Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Luiz Filipe Souza, Rodrigo Oliveira, Helena Rizzo e Ivan Ralston estão na disputa pelo top 100 do The Best Chef Awards.
Luiz Filipe Souza, Rodrigo Oliveira, Helena Rizzo e Ivan Ralston estão na disputa pelo top 100 do The Best Chef Awards.| Foto: Divulgação

A organização da quinta edição do The Best Chef Awards anunciou os 100 novos candidatos para a disputa de um lugar na lista dos 100 melhores chefs do mundo. Os nomes começaram a ser divulgados no dia 25 de fevereiro e, ao longo dos últimos cem dias, foi anunciado um estreante na disputa. Com a inclusão de mais quatro chefs brasileiros na votação, o país tem nove profissionais que podem figurar na lista dos cem melhores chefs do mundo de 2021.

Os novatos vão disputar com os campeões do ano passado um lugar no top 100 do The Best Chef Awards, além de outros prêmios de destaque na competição. A votação, que é feita pelos próprios chefs e profissionais da gastronomia, já começou. O resultado será anunciado em um evento em Amsterdã, entre os dias 13 e 15 de setembro. Além do anúncio do prêmio, o encontro tem como objetivo promover troca de experiência entre os chefs mais influentes do mundo.

Na lista de novatos, o Brasil tem quatro nomes: Luiz Filipe Souza, do Evvai, Rodrigo Oliveira, do Mocotó, Ivan Ralston, do Tujuína, e Helena Rizzo, que comanda o uma estrela Michelin Maní, o Manioca, a Padoca do Maní e a Casa Manioca, além de ser a nova jurada do Masterchef Brasil, em substituição a Paola Carosella.

Na edição de 2020, a chef paranaense Manu Buffara conquistou o prêmio Best Chef Rising Star, ou estrela em ascensão em tradução livre, e a 55ª posição no top 100. Outro brasileiro que se destacou nas premiações especiais foi Rafa Costa e Silva, do Lasai, atualmente no ar com o programa Mestre do Sabor, da Rede Globo (RPC). Ele ficou em 99º na classificação geral e levou o prêmio Fol-Lovers, que valoriza os chefs com mais prestígio entre os seguidores do The Best Chef nas redes. A lista dos 100 chefs mais influentes do mundo de 2020 também teve Alex Atala (D.O.M, Dalva & Dito e Bio) em 16º, Jefferson Rueda (A Casa do Porco) em 79º e Alberto Landgraf (Oteque) em 97º.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]