Restaurantes

nova estratégia

Junior Durski fecha unidade do Madero em Miami

Grupo informou que vai direcionar expansão da marca unicamente no Brasil e abandona planos internacionais

por Talita Boros Voitch Publicado em 02/05/2018 às 12h
Compartilhe

O Grupo Durski informou, na manhã desta quarta-feira (2), que irá fechar a unidade internacional do Madero, localizada em Miami, nos Estados Unidos. A decisão foi informada por meio de uma nota oficial sem detalhar o motivo do fechamento, embora o texto cite uma mudança de estratégia.

CONHEÇA O BOM GOURMET: NOTÍCIAS DE GASTRONOMIA, RECEITAS, DICAS E MUITO MAIS

Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

A unidade do Madero em Miami foi inaugurada em 2015, em plena Ocean Drive, importante via turística da cidade. O investimento na loja foi de US$ 1,5 milhão. A unidade tinha 300 metros quadrados e capacidade para 140 pessoas e era comandada pela filha do empresário, a chef Laysa Durski.

Fachada da unidade do Madero em Miami, aberta em 2016. Foto: Divulgação

Fachada da unidade do Madero em Miami, aberta em 2015. Foto: Divulgação

“Atuar no mercado nacional é a estratégia que nos direciona neste momento”, afirma a nota, assinada pelo empresário e chef Junior Durski, fundador e presidente do grupo.

A decisão ocorre em meio a criação de três novas marcas (Vó Maria Durski,  A Sanduicheria do Junior Durski e o Dundee Burger) e forte expansão do Madero e Jeronimo, duas marcas especializadas em hambúrguer, no Brasil.  A rede tem 120 unidades no país e previsão de abrir mais 45 unidades até o fim do ano.

“Aprendemos muito nos Estados Unidos, mas chegamos à conclusão que a internacionalização das nossas marcas só faria sentido após não termos mais espaço para crescer no nosso país. Temos ainda muito o que fazer no Brasil, país que amamos e que merece 100% dos nossos investimentos e trabalho”, disse Durski, na nota.

Região turística

No fim de março, em entrevista exclusiva à Gazeta do Povo, o empresário e chef Junior Durski afirmou que a localização do restaurante em Miami não atingia a população norte-americana que morava na cidade e apenas turistas.

Na ocasião, o empresário chegou a afirmar que iria abrir até o fim do ano um segundo restaurante na cidade, desta vez na região de Brikel, área comercial, de edifícios e bancos.

Assista a entrevista de Junior Durski para o Bom Gourmet em março:

>>>Ministério da Agricultura reprova 60% de 268 lotes de azeites

Compartilhe

8 recomendações para você