Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Condor Express
Rede investiu R$ 1,5 milhão na nova unidade, como uma extensão da loja de conveniências.| Foto: Marcelo Miranda/divulgação

Seguindo uma tendência que começou há três anos entre as grandes varejistas do país e que se consolidou durante a pandemia do coronavírus, a rede paranaense Condor inaugurou nesta quarta (16) o primeiro mercado no formato express, em um posto de combustíveis no bairro do Campina do Siqueira, em Curitiba. A unidade, que avança no conceito de "loja de vizinhança", atende a um novo perfil de consumidores que deseja praticidade na hora de fazer pequenas compras do dia a dia sem precisar entrar nos grandes supermercados.

O formato das lojas menores, que começou em meados de 2017 com a abertura de unidades das varejistas Pão de Açúcar, Extra e Carrefour em São Paulo, chegou à Curitiba no ano passado com lojas da rede local Casa Fiesta em galerias de rua da cidade. Já o Condor adaptou o modelo como um avanço do conceito, reduzindo ainda mais o tamanho para ser um misto de mercado com loja de conveniências.

Maurício Bendixen, diretor de operações da rede Condor, explica que esse modelo express foi pensado para ser uma loja de passagem, em que o cliente chega para abastecer o carro, faz as compras do dia a dia, aproveita para tomar um café da manhã ou jantar, e vai embora em até meia hora.

“Identificamos que tem gente que passa muito rápido nos postos, que quer algo mais completo. Vimos nas pesquisas de mercado que as pessoas querem economizar tempo e dinheiro, com mais praticidade e conforto”, conta.

A loja recebeu um investimento de R$ 1,5 milhão e será usada como um modelo piloto para novas aberturas. Ao todo, a rede Condor é dona de 21 postos de combustíveis no Paraná, sendo que uma parcela considerável tem potencial de receber este tipo de operação que se mostra mais promissor do que um strip mall (pequenos shoppings a céu aberto com diversos tipos de comércio).

Conveniência turbinada

A nova loja Condor Express tem 350 m² de área útil com quase tudo o que há em um mercado normal, mas voltado ao consumo do dia a dia com produtos de higiene pessoal, alimentos empacotados, açougue, padaria, hortifrúti, perecíveis, adega e bebidas geladas. Ao todo são dois mil itens de consumo.

“Apesar de ser muito próximo da outra loja que temos na região, a 400 metros de distância, este novo Condor tem um conceito muito diferente, complementar. É um ‘combo’ de facilidades que os moradores e quem trabalha aqui por perto indicou que precisava para as compras mais rápidas do dia a dia e de serviços. Ele tem também um horário diferenciado de atendimento, abre as 6h30 para servir o café da manhã, mais cedo que os supermercados tradicionais, e fecha às 22h, depois do jantar”, completa Bendixen.

Estes serviços de alimentação são oferecidos em um espaço gastronômico com petiscos como pão com bolinho, sanduíches gourmet, lanches e pratos – com um café colonial no café da manhã e no final da tarde até o jantar. A loja tem, ainda, vagas rotativas de estacionamento junto do posto de combustíveis.

Novos formatos

Condor Express
A nova operação é uma versão menor dos supermercados da rede, com dois mil itens de consumo do dia a dia.| Marcelo Miranda/divulgação

A abertura da loja express faz parte de um movimento iniciado há exatamente um ano pela rede com a inauguração de uma unidade “premium”. Também seguindo uma tendência na época, de criar uma espécie de “experiência de compra”, a marca abriu o Condor Gourmet, que hoje tem duas lojas em Curitiba e Ponta Grossa.

Diferentes das outras unidades da rede, com cinco mil metros quadrados e milhares de itens, as lojas premium têm um mix diferenciado de produtos nacionais e importados, como adegas mais completas com sommelier de plantão, panificadora com massas de fermentação natural em diferentes variedades de pães, e a inexistência da área de bazar.

Em entrevista ao Bom Gourmet Negócios na época, o presidente da rede, Pedro Joanir Zonta, afirmou que já acompanhava essa tendência de lojas diferenciadas em São Paulo e Minas Gerais. De lá para cá, o modelo premium do Condor ainda está em fase de adaptação com correções pontuais. No entanto, há a expectativa de novas aberturas.

“É um segmento complementar em que temos clientes que compram nos três modelos, como as compras do mês no hipermercado, os produtos diferenciados de fim de semana no premium e os do dia a dia no super”, conta Maurício Bendixen.

A rede vai encerrar o ano com 55 lojas abertas em 20 cidades do Paraná e Santa Catarina. A expectativa é fechar 2020 com um faturamento acima da inflação na comparação com o ano passado, mas ainda não pode revelar números. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a inflação acumulada nos últimos 12 meses está em 4,31%.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]