Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Comunidades FoodCo
As comunidades do FoodCo. serão abertas em seis estados, em um primeiro momento.| Foto: Bigstock

Um ponto de encontro para trocar experiências e debater as melhores soluções para o seu negócio de restaurante, lanchonete, bar e congêneres do food service. Essa é a proposta das comunidades on-line do FoodCo., a nova plataforma de comunidade e educação da Pinó e da Gazeta do Povo.

Os novos espaços, divididos por estados, já estão em seis unidades federativas para que os empresários e trabalhadores discutam e aprendam uns com os outros o que estão fazendo para os seus negócios neste momento de retomada da economia brasileira pós-Covid.

Atualmente, as comunidades -- também chamadas de "embaixadas" -- estão abertas gratuitamente para participantes São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Os interessados de outras regiões do país podem sugerir a abertura de comunidades em seus estados, que serão criadas de acordo com a demanda.

» Clique aqui para participar das comunidades online do FoodCo.

O objetivo das comunidades é aproximar empresários para que apresentem os desafios que estão passando nos seus negócios e assim troquem soluções, ideias, experiências e dicas. Uma forma de desenvolvimento e crescimento coletivo de acordo com Talita Boros Voitch, head do FoodCo.

“A ideia das comunidades do FoodCo. é fomentar e estimular o sentimento de pertencimento dos donos das operações, tornando o mercado mais forte coletivamente com essa troca de experiências”, afirma Talita.

Além da troca de experiências, os participantes das comunidades do FoodCo. recebem diariamente uma curadoria de conteúdo da imprensa nacional e internacional especializada sobre gestão e operação de negócios em gastronomia. A ideia é que os empresários recebam em primeira mão tudo o que precisam saber no dia para tornar seus negócios mais competitivos.

Os membros da comunidade também são abastecidos com pesquisas e enquetes que permitem o fomento de discussões relevantes para a superação dos impactos trazidos pela pandemia do coronavírus – e convidados a participarem da construção de soluções úteis e rentáveis para suas operações.

Melhores empreendedores

Podem participar das comunidades gratuitas do FoodCo. todos os integrantes da cadeia do food service, como os próprios empreendedores, os gestores ou funcionários das operações, os fornecedores deste segmento, os trabalhadores da indústria de alimentos e bebidas e os consultores da área.

E não apenas eles, mas também os interessados em empreender no food service e aqueles que são apenas entusiastas ou que buscam conhecer mais deste mercado podem se inscrever nas comunidades.

As discussões nas comunidades do FoodCo. permitem a construção de um mercado de food service mais forte e competitivo, fazendo jus ao importante papel prestado na economia brasileira. Dados estatísticos de entidades de classe apontam que este setor é responsável por cerca de seis milhões de empregos.

“O mercado brasileiro de gastronomia tem muito potencial para ser mais rentável e profissional, e o papel do FoodCo. será o de fomentar e ajudar os participantes de toda a cadeia envolvida a superar os desafios tão visíveis e impactantes vividos pelo mercado nestes últimos 17 meses”, completa Talita Boros Voitch.

Muito disso já pode ser visto nestes últimos meses após a flexibilização das medidas mais restritivas de operação do comércio para conter o avanço da terceira onda da pandemia do coronavírus no Brasil. Dados do IBGE e demais entidades de pesquisas apontam que o setor já começou a mostrar uma forte recuperação das perdas tanto de faturamento como de movimento de clientes.

Os próprios empreendedores de restaurantes e demais estabelecimentos congêneres confirmam isso, relatando uma presença cada vez maior de consumidores em seus salões para o atendimento presencial.

Retomada em números

Pesquisa exclusiva do FoodCo. feita pela Brain Inteligência Estratégica já aponta novos caminhos e um segundo semestre promissor, sem a interferência de mais decretos restritivos. Os dados foram revelados durante a Arena FoodCo. de Experiências, realizada na última semana e que marcou também o lançamento oficial da plataforma.

A pesquisa revelou que os brasileiros estão ávidos para voltar a consumir nos seus locais preferidos, com alguma alteração na frequência. Mas, ainda assim, a demanda reprimida já prenuncia uma retomada forte da economia.

Isso também ficou claro para os empreendedores que enxergaram oportunidades na crise, e que fizeram o primeiro semestre deste ano ter a abertura de mais negócios do que no mesmo período dos anos de 2020 (parcialmente atingido pela pandemia) e 2019 (ainda um "ano normal").

Benefícios FoodCo.

Além de fazer parte das comunidades on-line, os participantes são convidados a ter acesso a uma série de benefícios e conteúdos exclusivos dentro do FoodCo., como a Arena FoodCo. de Experiências com o chef Junior Durski e mais detalhes da pesquisa da Brain, e conteúdos específicos como:

  • Gestão e treinamento de capital humano.
  • Qualificação e alojamento dos colaboradores.
  • Produção e logística de todos os insumos utilizados.
  • Momento certo para a expansão dos negócios.
  • Operação ideal no serviço de delivery.
  • Como alcançar o sucesso no seu negócio.

Para conferir este conteúdo exclusivo basta acessar o FoodCo. A assinatura do serviço tem um investimento de R$ 9,90 e dá direito, ainda, ao seguinte conteúdo exclusivo publicado neste mês:

  • Estudo de caso: a expansão da rede de pastelarias 10 Pastéis, com Marcos Nagano.
  • Business Intelligence: base de dados macroeconômicos do mercado de food service.
  • Boletim econômico de julho comentado pelo economista do FoodCo.
  • Conteúdo técnico sobre como lucrar mais com o delivery.
  • Conteúdo técnico com dicas para comprar melhor os insumos para a sua operação.
  • Conteúdo técnico para turbinar o delivery em 4 passos tech.
  • Cinco e-books com conteúdos sobre: operação, relacionamento com o cliente, equipe, delivery e tendências inspiradoras.

Em breve também estarão disponíveis conteúdos como:

  • Mentoria de negócios com Ivan Achcar, da Escola de Gestão em Negócios da Gastronomia (EGG).
  • Mentoria de negócios com Cláudio Moreira, da Conquer+.
  • Mentoria de operações com Marcio Blak, da Food&Franquias.
  • Resultado completo da pesquisa sobre o retorno aos restaurantes no segundo semestre de 2021.
  • Estudo de caso: a sobremesa que conquistou o Brasil, com Leonardo Macedo, da rede Nanica.

Clique aqui e conheça todas as vantagens de ser um assinante FoodCo. e fazer o seu negócio decolar no pós-pandemia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]