Bebidas

Curiosidade

Saiba por que alguns vinhos podem manchar a sua boca

Forte pigmentação vai além do tipo de uva e não interfere na qualidade do vinho

por Eloá Cruz, especial para o Bom Gourmet Publicado em 03/07/2019 às 14h
Compartilhe

Todos os vinhos tintos têm pigmentos. Eles vêm naturalmente da casca das uvas e, no processo de transformação de uva em vinho, a cor migra da casca para a bebida. Esses pigmentos, então, podem deixar os lábios e até os dentes roxos.

Vinhos com até dois anos de idade podem manchar mais a boca. Foto: Lineu Filhos / Gazeta do Povo.

“Quanto mais jovem o vinho, mais fácil de manchar”, explica a enóloga Sandra Zottis. Segundo a especialista, o vinho novo tem cor mais próxima a de um suco de uva, um roxo bem intenso – chamado tecnicamente de vermelho violáceo. Se o vinho tem entre um e dois anos, a probabilidade de manchar a boca é maior. Os pigmentos, polifenois extraídos da casca da uva, estão bem presentes em vinhos coloniais – por exemplo. “Os coloniais normalmente são produzidos e consumidos no mesmo ano”, explica a profissional.

Em contrapartida, os fortificados doces naturais – como o vinho do Porto – mancham menos por serem envelhecidos. Os amadurecidos em barril de carvalho também têm menos pigmentos. Algumas uvas como a malbec, carbenet sauvignon, syrah e tannat têm bastante pigmentação. Porém, nem sempre os vinhos produzidos com esses tipos de uvas vão necessariamente manchar a boca.

Tem como evitar?

Quem escova os dentes com regularidade tende a tê-los menos manchados pelo vinho. Isso porque a placa, que absorve mais o corante da fruta, tem mais dificuldade para se formar. Para o especialista em odontologia estética Sérgio Vieira, ninguém precisa deixar de tomar vinho por conta disso. “O ideal é intercalar com água”, sugere.

Outro fator que pode interferir são as as restaurações dentárias – as em resina, por exemplo, mancham com mais facilidade que as de cerâmica. Quem faz tratamento de clareamento pode ficar com os dentes podem ficar mais porosos e também mais suscetíveis a manchas.

LEIA TAMBÉM

>>Competição exige que sommelier descubra uva, país e método de produção dos vinhos

Compartilhe

8 recomendações para você