Pessoas

CONFEITARIA

Luccas Corazza, um dos principais nomes da confeitaria brasileira dará aula-show em Curitiba

O confeiteiro e jurado do programa “Que seja doce” vai ensinar técnicas e conceitos da confeitaria mundial e falar de tendências

por Roberta Braga, especial para Gazeta do Povo Publicado em 05/08/2018 às 12h
Compartilhe

No próximo sábado (11), o confeiteiro e jurado do programa “Que seja doce”, do canal GNT estará em Curitiba para apresentar uma aula-show de confeitaria no Hotel Radisson. Técnicas e conceitos da confeitaria mundial, tendências na área e dicas para a execução impecável de acabamentos para vitrine fazem parte do conteúdo. Entre as receitas que serão demonstradas no dia estão mini entremet red velvet; torta sem glúten de avelãs, banana e 3 texturas de chocolate; e financier de amêndoas com mel e cremeux de chocolate 63%. A aula acontece das 9h às 17h30 e custa R$ 350. As inscrições podem ser feitas por esse link.

Confeiteiro se destacou pelo uso de ingredientes brasileiros, em especial o cacau, em suas criações. Foto: DivulgaçãoLucas Corazza começou cedo na cozinha: aos 14 anos gostava de assistir programas de tevê de culinária. Pouco tempo depois, passou a vender pão de mel e balas na escola e, aos 16, fez seu primeiro curso de confeitaria. Foi depois de um estágio com Alex Atala que ele conheceu o estilo que iria definir seu futuro: extrair o melhor de cada ingrediente. Com essa máxima em mente, passou a se dedicar ao uso de ingredientes nacionais, em especial o chocolate e virou especialista na delicada arte de esculturas em chocolate. O confeiteiro trabalhou com nomes como Bel Coelho, Mara Mello e Henry Schaeffer, esse último foi o responsável pelo seu amor pela técnica da confeitaria francesa.

Conheça Lucas Corazza, o paladino do chocolate brasileiro

Live no Bom Gourmet na sexta-feira, dia 10

Na sexta-feira (10), a partir das 15h, Lucas Corazza participa de uma live no Facebook do Bom Gourmet falando sobre confeitaria, seu trabalho com chocolate e contando um pouco dos bastidores do programa “Que seja doce”. Acompanhe!

LEIA TAMBÉM:

Produtores da Bahia que só faziam cacau, agora apostam nos chocolates finos

 O fim do chocolate ao leite? Mercado aposta em versões amargas e saborizadas

Chocolate 100% brasileiro é exportado para Bélgica

 

 

 

Compartilhe

8 recomendações para você