários pipocaram – boa parte deles com palavras de baixo calão, tanto contra como a favor do chef.

O chef, que é corintiano, fez a postagem um dia depois de o Palmeiras, time rival do Corinthians, perder de goleada para o Água Santa Futebol Clube de 4 a 1 na 12ª rodada do Campeonato Paulista. Como o porco é o mascote do Palmeiras, a foto foi uma provocação.

>>> Rodrigo Hilbert pede desculpas por abate de cordeiro no Tempero de Família

>>> Henrique Fogaça abre quarto estabelecimento em São Paulo

“Desnecessário é seguir alguém que tem convicções diferentes das suas só para encher o saco. (…) essa foto é simplesmente o trabalho do dia”, ponderou uma das seguidoras. Outra seguidora usou ironia: “Oh, meu Deus, quanta crueldade, sempre achei que a carne nascia daquelas bandejas no supermercado”. Henrique Fogaça é chef e proprietário do restaurante paulistano Sal Gastronomia. Depois dos comentários nas redes sociais, Fogaça não se pronunciou nem respondeu a ninguém.

A polêmica da foto no Instagram do chef veio logo depois de efeito similar que o programa Tempero de Família, apresentado do modelo Rodrigo Hilbert, causou. Em 10 de março, o episódio do programa de televisão mostrou Hilbert abatendo um cordeiro para em seguida prepará-lo. No dia 14, após comentários nas redes sociais condenando o ato, o apresentador se desculpou em nota pública no Instagram e no Facebook, e a emissora editou o episódio para retirar as cenas consideradas chocantes pela audiência.

Compartilhe

8 recomendações para você