Pessoas

Bake OFF Brasil

Paranaense ganha primeiro episódio da 3ª temporada de Bake OFF Brasil

Karyne Akemy Sugayama é natural de Londrina, no norte do Paraná e cresceu em meio a doces e guloseimas na fábrica do pai; aos 14 anos, foi viver no Japão, onde se apaixonou ainda mais pela confeitaria

por Bom Gourmet Publicado em 13/08/2017 às 10h
Compartilhe

A paranaense Karyne Akemy Sugayama foi uma das ganhadoras do primeiro episódio do Bake OFF Brasil, competição entre confeiteiros, que estreou a 3ª temporada neste sábado (12), no canal SBT. Karyne, que é natural de Londrina, no norte do estado, surpreendeu os jurados com um bolo no formato de um amuleto da sorte japonês, o daruma.

Karyne surpreendeu os jurados com um bolo no formato de um daruma, amuleto da sorte japonês (Foto: reprodução site do programa Bake OFF Brasil)

Karyne surpreendeu os jurados com um bolo no formato de um daruma, amuleto da sorte japonês (Foto: reprodução site do programa Bake OFF Brasil)

A prova do primeiro episódio era que cada participante trouxesse uma criação própria, que contasse a própria história e mostrasse o talento de cada um na confeitaria. Dos 24 participantes iniciais, apenas 16 seriam levados a uma tenda, dando continuidade à competição.

“Eu trouxe um bolo que representa o meu desejo de participar do programa, é um daruma, um amuleto da sorte”, explicou Karyne, que também é diretora de arte de uma agência de propaganda e é mãe de dois filhos, durante a participação no programa.

A massa do bolo foi elogiada pela jurada Beca Milano, que é chef confeiteira, com atuação no Restaurante Manu, da chef Manu Buffara, em Curitiba. Atualmente, ela atua em eventos, festas corporativas e casamentos. “A textura da massa de Karyne foi considerada gostosa, por trazer suntuosidade ao bolo. “De uma forma geral está bem saboroso”, finalizou a jurada.

Jurados tiveram dificuldades em cortar o bolo, mas o sabor e o cuidado na decoração garantiram a vaga de Karyne para a próxima competição (Foto: reprodução site do programa Bake OFF Brasil)

Jurados tiveram dificuldades em cortar o bolo, mas o sabor e o cuidado na decoração garantiram a vaga de Karyne para a próxima competição (Foto: reprodução site do programa Bake OFF Brasil)

De Londrina ao Japão

Logo quando chegou ao Brasil, o avô de Karyne começou a fazer doces, o que levou o seu pai a montar uma fábrica de guloseimas populares em Londrina. Os doces, portanto, não são um mundo estranho à diretora de arte, que passou a infância entre doces de geleia de mocotó e aprendeu, logo cedo, a fazer biscoitos sequilhos. Antes de se jogar na cozinha, Karyne gosta de desenhar e planejar cada etapa da execução da receita.

Quando tinha 14 anos, Karyne foi morar no Japão, onde trabalhou em um restaurante e se apaixonou pela confeitaria. A estadia no país do Oriente não foi só de alegrias, segundo a participante. Em um relato divulgado pelo programa, ela conta que a família passou dificuldades no país, mas que isso a ajudou a ser mais forte.

“O meu pai, eu trago uma coisa muito forte, assim que é a determinação e superação. Ele até hoje se emociona um pouco quando fala dessa época, porque não queria que tivéssemos passado por dificuldades”, conta Karyne no programa.

Bake OFF Brasil

O programa, exibido pelo canal aberto SBT, está na terceira temporada e conta com a participação, como jurados, da chef confeiteira Beca Milano e pelo sócio do grupo Fasano, Fabrizio Fasano Jr.

Compartilhe

8 recomendações para você