Restaurantes

Reconhecimento

Restaurante de Manu Buffara em Curitiba é revelação no prêmio dos 50 Melhores da América Latina

Manu, da chef Manu Buffara, foi apontado com forte potencial para entrar na lista dos 50 melhores restaurantes nos próximos anos

por Talita Boros Voitch Publicado em 17/10/2018 às 11h
Compartilhe

O Manu, restaurante da chef Manu Buffara, no Batel, em Curitiba, ganhou o One to Watch Award (“Para Ficar de Olho”) na edição deste ano dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina (Latin America’s 50 Best Restaurants 2018). O prêmio é uma menção-honrosa, uma espécie de “restaurante-revelação”, e sinaliza o estabelecimento que tem potencial para entrar na lista dos melhores restaurantes nos próximos anos.

O The World’s 50 Best Restaurants é uma das publicações mais prestigiados da gastronomia internacional e elege anualmente os 50 melhores restaurantes do Mundo, da América Latina e da Ásia.

  • Fachada do Manu. Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo
  • Vieiras, melancia e pó de cogumelos lactárius. Foto: Divulgação
  • macarron chef manu buffara curitiba
  • Salão do Manu. Foto: Divulgação
  • Manu Buffara é uma das chefs 5 estrelas do Bom Gourmet.
  • chef manu buffara curitiba
  • Manu Buffara na horta do Rio Bonito. Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo
  • Fachada do Manu. Foto: Leticia Akemi/Gazeta do PovoFachada do Manu. Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo
  • Vieiras, melancia e pó de cogumelos lactárius. Foto: DivulgaçãoVieiras, melancia e pó de cogumelos lactárius do Manu. Foto: Divulgação
  • macarron chef manu buffara curitibaMacarron de frutas selvagens e flores. Foto: Divulgação
  • Salão do Manu. Foto: DivulgaçãoSalão do Manu. Foto: Divulgação
  • Manu Buffara é uma das chefs 5 estrelas do Bom Gourmet.Manu Buffara é uma das chefs 5 estrelas do Bom Gourmet.
  • chef manu buffara curitibaA chef curitibana tem como missão eternizar a cultura gastronômica do Paraná. Foto: Divulgação.
  • Manu Buffara na horta do Rio Bonito. Foto: Leticia Akemi/Gazeta do PovoManu Buffara na horta do Rio Bonito. Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo

É a primeira vez que um restaurante da Região Sul do Brasil recebe o reconhecimento One to Watch Award desde o lançamento do ranking na região em 2013. Nos anos anteriores os restaurantes vencedores foram o Remanso do Bosque, do chef Thiago Castanho (2013), em Belém, Brasil; Ambrosía, de Santiago, no Chile (2014); I Latina, de Buenos Aires, na Argentina (2015); Alcalde de Guadalajara, no México (2016); e o restaurante Oro, do chef Felipe Bronze, no Rio de Janeiro, Brasil (2017).

A lista completa com os nomes dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina será revelada em cerimônia no dia 30 de outubro, em Bogotá, na Colômbia. Na ocasião, a chef Manu Buffara também receberá o prêmio One to Watch.

>>> Alex Atala diz que chef Manu Buffara é sua aposta nos últimos anos

Dar voz a Curitiba

A chef Manu Buffara destaca a importância do prêmio para Curitiba. “Não somos uma cidade reconhecida no Brasil como destino gastronômico e temos muita coisa para mostrar. O prêmio dá voz a isso. Ao estado, às pessoas e tudo o que temos aqui. Assim vamos dar voz a esse discurso gastronômico local para atingirmos mais pessoas”, diz.

Além disso, Manu afirma também que o prêmio servirá para inspirar outros profissionais de cidades fora do eixo Rio-SP. “Agora podemos mostrar que é possível sim construir um trabalho, com cultura e produtos locais, sem estar nessas cidades”, avalia.

A categoria vencida por Manu é elaborada a partir de uma lista de restaurantes que não entraram para os 50 melhores, mas receberam votos na última rodada de votação. O prêmio é votado por mais de 250 especialistas independentes do setor de restaurantes e gourmets bem viajados de toda a América Latina.

>>> Manu Buffara é chef 5 estrelas do Prêmio Bom Gourmet 2018

Manu e a cozinha autoral

Nascida em Maringá, Norte do estado, a chef Manu Buffara viajou o mundo e trabalhou com cozinheiros renomados como o dinamarquês René Redzepi (Noma) e Grant Achatz (Alinea, nos Estados Unidos) antes de se fixar em Curitiba.

Em 2011, abriu o Manu, onde coloca diariamente sua alma e coração na chamada cozinha autoral, com foco em produtos locais e sazonais. De sua cabeça e criatividade surgem pratos que são uma experiência de sabores e sentidos. E, nesta proposta de valorizar os ingredientes locais, Manu está envolvida com a Horta Comunitária do Rio Bonito, um espaço no Tatuquara em que cem famílias plantam para o próprio consumo.

O restaurante serve apenas menu-degustação. São duas opções, a tradicional e outra vegana/vegetariana, que só é servida mediante reserva. Ao todo, são 15 snacks comidos com as mãos, divididos em três temas – horta, campo e mar. Depois de 12 a 13 pratos. Os dois menus custam R$ 235 + R$ 197 opcional de harmonização com fermentados produzidos no restaurante, cervejas e vinhos naturais.

Todos os pratos do menu são cuidadosamente curados a partir de ingredientes do Sul, incluindo o macarrão de milho e um prato de ostra de morangos nativos e raspadinha de limão, destacado pela publicação.

O Manu ganhou notoriedade no cenário gastronômico brasileiro, segundo o ranking, por sua originalidade, técnica e sofisticação.

>>> Hortas da periferia transformam dia a dia de cozinhas premiadas em Curitiba

Serviço

Compartilhe

8 recomendações para você