i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Papa do vinho branco morre na França

O francês tinha 67 anos e lutava contra um câncer. Ele revolucionou a enologia mundial ao atrair atenção para a uva branca de Bordeaux

  • PorGilson Garrett Jr.
  • 27/07/2016 10:52
Papa do vinho branco morre na França
| Foto:
Foto: AFP
Foto: AFP| AFP

O enólogo, pesquisador, proprietário de vinícola e diretor do Instituto da Videira e do Vinho de Bordeaux, Denis Dubourdieu faleceu nesta terça-feira (26) na França. Ele tinha 67 anos e lutava contra um câncer.  Dubourdieu era considerado um dos homens mais importantes do vinho e tratado pelo mercado e imprensa mundial como o ‘papa do vinho branco’. Ele ganhou o título por ter a uva branca como grande foco de trabalho das pesquisas que desenvolveu desde os anos de 1980.

>>> Chef estrelado Michelin diz qual será o futuro da gastronomia francesa

>>> 7 melhores Bordeaux tintos avaliados por nós

“Seus trabalhos de pesquisa deram origem aos vinhos brancos modernos de Bordeaux que combinam elegância e complexidade aromática, e que não tem nada a ver com o que era produzido antes dele”, disse o presidente do Comitê Interprofissional do Vinho de Bordeaux, Allan Sichel, em entrevista ao jornal francês Le Parisien.

Ele era um dos expoentes do mundo do vinho e conseguiu atrair a atenção para os vinhos brancos da região francesa do Bordeaux, conhecida, antes dele, como pólo de excelentes tintos. Ao longo da carreira, ele prestou consultoria para mais de 40 vinícolas europeias, dentre elas as que produzem os famosos Cheval Blanc e Château de Yquem, além de ter criado o Instituto da Videira e do Vinho de Bordeaux. Também era professor de enologia na Universidade de Bordeaux desde 1987.

Em março recebeu o título de Homem do Ano, prêmio concedido pela revista especializada em vinhos Decanter, considerado o Oscar do vinho.

Nascido em 1949 em Barsac, Denis Dubourdieu vinha de uma família de viticultores. Era formado em agronomia e proprietário do Châteaux Denis Dubourdieu. Anualmente a marca produz 600 mil garrafas e 60% da produção é exportada para 40 países. Deixa esposa e os filhos Fabrice e Jean Jacques Dubourdieu que trabalhavam com o pai. Jean Jacques, inclusive, já esteve em Curitiba mais de uma vez e falou do processo de produção.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.