Eventos

Preço fixo

Chefs renomados assinam menus especiais a R$ 53 em restaurantes de Morretes

Evento Morretes Chef será realizado em todos os finais de semana entre 1º de agosto a 1º de setembro; confira cardápio dos restaurantes participantes

por Eloá Cruz, especial para o Bom Gourmet Publicado em 16/07/2019 às 15h
Compartilhe

Engana-se quem pensa que a gastronomia de Morretes é só barreado. E quem quiser conhecer as especialidades locais – e de quebra, provar menus elaborados por chefs renomados, pode aproveitar o evento Morretes Chef, que acontece em dez restaurantes da cidade durante os fins de semana de 1º de agosto a 1º de setembro. A edição desse ano é composta por menus que incluem entrada, prato principal e café espresso por R$ 53 por pessoa.

Dez chefs, sob curadoria de Celso Freire, criaram menus utilizando ingredientes locais, como o açaí juçara, a farinha de mandioca e a banana da terra. Os profissionais – entre eles Kika Marder (Sel et Sucre), Igor Marquesini (Igor) e Marcelo Amaral (Lagundri) – vão comandar as cozinhas ao lado dos chefs de cada restaurante de Morretes que participará do evento.

Além da parte gastronômica, haverá palestras com os cozinheiros, capacitação técnica e visitações de pequenas produções rurais do município.

Dadinho de aipim com geleia de maná-cubiu e pimenta criado pela chef Gabriela Carvalho para o restaurante Bistrô da Vila. Foto: divulgação.

Os olhares para Morretes se voltaram quando os cozinheiros de restaurantes consagrados de Curitiba notaram que boa parte dos ingredientes de qualidade do Ceasa são de produtores da região.

“Morretes é o quintal de Curitiba. A produção rural é riquíssima e a orgânica é de excelente qualidade. Temos que fazer um movimento de conscientização e valorização disso”, revela o organizador do evento, Marcus Andreoli. Além da curadoria do chef Celso Freire, a apresentação é feita pelo Morretes Convention Bureau – instituição formada por empresários da cidade do ramo de alimentação, hotelaria e artesanato.

>>> Nem todo cozinheiro é chef e veteranos de profissão explicam o porquê

Ceviche de banana com beiju de tapioca criado pelos chefs Vitor Verona e Felipe Machoski para o Restaurante Olimpo. Foto: divulgação.

Lourenço Rolando Malucelli Neto, presidente do Morretes Convention Bureau, acredita que a consciência e a participação ativa de cozinheiros de outros parques gastronômicos como Curitiba agregam valor e aumentam o conhecimento dos profissionais de Morretes. “Muitos dos restaurantes que só tinham a visão da comida regional perceberam que o mercado da cozinha evoluiu, é possível explorar muita coisa”, esclarece ele.

Reconhecimento dos cozinheiros

O evento tem papel importante para o reconhecimento dos cozinheiros locais. Além do incentivo ao turismo gastronômico, o Morretes Chef incentiva a reciclagem de cozinheiros locais, treinamento com chefs renomados e melhoria do clima organizacional.

O organizador Marcus Andreoli contou que vários dos chefs dos restaurantes de Morretes ficaram receosos ao receber a dólmã – vestimenta do cozinheiro – feita especialmente para o evento. “Muitos deles coordenam equipes com até dez cozinheiros e mesmo assim ainda não se veem como chefs de cozinha”, conta. A peça foi confeccionada para ser usada pelos profissionais de Morretes e também de Curitiba.

>>> Começou a eleição dos melhores sabores de Curitiba; dê o seu voto

Barreado de siri, pirão de banana da terra, farofinha de camarão do chef Lucas Cintra para o Restaurante Villa Morretes. Foto: divulgação.

Cardápio dos restaurantes participantes

Chef Gabriela Carvalho (Quintana), para o Restaurante Bistrô da Vila

Entrada: Dadinho de aipim com geleia de maná-cubiu e pimenta. Prato principal: Curry verde de banana da terra, pupunha, tubérculos da região e farofa de chips de banana crocante.

Chef Marcelo Amaral (Lagundri), para o Restaurante Casa do Rio 

Entrada: Barreadinho de Canoa – Barreado de pescado do dia sobre tostones de banana da terra. Prato principal: Shaolin do Porto de Cima – Camarões salteados com gengibre e molho agridoce picante de maná-cubiu.

Chefs Giovana Smaka e Guilherme Ceschim (Biervit, Colônia Witmarsum), para o Restaurante Casarão

Entrada: Salada de folhas, Queijo Asiago, crispe de banana da terra e molho. Prato principal: Kartoffelklösse (almondega de batata doce roxa), filé de tilápia com pele e vinagrete de maracujá.

Chef Fernando Matsushita (Peruano), para o Restaurante Empório do Largo

Entrada: festinha de Manacubiu – Tempero: Chalaquita de pimenta cumari. Prato principal: Guiso de banana verde com cúrcuma. Tilápia na farofa morretana. Arroz ginger de palmito.

Chef Dudu Sperandio (Ernesto), para o Restaurante da Pousada Hakuna Matata

Entrada: Palmito pupunha assado com crosta crocante de banana da terra, queijo parmesão e com perfume de limão e gengibre. Prato principal: Nhoque de aipim com molho de barreado levemente picante, cubos de pupunha salteado na manteiga e chips de banana da terra.

Chef Igor Marquesini (Restaurante Igor), para o Restaurante Madalozo

Entrada: Patacon de banana da terra verde. Prato principal: Peixe com pirão, farinha de Morretes e vinagrete de banana.

Chefs Vitor Verona e Felipe Machoski (Officina Restô Bar), para o Restaurante Olimpo

Entrada: Ceviche de banana com beiju de tapioca. Prato principal: Peixe grelhado acompanhado de terrine de arroz e vinagrete de feijão fradinho.

Chef Renata Abreu (Palazzo Lumini), para o Restaurante Ponte Velha

Entrada: Croquete de Pupunha com vinagrete de Maracujá e pimenta. Prato principal: Cozido de Raízes com camarão e ora-pró-nobis. Acompanha farofa de coração de banana e arroz.

Chef Kika Marder (Sel et Sucre), para o Restaurante Terra Nossa

Entrada: Ravióli de barreado ao molho de laranja e gengibre. Prato Principal: Mil folhas de mandioca, camarões grelhados em azeite de ervas, pupunha e banana da terra.

Chef Lucas Cintra (A Ostra Bêbada), para o Restaurante Villa Morretes 

Entrada: Pastel da Graciosa – massa de pastel, barreado, vinagrete de açaí da Juçara. Prato principal: Barreado de siri, pirão de banana da terra, farofinha de camarão.

Expedições e passeios turísticos variam de R$ 99 a R$ 260. Foto: Luansol Valerio.

Eventos paralelos

Expedições e passeios ecoturísticos vão acontecer durante todos os finais de semana do evento, com preços que variam de R$ 99 a R$ 260 por pessoa. A programação completa, assim como a inscrição, está disponível no site Morretes Chef.

VEJA TAMBÉM

Compartilhe

8 recomendações para você