Prêmio Bom Gourmet 2018

Sabor Especial

Prato Principal

Conheça o melhor prato principal de Curitiba eleito pelo Prêmio Bom Gourmet 2018

por
Compartilhe

vencedores_22

BACALHAU COD GADUS MORHUA COM QUIRERA DA LAPA E OVO CAIPIRA
— Nomade (Nomaa Hotel)

Foto: divulgação

Foto: divulgação

O Cod Gadus Morhua é um bacalhau nobre, também conhecido como o tradicional bacalhau do Porto. No prato campeão deste ano, ele é cozido em baixa temperatura até ficar muito macio. Para acompanhar, quirera preparada com bacon e costelinha de porco defumada. Cremosa, ela é servida com o ovo perfeito e um crocante toque final: chips caseiro de milho. Preço: R$ 94.

Voto: Aldrey Severgnini e Pedro Veiga. 

>> VEJA TODOS OS VENCEDORES DO PRÊMIO BOM GOURMET 2018

Indicados

Foto: divulgação

Foto: divulgação

COSTELINHA DE PORCO NO MEL DE JATAÍ E PUPUNHA
NOMADE

A carne é marinada na cachaça e no mel e depois assada no forno com serragens frutíferas por horas, até ficar super macia e levemente defumada. Em seguida as costelinhas são separadas para serem servidas laqueadas. Para acompanhar, palmito assado na brasa temperado com vinagrete de limão rosa e mel. Indicado também na categoria Melhor Carne Suína do Prêmio Bom Gourmet, o prato é um dos mais pedidos do restaurante. Preço: R$ 79.

Voto: Miguel Riella. 

Confira o serviço completo.

Foto: Bruno de Lima

Foto: Bruno de Lima

POLVO GRELHADO COM PURÊ RÚSTICO E ALHO NEGRO COM TRUFAS BRANCAS
TARTUFERIA SAN PAOLO

No prato, círculos de alho negro com mel de trufas brancas produzido pela própria Tartuferia recebem o purê de batatas rústico. Em cima, a grande estrela do prato: o polvo, que é primeiramente cozido e depois grelhado em uma frigideira com azeite de oliva extravirgem. Para finalizar, pimenta-do-reino e condimento natural de trufas brancas, também produzido no restaurante. Preço: R$ 120.

Voto: Zilda Fraletti. 

Confira o serviço completo.

Foto: Guilherme Alves

Foto: Guilherme Alves

RAVIÓLI DE RICOTA E ESPINAFRE
ALESSANDRO E FREDERICO

A massa fresca é recheada com ricota, espinafre, gema de ovos e depois cozida até alcançar o ponto certo. O espinafre é branqueado pelo choque térmico em água com gelo, enquanto a ricota é preparada de modo a ficar bem fininha e saborosa. O ravióli então é servido sobre uma leve fonduta de parmesão e burrata e é finalizado com salsa de trufas. Preço: R$ 63.

Voto: Josias Cordeiro. 

Confira o serviço completo.

Foto: Rodrigo Fonseca 

Foto: Rodrigo Fonseca

CARRET DE CORDEIRO GRELHADO
RESTAURANTE DURSKI

O diferencial deste prato, indicado também na categoria Melhor Cordeiro, é o tempero do chef Durski, feito à base de folhas frescas de manjerona e salsinha, alho, pimenta-do-reino e sal, dando um toque especial e único à carne. O carré de cordeiro é então grelhado na brasa e servido com maionese de batatas e farofa de vagem. Preço: R$ 90.

Voto: Edson Luiz Marochi. 

Confira o serviço completo.

Foto: Claudio Omar / Studio Drops Photo

Foto: Claudio Omar / Studio Drops Photo

CREVETTES AU POIVRE VERT
ILE DE FRANCE

O prato foi criado há 15 anos pela proprietária do Ile de France, Clara Chao, em comemoração aos 50 anos do restaurante — e desde então, manteve-se no cardápio. Os camarões são servidos em um molho cremoso de pimentas verdes, feito com conhaque. O prato acompanha arroz branco, batata palha e bolinho de batata. Preço: R$ 242, serve duas pessoas.

Voto: Syonara Thomé. 

Confira o serviço completo.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

CORDEIRO E FETUCCINI TRUFADO
C LA VIE

A paleta de cordeiro é lentamente assada e servida com fetuccinne. A massa é feita de forma artesanal em emulsão de funghi e finalizada com manteiga de trufas. Já o cordeiro é produzido no Paraná, pela Cooperativa de Castro. Preço: R$ 88.

Voto: Caetano Marchesini. 

Confira o serviço completo.

vencedores_50

Syonara Thomé   
É engenheira e sócia da construtora Greenwood. Vem de uma família que adora cozinhar, portanto a boa gastronomia é para ela um momento que resulta sempre em união.
Caetano Marchesini   
Médico e presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM). Além da pesquisa em medicina, a gastronomia está entre os seus assuntos preferidos.
Josias Cordeiro   
Empresário curitibano e presidente do World Trade Center no sul do Brasil. É pai de três filhas, apreciador da enogastronomia e, como hobby, chef de cozinha e sommelier.
Pedro Veiga   
É presidente do Instituto Atuação. Como um grande interessado e apaixonado por culturas e sociedades, valoriza muito a gastronomia como forma de entender diferentes povos e comportamentos.
Zilda Fraletti   
Empresária e galerista, fundou a primeira galeria de arte contemporânea de Curitiba. Admira a culinária como uma forma de arte e considera as refeições com os amigos e familiares um dos mais amorosos rituais vividos por nossa sociedade.
Aldrey Severgnini   
Diretor da Polymedical. Nas viagens nacionais e internacionais que realiza a trabalho – e com os amigos que amam comer bem– aprendeu a analisar a gastronomia com um olhar crítico.
Miguel Riella   
É médico, enólogo, além de fundador e presidente da Sociedade dos Amigos do Vinho do Graciosa Country Club (Savig). Procura conhecer restaurantes com chefs jovens, inovadores e que valorizem a culinária local.
Edson Luiz Marochi   
Economista, advogado e empresário do setor moveleiro. Tem como hobby cozinhar e apreciar bons vinhos. Gosta de diversificar os locais que frequenta, sempre em busca de pratos bem elaborados e saborosos.

LEIA TAMBÉM:

>> VEJA TODOS OS VENCEDORES DO PRÊMIO BOM GOURMET 2018

Compartilhe

8 recomendações para você

CADASTRE-SE NA GAZETA DO POVO E TENHA ACESSO ILIMITADO GRÁTIS AOS CONTEÚDOS EXCLUSIVOS DO BOM GOURMET ATÉ O DIA 31 DE OUTUBRO.