Produtos & Ingredientes

Bar do Celso

O lúpulo brasileiro existe e já tem cerveja produzida com ele

Típico dos países frios, o lúpulo está passando por experiências de produção de sucesso também no Brasil

por Luís Celso Jr. Publicado em 13/05/2017 às 17h
Compartilhe

Você já deve ter ouvido falar de lúpulo. É uma das matérias-primas da cerveja, a lado do malte, da água e da levedura. Trata-se de uma planta da família das trepadeiras — cada pé pode chegar a 8 metros de altura — e que produz uma flor especial. Nela, estão ácidos e óleos essenciais que trazem amargor, sabor e aromas para a bebida, além de ajudar a conservar o líquido. Aliás, esse foi o motivo pelo qual ele foi usado originalmente. O registro mais antigo disso vem dos escritos da freira beneditina alemã Hildegard Von Biden no ano de 1150, mas a moda pegou mesmo com a Lei da Pureza Alemã em 1516.

É típica de países frios. Por isso não era produzido no Brasil. Mas já existem algumas experiências de sucesso nesse sentido. Talvez a que mais se destaque atualmente está na Fazenda Viveiro Frutopia, em São Bento do Sapucaí (SP). O agrônomo Rodrigo Veraldi Ismael tentou desenvolver o cultivo da planta anos atrás, mas desistiu e jogou as mudas no descarte da fazenda. Algum tempo depois, viu brotar de lá uma variedade resistente e adaptada ao clima que está atualmente em fase de registro – o nome deve ser Mantiqueira, em homenagem à Serra da Mantiqueira, onde está a fazenda.

lúpulo brasileiro

O lúpulo é uma planta trepadeira típica dos países frios. Foto: Bigstock.

A experiência conta com apoio da Brasil Kirin, que lançou em abril a Baden Baden Märzen, feita 100% com esse lúpulo brasileiro. Ou seja, uma cerveja single hop. Apesar de pouco amargor, essa variedade de lúpulo brasileiro traz um aroma frutado interessante para a cerveja, lembrando frutas brancas, como pêra, e cítricas, como limão. Foram produzidos apenas 6 mil litros da cerveja, que será sazonal, produzida anualmente após a colheita. Ela pode ser encontrada em Campos do Jordão ou pela internet.

LEIA MAIS

Após 38 anos, Bar do Alemão lança carta de cervejas artesanais

Veja como harmonizar cerveja e sobremesas

Cerveja do Paraná impressiona pela qualidade

A diferença dessa experiência é que não se trata de uma espécie existente lá fora e que é trazida por mudas para cá. Ou uma semente de uma variedade única. As sementes plantadas foram cruzamentos de outras variedades. Mas como foi tudo para o descarte, não se sabe ainda quais foram os “pais” desse lúpulo brasileiro – o que deve ser descoberto em breve por meio de análises genéticas.

Enquanto não temos mais cervejas com lúpulos brasileiros, deixo vocês com indicações de algumas cervejas single hop de diferentes variedades de lúpulo, que trazem aromas e sabores diferentes.

Baden Baden Märzen

Baden Baden Marzen
Single Hop: Lúpulo brasileiro Mantiqueira Estilo: Marzen Embalagem: 600 ml Teor Alcoólico: 5,4% Origem: Campos do Jordão – SP
Preço:  R$ 17,90 até R$ 19,90

Seasons Vaca das Galáxias

Seasons Vaca das Galaxias
Single Hop: Galaxy Estilo: Double IPA Embalagem: 500 ml Teor Alcoólico: 8,6% Origem: Porto Alegre – RS
Preço: R$ 32,50 até R$42,90

Dogma Citra Lover

CITRA LOVER SUDDIE
Estilo: Imperial IPA Single Hop: Citra Embalagem: 473 ml Teor Alcoólico:8,5 % Origem: São Paulo – SP
Preço:  R$ 32,90 e R$39

Blumenau Ipê Amarelo

cerveja blumenau ipe amarelo
Single Hop: Equinox Estilo: American Lager Embalagem: 500 ml Teor Alcoólico: 5% Origem: Blumenau – SC
Preço:  R$ 18,90 até R$ 24,50

Compartilhe

8 recomendações para você