Restaurantes

Novo restô bar tem cardápio brasileiro, drinks autorais e caipirinhas

A casa que abriu no Centro Cívico, em Curitiba, valoriza os ingredientes brasileiros; os cocktails são assinados pelo bartender Diego Bastos (Officina Restô Bar)

por Priscila Bueno, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 04/07/2016 às 21h
Compartilhe
 canô-bar-restaurante-coquetelaria

O couscous da terra da garoa vem com contrafilé, farinha de milho, ovo e azeitona (R$ 28,90). Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

A brasilidade se traduz logo no nome da casa: Canô Restô Bar. Foi a célebre Dona Canô, mãe de dois ícones brasileiros, Caetano Veloso e Maria Bethânia, a inspirar o restaurante que abriu no começo deste ano no Centro Cívico, em Curitiba. O cardápio conta com petiscos e pratos mais elaborados, todos devidamente prestam homenagem ao Brasil.

Destaque são o palmito à la Hermeto, com manteiga clarificada e limão, porção que serve duas pessoas (R$ 31,90). A costelinha suína é feita com molho de melado e servida com batatas e molho de alho (R$ 42,70, serve duas pessoas). Uma novidade do menu é o couscous da terra da garoa, com farinha de milho, ovo, azeitona servido com contrafilé com molho demi glace (R$ 28,90). A tapioca não poderia deixar de faltar numa casa brasileira. São três recheios: alho poró, ricota e queijo gorgonzola (R$ 21,30).

>>> Ivan Lopes vai preparar jantar com ingredientes amazônicos

>>> Cachaças do PR ganham medalha em concurso

>>> Drink Festival tem drinks a preços promocionais

canô-bar-restaurante-coquetelaria

O bartender Mr. Andrew comanda o bar que aposta em drinks autorais e caipirinhas. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

Na carta de bebidas tem uma boa escolha de cachaças: são 17 opções entre elas a gaúcha Weber Haus Extra Premium e a paranaense Porto Morretes. As doses vão de R$ 10,90 a R$ 27,50. Alguns exemplos de drinks são o Veloso, com vodca infusionada com chá de camomila, suco de limão siciliano, licor de morango e Angostura Orange Bitters (R$ 19,90); Lampião, com duas cachaças, purê de maracujá com tangerina, hortelã e fernet branca (R$ 25,90) e Bardota, com cachaça, limão, gengibirra feita na casa e pimenta da Jamaica (R$ 18,90). Também há espaço para as caipirinhas, como a de cachaça, banana, abacaxi e mel (R$ 16,90) e de pepino, limão e caipirinha (R$ 17,90). Há ainda cervejas e uma carta com 20 rótulos de vinhos e espumantes.

Cano Resto Bar e Restaurante

Decoração tem inspiração brasileira. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

O restaurante tem vários salões. A porta se abre para o bar de drinks: a carta é assinada pelo bartender Diego Bastos (Officina Restô Bar), mas o balcão é comandado no dia-a-dia pelo mixologista Mr. Andrew. Em seguida, um salão mais intimista com luz dimerizável e decorado com imagens de cantores brasileiros. Outro salão, maior, tem mesas coloridas e abertura para a área externa. No outro extremo, um lounge, bastante usado para confraternizações.

O ambiente também segue a essência brasileira, com murais abstratos dos artistas Felipe Tosin e de Gustas, que representam a mãe natureza e a descoberta do Brasil. Imagens que representam o sincretismo religioso, frases de autores brasileiros, como o curitibano Paulo Leminski dão o toque final. A casa é administrada pelos irmãos Eduardo e Marcelo Gusso, que são proprietários também do Trip Bar, e pelo dj Leandro Moska.

canô-bar-restaurante-inauguração

Ambientes têm de imagens de divindades a fotos de compositores brasileiros. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

Serviço
R. Mateus Leme, 787, Centro Cívico – (41) 3085-9148. Abre de terça a quinta, das 18 à meia-noite e sexta e sábado, até 1 hora. Aceita cartões. Tem estacionamento conveniado na frente.

Compartilhe

8 recomendações para você