Notas Báquicas

Festa

8 Champagnes que valem a pena provar

O Bom Gourmet degustou às cegas Champagnes brut e brancos disponíveis no mercado e selecionou os melhores; confira

por Guilherme Rodrigues Publicado em 24/11/2016 às 20h
Compartilhe
Foto: Bigstock.

Foto: Bigstock.

Destaque no mundo dos vinhos pela inspirada gestão da famosa maison homônima, Lily Bollinger se tornou ainda mais célebre por ter criado a frase que sintetiza a bebida: “Bebo Champagne quando estou alegre e quando estou triste. Bebo quando estou só. Quando tenho companhia, considero obrigatório. Beberico quando não estou com fome e bebo quando estou faminta. Jamais toco no Champagne – a menos que esteja com sede.”

>>> Os 10 melhores vinhos rosés de até R$ 150

>>> Você já ouviu falar em vinho feito no ovo?

>>> Os 50 melhores vinhos tintos brasileiros

Resolvemos então, neste final de ano, saudar os leitores com Champagne. Afinal, mesmo em tempos bicudos fazemos festa! Escolhemos os brut não safrados, o tipo mais bebido de Champagne. Secos, mas estimulantes, joviais e sedosos, são resultado da assemblage, do lote de vinhos de diversas safras. A receita varia conforme a casa produtora e as características das safras. Em geral, vinhos de 3 safras, sendo a mais nova a dominante. O método permite uma uniformidade de qualidade e padrão da bebida através dos tempos, com pequenas variações, pouco perceptíveis.

A garrafa deve repousar pelo menos 15 meses com o vinho em contato com as borras , no caso do Champagne do tipo do qual estamos falando. Isso dá um tempo mínimo, de cerca de dois a dois anos e meio, nas caves do produtor, desde a colheita até ser lançado ao consumo. As castas utilizadas são Chardonnay (branca), Pinot Noir e Pinot Meunier (tintas). As últimas, vinificadas em branco, isto é, sem extração da pigmentação das cascas. As duas primeiras, consideradas as mais nobres. Os vinhos suportam bem em garrafa pelo menos 5 anos depois de lançados. Temperatura cerca de 9 a 10 graus, não gelados demais. A Chardonnay, branca, dá vivacidade, força e energia.

Selecionamos e provamos às cegas – em copos numerados e sem conhecimento prévio dos rótulos – os melhores Champagnes brut e brancos disponíveis no mercado. Excluídas as cuvées não safradas de luxo, como Krug por exemplo. Contamos com a presença especial do célebre produtor de vinhos Dirk Niepoort, dos famosos Vinhos Niepoort, de Portugal. A prova transcorreu no restaurante Alessandro & Frederico. Contou com o serviço perfeito do sommelier Rogério Iastremski. Ao final, os inspirados petiscos preparados na estrelada cozinha fecharam lindamente com os Champagnes.

***

Pierre Pèters Cuvée de Reserve Blancs de Blancs Grand Cru Brut

Vinhos degustação. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo

Pieer Pèters Champagne – Mesnil-sur-Oger – Champagne – França

Nota 93

Elaborado com 100% Chardonnay de grand crus da Côte de Blancs, um champagne sofisticado, mais maduro e com muita energia e vivacidade. Notas deliciosas a cítricos cristalizados, brioche e maçãs. Longo e delicioso, com pressão constante no palato. Refinado, sofisticado, evoluído, rico e vivaz.

Onde encontrar: Vinci Importadora / com Jorge Ferlin (41) 9644-3535

Preço: US$ 127,25

***

Veuve Clicquot Brut Yellow Label

Fotos: Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Fotos: Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo

Maison Veive Clicquot Ponsardin – Reims – Champagne – França

Nota 92

Uma bela garrafa de Veuve Clicquot, em ótima forma. Cítrico maduro e cristalizado, rico, abricots, vivas, boa energia. Cheio e refrescante, sedoso, longo, frutos brancos . Cerca de 53% Pinot Noir, 17% Pinot Meunier e 30% Chardonnay.

Onde encontrar: Casa da França – (41) 3224-2944

Preço: R$ 319,90

***

Ayala Brut Majeur

Vinhos degustação. Ayala. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo

Maison Ayala – Aÿ – Champagne – França

Nota 92

Outro belo Champagne, já mais maduro também. A rolha abre menos depois de aberta a garrafa, sinal de mais tempo de estágio na garrafa. Resultado de um belo corte com 40% Chardonnay, 40% Pinot Noir e 20% Pinot Meunier, e repouso de 3 anos, em média. Cor palha amarelado, deliciosas notas de brioche, panificação e frutado a maçãs e pêssegos. Boa vivacidade.

Onde encontrar: Mistral Importadora / Loja Virtual: www.mistral.com.br

Preço: US$ 127,90

***

Deutz Brut Classic

Champagne Deutz Brut Classic. Degustação. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo

Champagne Deutz Brut Classic. Degustação. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo

Maison Deutz – Aÿ – Champagne – França

Nota 92

Um Champagne jovem, a rolha abre em um amplo cogumelo. Bela energia, frutos brancos como peras e pêssegos, ótima mousse em boca, seco, mas cremoso, vivo, mineral, final longo, limpo e estimulante. Corte de 1/3 Chardonnay, 1/3 Pinot Noir e 1/3 Pinot Meunier,

Onde encontrar: Porto a Porto / Adega Brasil – (41) 3044-2727

Preço: R$ 299

***

Paul Barnaut Blancs de Noirs Grand Cru

champagne-paul-barnautv2

Champage Barnot – Bouzy – Champagne – França

Nota 91

Após arejar no copo, limpou bem e mostrou seu melhor. Notas cítricas a lima da Pérsia, vivo, mineral, bom final e vivaz. Elaborado com uvas tintas vinificadas em branco, vai muito bem com as refeições.

Onde encontrar: Enoteca Decanter – (41) 3039-2333

Preço: R$ 339,30

***

Moët & Chandon Brut Impérial

champagne-moet

Moët & Chandon – Epernay – Champagne

Nota 91

O clássico rótulo em boa forma. Corte bem resolvido com cerca de 20 a 30% Chardonnay, 30 a 40% de Pinot Noir, 30 a 40% Pinot Meunier. Redondo, desce bem, vivaz, estimulante e jovial, com uma ponta a cítricos, “tangy”, maçã e frutos cristalizados ao fundo.

Onde encontrar: Casa da França – (41) 3224-2944

Preço: R$ 309

***

Taittinger Brut Réserve

Vinhos degustação. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo

Maison Taittinger – Reims – Champagne – França

Nota 91

Um rótulo em ascensão junto aos consumidores. Elaborado com 40% Chardonnay e 60% Pinot Noir e Pinot Meunier, resultou num vinho de boa mousse, bom de beber, fácil de entender, jovial, um pouco mais aberto mas com boa definição e presença.

Onde encontrar: Agin Bebidas – (41) 3343-4624

Preço: R$ 339

***

Cuperly Gran Cru Brut

Vinhos degustação

Champagne Cuperly – Verzy – Champagne – França

Nota 91

Um Champagne cremoso, resultado da maior parcela de Pinot Noir. Boa mousse em boca. Deliciosas notas cítricas equilibradas e cítricos cristalizados. Fundo a fruta madura, abricots, na presença e ataque. Corte de 40% Chardonay e 60% Pinot Noir.

Onde encontrar: Bullishx Imp. e Export. Ltda / Casa da França – (41) 3224-2944

Preço: R$ 299,90

Compartilhe

8 recomendações para você