Prêmio Bom Gourmet 2018

Sabor Especial

Sorvete

Conheça o melhor sorvete de Curitiba eleito pelo Prêmio Bom Gourmet 2018

por Bom Gourmet Publicado em 30/08/2018 às 21h
Compartilhe

vencedores_22

PISTACCHIO
Bacio di Latte  

Foto: divulgação 

Foto: divulgação

O campeão da categoria é o sorvete esverdeado feito a partir do fruto seco de origem Síria, que tem um sabor aconchegante e delicado. O gelato mistura pistache ao leite para depois combinar de forma harmoniosa o açúcar e o sal. Ótimo para refrescar e matar a vontade de comer doce. Preço: R$ 12 (pequeno), R$ 14 (médio), R$ 17 (grande) e R$ 28 (massimo).

Voto: Fernando Dufour. 

Desempate
Com três sabores empatados, a Bacio di Latte leva o prêmio com o Pistacchio. A dífícil escolha feita pela comissão do Prêmio Bom Gourmet levou em conta o sabor marcante, porém equilibrado, do pistache. O sabor permanece no retrogosto, chamando a próxima colherada. A doçura na medida foi fundamental nesta escolha.

> VEJA TODOS OS VENCEDORES DO PRÊMIO BOM GOURMET 2018

> O QUE É O PRÊMIO BOM GOURMET

Indicados

Foto: divulgação 

Foto: divulgação

DOCE DE LEITE
BACIO DI LATTE

O gelato é referência entre os 25 sabores da casa. Feito com doce de leite artesanal, produzido no Uruguai, a cremosidade chama a atenção de quem prova. Assim como as demais opções, pode ser servido na casquinha, no copinho ou para viagem, em maiores quantidades. Preço: R$ 12 (pequeno), R$ 14 (médio), R$ 17 (grande) e R$ 28 (massimo).

Voto: Dionéia Mendes. 

Confira o serviço completo.

Foto: divulgação 

Foto: divulgação

BACIO DI LATTE
BACIO DI LATTE

O sorvete que leva o nome da casa é uma delicada receita que mistura leite com creme de leite. Cremoso, exclusivo e não tão açucarado, é uma boa pedida prová-lo sozinho ou combinado com diferentes sabores da gelateria. Preço: R$ 12 (pequeno), R$14 (médio), R$ 17 (grande) e R$28 (massimo).

Voto: Mariana Gaião. 

Confira o serviço completo.

Foto: divulgação 

Foto: divulgação

CHOCOLATE BRANCO COM FRUTAS VERMELHAS
L’ARTE DI GELATO

A combinação é um dos sabores mais vendidos da sorveteria. O doce intenso do chocolate branco em versão cremosa equilibra-se com uma calda de frutas vermelhas com pedacinhos de morango e amora. O cítrico da calda se equilibra com o chocolate branco, criando um sabor doce e azedinho na medida certa. Preço: R$ 11,50 (um sabor), R$ 13 (dois sabores) e R$ 15 (três sabores).

Voto: Andrea El Omeiri. 

Confira o serviço completo.

Foto: divulgação 

Foto: divulgação

DOCE DE LEITE COM MACADÂMIA
L’ARTE DI GELATO

Este gelato foi o primeiro sabor criado pela sorveteria e continua a ser seu carro- -chefe. Não é tão doce, pois equilibra o sabor do tradicional doce de leite com o levemente salgado da macadâmia. Essa harmonia garante refrescância e doçura, mas sem ser enjoativo. Preço: R$ 11,50 (um sabor), R$ 13 (dois sabores) e R$ 15 (três sabores).

Voto: Eduardo Gomes. 

Confira o serviço completo.

Foto: divulgação 

Foto: divulgação

TIRAMISÙ
BRIELE GELATO ITALIANO

Inspirado no doce italiano originário da região de Treviso, cuja base consiste em camadas alternadas de biscoito champagne embebido em café e um creme de gema batido com mascarpone. Para finalizar, um leve toque de cacau em pó polvilhado. Este sorvete artesanal incorpora à receita do doce apenas uma base de leite para transformá-lo em gelato, preservando os sabores. Preço: no pote R$ 11 (80ml), R$ 13 (100ml), e R$ 15 (150ml). Na casquinha: R$ 13 (1 sabor) e R$ 15 (dois sabores).

Voto: Ilana Lerner. 

Confira o serviço completo.

Foto: Rafael Danielewicz

Foto: Rafael Danielewicz

TORTA BELGA
FREDDO

O gelato, que já foi campeão hors-concours do Prêmio Bom Gourmet, esse ano é um dos indicados entre os favoritos e está entre os queridinhos do paladar dos curitibanos. O mix de texturas e sabores vem do conjunto de ingredientes: base fior di latte (nata), doce de leite mineiro e castanhas-do-Pará laminadas. Preço: R$12 (P), R$ 14 (M) e R$ 16 (G).

Voto: Rafael Chaouiche. 

Confira o serviço completo.

Foto: Gabriela R. Pereira/Job Space Creative

Foto: Gabriela R. Pereira/Job Space Creative

MILK ROLLS DE FRUTAS VERMELHAS
MILK CREAMERY

O sorvete é produzido com uma técnica tailandesa, em que uma chapa gela a -30 graus C. Nesta chapa é colocada a base do sorvete: uma calda à base de leite mesclada com morangos frescos e uma calda de frutas vermelhas, com amora, mirtilo e framboesa. Quando o sorvete chega na textura e consistência ideal ele é espalhado na chapa em uma camada e servido em rolinhos. É finalizado com chantilly e morango. Preço: R$ 18.

Voto: Leonardo Lazzarotto. 

Confira o serviço completo.

Foto: divulgação 

Foto: divulgação

DOCE DE LEITE COM NUTELLA
GELATAIO

O sorvete surgiu de uma ideia simples: juntar duas guloseimas adoradas pelos curitibanos: o doce de leite e a Nutella. O resultado deu certo. O sorvete já foi indicado ao Prêmio na edição anterior e está no cardápio há mais de um ano. Ele é produzido com a tradicional base fior di latte, à qual é incorporado o doce de leite. Depois de pronto, a Nutella é acrescentada. Preço: R$ 11 (pequeno) e R$ 15 (grande).

Voto: Solange Demeterco. 

Confira o serviço completo.

vencedores_50

Leonardo Lazzarotto         
Fundador da agência de branded content Tailor Media, é um curioso pela criatividade da nova gastronomia de Curitiba. Concorda com o que dizia Caetano: “você precisa tomar um sorvete, na lanchonete, andar com a gente, me ver de perto, ouvir aquela canção do Roberto…”
Ilana Lerner         
Diretora-presidente do Museu Oscar Niemeyer, se considera uma formiga assumida. Troca salgado por doce sem piscar e viveria só de sorvete, com muito prazer.
Andrea El Omeiri      
A empresária diretora da Bazaar Fashion tem paixão por cozinhar e comer bem. Não se esquece do aroma que vinha da cozinha de sua avó, Julieta, com quem aprendeu a ser apreciadora da culinária.
Eduardo Gomes   
O sócio da Cimento Itambé não deixa de conhecer novos restaurantes, cafés, bares e confeitarias quando tem oportunidade. Não resiste a um bom doce, sobremesa ou sorvete.
Rafael Chaouiche         
Estilista, figurinista e produtor, entende que doces têm o poder da felicidade porque inspiram sentimentos bons. Adora provar novidades.
Mariana Gaião          
Gerente comercial da JVN Products e fundadora da StilHaus Decoração, acredita que unir vivências é a melhor maneira de inovar no mercado. Para ela, gastronomia, moda, decoração e estilo de vida têm tudo a ver.
Solange Demeterco        
Pesquisadora na área da gastronomia, sociologia e antropologia da alimentação, professora de História da Gastronomia na Universidade Positivo. Autora do livro “Doces lembranças: cadernos de receitas e comensalidade”.
Dionéia Mendes         
Relações públicas, publisher do site Brasil Fashion News. Está sempre aberta para conhecer novos lugares, a fim de degustar novidades e apreciar bons pratos.
Fernando Dufour        
Apaixonado pela inovação, curioso e sempre atento, é fundador da The Market, empresa especializada em entregar experiências gastronômicas na casa dos clientes.

LEIA MAIS:

>> VEJA TODOS OS VENCEDORES DO PRÊMIO BOM GOURMET 2018

Compartilhe

8 recomendações para você