Restaurantes

Santa Catarina

Onde comer pizza napolitana em Balneário Camboriú

Pizzaria descolada tem cardapio enxuto com pizzas ao estilo napolitano: individuais, recheio tradicional e com massa fina e borda grossa

por Juliana Gomes, de Balneário Camboriú, especial para Gazeta do Povo Publicado em 22/09/2017 às 09h
Compartilhe

Balneário Camboriú segue a tendência de todo o país, onde se encontra pelo menos uma pizzaria em cada bairro. Mas não havia nenhuma opção na cidade que lembrasse a tradicional pizza napolitana: individual, com massa fina, elástica, areada e de bordas grossas. E recheios que levam menos ingredientes que dedos em uma mão.

A Comadre Pizzaria abriu há três anos na Terceira Avenida, uma das vias centrais do balneário catarinense. A decoração segue o clima da cidade, mais descolada, com iluminação baixa e que lembra mais um lugar para um happy hour que uma cantina com toalha xadrez e fotos da nonna.

O cardápio é enxuto, ao contrário do estilo seguido pelas pizzarias brasileiras, e dispensa invenções. São 24 sabores, com poucos ingredientes e recheio modesto, como manda o padrão napolitano. Destaque para a bianca (R$ 47) leva muçarela fior di latte, queijo taleggio, sálvia e azeite com trufas; Blumenau (R$ 41), com linguiça Blumenau, fior de latte e gorgonzola; carbonara (R$ 42), que leva bacon artesanal, pecorino, fior de latte e ovo; tomate confitado com muçarela de búfala, rúcula e pimenta calabresa (R$ 38). “Usamos farinha italiana de primeira qualidade e tomates San Marzano para o molho, os mesmos ingredientes usados nas melhores pizzarias do mundo. Nossa muçarela fior di latte é produzida a uma hora de Balneário Camboriú, extremamente fresca”, explica Fernando Darín, chef responsável pela Comadre Pizzaria.

A carta de drinks apresenta várias versões da gin tônica, como a rose (R$ 31), elaborada com gin tanqueray, pepino, hortelã e spray de licor 43 e o crema (R$ 26), com gin, pepino japonês, hortelã, creme cassis e limão siciliano. A pizzaria trabalha com a linha de cervejas artesanais da Zeit, de Joinville. Entre os estilos de chope servidos estão o helles, lager, weizen e outros sazonais, como chocolate dunkel e american indian pale ale, que custam entre R$ 9 e R$ 30 (300 ml).

  • No menu do Comadre, há várias opções vegetarianas, como o tomate confitado.
  • A típica combinação italiana de bacon, queijo e ovo compõe o carbonara.
  • A blumenau mistura o sabor marcante da linguiça com um toque de gorgonzola.
  • Com apenas quatro ingredientes, a Bianca é sucesso entre os frequentadores do Comadre.
  • Na Comadre, as pizzas ficam apenas 90 segundos no forno e os clientes podem assistir a todo o processo.
  • A arquitetura moderna da Comadre remete mais a um bar do que a uma pizzaria tradicional.
  • A clássica gin tônica tem duas versões na Comadre, como a rose, que custa R$ 31.
  • O crema vem conquistando cada vez mais fãs no Comadre.

Comandar uma pizzaria não é novidade para o chef catarinense Fernando Darín, que passou pelo Ray’s and Stark Bar, em Los Angeles. A casa, famosa por receber astros de Hollywood, como Lady Gaga e Leonardo Di Caprio, também é especializada em pizzas.

Declarada patrimônio cultural pela Unesco, a pizza napolitana precisa seguir uma lista de  diretrizes para ser chamada dessa maneira, como o uso de massa de fermentação natural e ser assada em forno à lenha. Quem garante a certificação é a Associazione Verace Pizza Napoletana. A busca pelo selo está nos planos dos sócios da Comadre, que já seguem diversas exigências. No Brasil, apenas seis pizzarias conseguiram o selo no estado de São Paulo e em Brasília.

***

Serviço

Terceira Avenida, 280, Centro, Balneário Camboriú. Aberto todos os dias de 18h30 às 00h30.

Compartilhe

8 recomendações para você