FESTIVAL BOM GOURMET 2019

Fim de semana

Passeie por pontos turísticos de Curitiba e curta restaurantes do Festival Bom Gourmet

Nada como unir o melhor da gastronomia com pontos turísticos e famosos da capital paranaense

por Patricia Favorito Dorfman, especial para o Bom Gourmet Publicado em 19/10/2019 às 09h
Compartilhe

Nada como unir o melhor da gastronomia com excelentes pontos famosos da capital paranaense para curtir com amigos e a família. Afinal, Curitiba é conhecida por seus parques e bons lugares para passear, inclusive os shoppings. Melhor ainda o passeio combina com os restaurantes da 10ª edição do Festival Bom Gourmet.

>>> Confira os menus completos do Festival Bom Gourmet

Começando por um dos lugares mais visitados da capital, a Ópera de Arame. Inaugurada em 1992, o local oferece passeio em meio ao verde e uma excelente experiência gastronômica no restaurante Ópera Arte. No Festival, a casa oferece menu de almoço e jantar. No cardápio, regionalismo brasileiro e paranaense nos ingredientes como pérolas de tapioca, manteiga de garrafa, cachaça e banana de Morretes, no litoral.

Anarco Mercado Municipal. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

Anarco Mercado Municipal. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

O mais antigo

No Mercado Municipal, primeiro mercado público da capital, tem além de frutas e verduras o Anarco Restaurante e Empório. Como opção de almoço, a Polenta Anarco ou talharim ao pesto são os pratos principais que compõem o cardápio da casa.

Na região de Santa Felicidade, bairro gastronômico por natureza e muito procurado por turistas e curitibanos, há restaurantes participantes do Festival. É possível escolher entre uma cantina italiana, como a Cantina Famiglia Fadanelli, que oferece menu de jantar com opção de Filetto Dijon (mignon) ou salmão nos pratos principais.

A clássica cozinha internacional, no Chalet Suisse, com goulash de mignon com molho rôti e páprica, por exemplo. Ainda a Petiscaria do Victor, com frutos do mar, ou o autêntico fondue suíço, no Petit Château Restaurante.

<< Confira todos os participantes do Festival Bom Gourmet

No shopping

Agora, se a preferência é por unir compras, cinema e uma boa gastronomia, os shoppings da capital têm excelentes opções de restaurante do Festival. No ParkShoppingBarigüi, no Ecoville, estão a Badida Carnes Nobres, o Barolo Trattoria, Bistrô do Victor e La Pasta Gialla.

Na Badida os menus de almoço e jantar trazem os cortes de carnes fraldinha e entrecôte acompanhados de arroz biro-biro e farofa. No Barolo, o menu completo traz couvert com pão italiano gratinado com queijo e orégano; conchiglia quatro queijos ou ravióli de carne no prato principal; e sorvete de creme com calda de chocolate para sobremesa.

La Pasta Gialla. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

La Pasta Gialla. Foto: Michel Willian / Gazeta do Povo

No Bistrô do Victor o menu é de frutos do mar, com nhoque de abóbora com ragu de siri ou camarões com tapioca e molho de bobó para as escolhas do prato principal. O La Pasta Gialla tem menu italiano com capeletti de queijo com presunto parma e fonduta de queijo grana padano de entrada, risoto de parmesão com camarão provençal e molica de limão siciliano no prato principal e torta palha italiana com calda de café na sobremesa.

No Pátio Batel também há restaurantes participantes do Festival. O internacional Jamie’s Italian Curitiba serve bolinho de costela com molho alla arrabiata na entrada e pratos principais diferentes no menu de almoço e no jantar. Para os cortes de carne há o Bull Prime Carnes Nobres, servindo bombom de alcatra ou chorizo com polenta na chapa de pratos principais no almoço e entranha com batata doce ao murro bife ancho com nhoque no jantar. O La Pasta Gialla também está no Pátio Batel. Outra opção é o Pobre Juan, com cortes de carne, como o ojo del bife com purê trufado.

Junte e Troque

Quem participa do Festival e se cadastra no aplicativo Festival Bom Gourmet – versões IOS e Android – pode escanear suas notas fiscais – uma de almoço e jantar por CPF, por dia – para trocar pelo brinde: um kit composto por um vinho Monsaraz tradição tinto (375ml) e uma taça Alumina Crystal (660ml).

Para ter o brinde é preciso acumular 300 pontos – cada R$ 1 gasto no Festival rende um ponto. As notas podem ser escaneadas até o dia 06 de novembro e as trocas – que serão feitas exclusivamente na loja da Platinox – até o dia 11 de novembro (limite de mil unidades de kits).

VEJA TAMBÉM

>> Serra Gaúcha: cinco vinhos recém-lançados que você precisa conhecer

>> 11 receitas com o macarrão que tem mais de 800 anos

Compartilhe

8 recomendações para você