Restaurantes

Em Curitiba

Jamie’s Italian lança menu completo de almoço a R$ 49

O “Almoço do Jamie” será servido a partir de setembro de segunda a sexta-feira no restaurante do Pátio Batel

por Roberta Braga, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 26/08/2018 às 14h
Compartilhe

Se você sempre quis provar a as receitas do renomado chef inglês Jamie Oliver, que ficou conhecido com seu programa de televisão e por sua irreverência, essa é pode ser a oportunidade ideal. Aberto há pouco mais de dois meses, no shopping Pátio Batel, em Curitiba, o restaurante Jamie´s Italian, uma rede criada pela chef e que tem filiais em todo o mundo, começa a oferecer a partir de setembro o “Almoço do Jamie”, uma opção servida com exclusividade nas unidades do Brasil, de segunda a sexta pelo valor de R$ 49.

“A ideia com o almoço é apresentar o cardápio e as receitas assinadas pelo chef Jamie Oliver. Muitas pessoas têm a impressão que o restaurante é sofisticado e inacessível, o que não é verdade, trabalhamos com um excelente custo-benefício”, conta Cristiano Chiaramonti, sócio da marca em Curitiba.

  • Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo
  • Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo
  • Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo
  • Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo
  • Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Na nova opção de formato, o cliente pode escolher entre cinco variedades de entradas, cinco de carnes grelhadas, oito de acompanhamentos e quatro de sobremesas. De entrada há opções de saladas e antepastos, com destaque para o carpaccio (fatias finas de carne com molho de mostarda, alcaparras crocantes e rúcula); a salada de cenoura assada com mel e especiarias, que leva também folhas da estação, avocado, queijo minas e mix de sementes; e os nachos italianos (raviólis fritos com recheio de quatro queijos e molho arrabbiata – à base de tomate e pimenta).

Na sequência, para a refeição principal o cliente escolhe um grelhado e um acompanhamento. Algumas das opções são o Italian Steak, que é um paillard de miolo de alcatra (carne batida até ficar em formato fino); o Rump Steak, um alcatra alto grelhado e o Filé de Frango Free-Range, que se destaca por ser servido com molho de cogumelos. Para acompanhar a carne é possível escolher entre oito guarnições, como legumes grelhados, batatas rústicas assadas e massas.

Todas as massas são preparadas no restaurante e usam farinha italiana Caputo. Algumas das disponíveis no menu de almoço são o Spaghetti Alla Norma, que é preparado com molho de tomate, berinjela, pimenta dedo-de-moça e manjericão; e o Casarecce Alfredo, uma massa seca com molho à base de manteiga, parmesão e creme de leite.

Leia também: Jamie Oliver elogia moqueca e cachaça

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Fechando o cardápio, quatro das sobremesas mais vendidas no local: brownie com sorvete de caramelo com flor de sal e pipoca caramelada com amaretti; panna cotta de baunilha com calda de frutas vermelhas e crumble de canela; abacaxi com pimenta dedo-de-moça e hortelã servido com frozen yogurt ou sorvete. O “Almoço do Jamie” é servido de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 15h30.

Pilares do chef britânico: sustentabilidade e alimentos frescos

O cardápio do restaurante de Curitiba é o mesmo de todos da rede e foi desenvolvido pelo chef britânico com a proposta de trazer uma culinária italiana mais leve e democrática. A apresentação dos pratos, das mesas, as louças, o atendimento, tudo segue uma espécie de cartilha da rede. “As preparações seguem exatamente a receita desenvolvida pelo chef. É uma preocupação para que o cliente tenha a mesma experiência em todos os restaurantes do mundo”, conta Cristiano Chiaramonti. O único prato que é servido exclusivamente nos restaurantes do Brasil é o especial do dia que, ainda assim, precisa ser aprovado diariamente pela matriz.

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

O cuidado com a comida que é servida no restaurante começa na escolha dos insumos e fornecedores: uma marca do chef Jamie Oliver que precisou ser implantada por aqui. Todas as carnes servidas provêm de animais free range (criados soltos), os ovos são caipiras e as verduras sem agrotóxicos. “Priorizamos o uso de alimentos o mais natural e fresco possível, e isso se reflete no sabor final dos nossos pratos”, observa Cristiano.

Esses diferenciais que fizeram com que o restaurante caísse no gosto dos brasileiros: as três filiais do país (as outras duas ficam em São Paulo e em Campinas) estão entre as com maior movimento no mundo – a de Curitiba é a melhor entre as três. “É uma comida italiana diferente do que estamos acostumados, é mais leve e com um toque de chef. E tudo isso com um ótimo custo-benefício. Isso faz com que tenhamos clientes que venham todos os dias”, diz Cristiano.

LEIA TAMBÉM:

Chef Jamie Oliver é acusado de apropriação cultural por prato jamaicano

Chef estrelado Alain Ducasse lança restaurante flutuante no Rio Sena, em Paris

“Usar cebola, alho e vinho no risoto é coisa do passado”, diz chef italiano estrelado

 

Compartilhe

8 recomendações para você