Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Restaurantes Curitiba
Curitiba permanece em bandeira laranja, mas permitiu atendimento presencial dos restaurantes no dia 9 de maio, Dia das Mães.| Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo

A Prefeitura de Curitiba prorrogou, nesta quarta-feira (28), a bandeira laranja na cidade, que significa uma situação epidemiológica de risco médio. O novo decreto municipal nº 790, porém, faz uma exceção ao funcionamento do comércio no Dia das Mães, próximo domingo, 9 de maio.

Neste dia, os restaurantes poderão atender ao público presencialmente, das 10h às 23 horas. Lanchonetes, das 6h às 23 horas; panificadoras, padarias e confeitarias de rua das 7h às 18h; shopping centers das 11 às 22 horas e supermercados das 6h às 23 horas.

A regra é uma exceção ao que já é praticado em bandeira laranja - que fecha o comércio aos domingos para atendimento presencial - e vale apenas para o dia 9 de maio.

Neste domingo, dia 2, permanece a regra dos decretos anteriores: supermercados fechados, atendimento em restaurantes e lanchonetes apenas por delivery ou take away até às 23 horas, e panificadoras e confeitarias de rua das 7h às 18 horas, sendo vedado o consumo no local.

"Foi uma decisão com muita cautela, pensando em dar oportunidade para os filhos e mães comemorem a data, mas, claro, com toda a segurança dos protocolos" diz a secretária municipal da Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

Ela alerta que a a exceção não flexibiliza as medidas de prevenção, e que os estabelecimentos devem seguir com as medidas de proteção ao coronavírus, como: controle do número de pessoas no local, evitando aglomerações, o distanciamento entre clientes e mesas, ventilação, uso de máscara e higiene das mãos.

Dia das Mães

Confira o que poderá abrir, excepcionalmente, no domingo de Dia das Mães (9/5), com regras e protocolos, no setor de alimentação:

  • Atividades comerciais de rua não essenciais, galerias e centros comerciais: das 9 às 19 horas
  • Shopping centers: das 11 às 22 horas  
  • Restaurantes: das 10 às 23 horas 
  • Lanchonetes: das 6 às 23 horas
  • Panificadoras, padarias e confeitarias de rua: das 7 às 18 horas 
  • Comércio varejista de hortifrutigranjeiros, quitandas, mercearias, distribuidoras de bebidas, peixarias e açougues: das 6 às 23 horas
  • Mercados, supermercados e hipermercados: das 6 às 23 horas
  • Lojas de conveniência em postos de combustíveis: das 6 às 23 horas

O novo decreto entra em vigor a partir do dia 29 de abril de 2021, e tem validade até o dia 12 de maio.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]