Restaurantes

A Sanduicheria, novo restaurante de Junior Durski, abre neste domingo (6)

Com nove opções de sanduíches servidos no baguete, novo empreendimento do grupo Madero abrirá às 17 horas no Shopping Mueller com operação dinâmica e conceito jovem

por Bom Gourmet Sharon Abdalla Publicado em 05/05/2018 às 17h
Compartilhe

O empresário e chef Junior Durski inaugura neste domingo (6), às 17h, A Sanduicheria, seu mais novo empreendimento em Curitiba. A informação foi confirmada com exclusividade para o Bom Gourmet pelo vice-presidente de operações do Grupo Madero, Rafael Mello, que recebeu a reportagem no evento para convidados realizado neste sábado (5).

Instalado na praça de alimentação do Shopping Mueller, o restaurante terá cardápio enxuto, com nove opções de sanduíches servidos no pão baguete, e serviço dinâmico baseado no autoatendimento.

Autoatendimento é destaque da A Sanduicheria. Fotos: Gerson Lima

A marca é a segunda dos três novos restaurantes que passarão a integrar o Grupo Madero em 2018, como Durski adiantou também com exclusividade ao Bom Gourmet em março, e que incluem o Vó Maria (inaugurado a pouco mais de duas semanas também no Shopping Mueller servindo apenas filé à parmegiana com três acompanhamentos) e a Dundee (que servirá hambúrguer a R$ 10 e tem inauguração prevista para o segundo semestre no Shopping Estação). A abertura da A Sanduicheria ocorre quatro dias após o Grupo Madero anunciar que irá fechar a unidade internacional do Madero, localizada em Miami. O grupo ainda conta com os restaurantes Madero e Jerônimo).

LEIA TAMBÉM 

Aprenda a fazer o brownie do Madero na versão sem glúten

Durski revela o segredo da maionese do Madero

“Essa nossa ansiedade em estrear essas operações fez com que adiantássemos o calendário [de aberturas]. Ficamos muito tempo trabalhando e testando [estas operações] internamente até que chegamos a um produto final de excelente qualidade e falamos ‘estamos prontos para abrir, então por que não abrir logo?’”, conta Mello ao explicar a abertura das unidades do Vó Maria e da A Sanduicheria antes da previsão inicial, datada apenas para o segundo semestre deste ano.

Cardápio

Sanduíches são servidos no pão baguete com nove opções de recheio.

O cardápio enxuto e o serviço dinâmico, pautado no autoatendimento, estão entre as principais novidades da A Sanduicheria. Logo à frente do balcão de entrega dos pratos, quatro totens permitem aos clientes escolherem entre as nove opções de sanduíches, todas servidas no pão baguete ao preço único de R$ 11. São elas: Polpettas (polpettas de carne de boi assadas no forno e cozidas em molho de tomates); Brisket (costela e peito de boi assados e desfiados); Filé de Tilápia (filé do peixe empanado); Pulled Pork (pernil de leitão assado e desfiado); Choripán (linguicinha de pernil defumada com pó de serra de jatobá); Schnitzel (milanesa de lombinho); Chicken Fingers (milanesa de peito de frango); a opção vegetariana Falafel (falafel de grão de bico frito em óleo) e Peito de Frango Light (peito de frango assado no forno e desfiado servido com maionese, requeijão light, cebola picada e tomates).

Com exceção deste último, todos os demais são servidos com queijo prato e molho do chef (à base de maionese, chimichurri, mostarda, raiz-forte, beterraba, cebola e tomates). Na hora do pedido, é possível excluir um ou os dois ingredientes do prato.

“O molho do chef é supersaboroso, feito por nós com ingredientes nobres. Ele acompanha [a maior parte dos] sanduíches, mas também pode ser pedido à parte, como extra [a batata-frita é outra opção de acompanhamento extra]”, detalha Mello.

Peito de Frango Light é o único que não acompanha o molho do chef, com receita exclusiva do restaurante

O pão é outro destaque das receitas. Assado na hora, juntamente com o queijo prato que dá base aos sanduíches, ele chega quentinho e com crosta crocante ao cliente ao mesmo tempo em que mantém a maciez interna.

Nas opções de bebidas há refrigerantes, água (com e sem gás), chás natural e de limão e Lemonade. Brownie e brigadeiro são as opções de sobremesa. As refeições podem ser consumidas no local ou embaladas para viagem.

“A ideia é trazer um produto diferenciado, desvinculado do Madero e do Jerônimo, com ticket médio bem baixo, mas com a qualidade lá em cima”, resume o vice-presidente de operações do Grupo Madero, Rafael Mello.

 

Compartilhe

8 recomendações para você