Receitas & Pratos

Coquetel

Negroni sbagliato, receita e história do clássico drink italiano

Mais leve e refrescante que o negroni tradicional, esta versão substitui o gim por espumante

por Andrea Torrente Publicado em 03/12/2014 às 23h
Compartilhe

Le Voleur de Velo (bar / loja de bicileta)O sabor, ao mesmo tempo doce e amargo do Campari, se funde com o retrogosto aromático de ervas típico do vermute rosso (tinto) e com a leveza do espumante. Para dar um toque cítrico ao negroni sbagliato, Rafael Oliveira, bartender do Le Voleur de Vélo, ainda retorce a casca de laranja para soltar os óleos da fruta na bebida.

O sbagliato, que em italiano significa errado, surgiu por engano no começo dos anos 70 em Milão, quando o barman Mirko Stocchetto substituiu, não se sabe se intencionalmente ou não, o gim da receita clássica pelo espumante brut. A versão “errada” resultou em um coquetel mais leve e refrescante, ideal para se tomar nos dias quentes.

Ele costuma ser servido como aperitivo e acompanha petiscos como amendoim, azeitonas e queijos. O drinque é do tipo built, ou seja, montado diretamente no copo e os três ingredientes são colocados em igual proporção. “O espumante só vai no final para não perder o perlage [borbulhas de gás carbônico]”, explica o bartender.

Para gelar a bebida, ele utiliza uma ice ball ou ice block, uma única pedra de gelo grande e redonda colocada no centro do copo. “Ela tem duas vantagens: abaixa a temperatura rapidamente e demora mais para derreter”, afirma Oliveira. Em alternativa, podem ser usadas as normais pedras de gelo até fechar o copo.

Conheça a receita:

 

Compartilhe

8 recomendações para você