Especial 10 anos

Empreendedor

O Vencedor

Junior Durski

O paranaense decidiu ser grande. E com sua visão empreendedora fundou a rede Madero e virou gigante.

A princípio, ele só queria cozinhar e poder mostrar a riqueza da cozinha eslava, justificando suas origens. Mas Luiz Renato Durski Junior, paranaense de Prudentópolis, 58 anos, nunca foi de se acomodar em uma atividade. A experiência de 15 anos como madeireiro em Rondônia fez com que conhecesse muitas dificuldades e, especialmente, as maneiras de superá-las. Quando inaugurou o Restaurante Durski, no Centro Histórico de Curitiba, logo após a virada do século, passou um tempo oferecendo comida de graça, como se ali fosse um laboratório de sabores. O resultado foi o melhor possível e dali uns tempos tinha um restaurante de sucesso. Mas a grande tacada viria quando abriu, no imóvel ao lado, uma steakhouse ao estilo norte-americano, tendo como especialidade o hambúrguer. O fracasso de vendas dos primeiros meses fez com que Durski repensasse a estratégia, desde a composição do hambúrguer, o tamanho do pão, os acompanhamentos e o preço para o consumidor. Aos poucos, começou a funcionar e, finalmente, ele tinha o que chamou de “the best burger in the world” transformado em sucesso e espalhando suas unidades pelo país. Chegou a ter uma em Miami, mas como um bom empreendedor que sabe reavaliar os rumos rapidamente, decidiu voltar todo o foco para o Brasil. É por aqui que espera chegar a 200 restaurantes neste ano, em mais de 10 estados brasileiros, e uma previsão de venda de mais de R$ 1 bilhão. E não foi só. Centralizou todas as atividades de produção em um único local, construindo, em 2016, em Ponta Grossa, a Cozinha Central, que, hoje, com 15 mil m², é encarregada da produção de seus produtos, como as carnes, que não se restringem mais às unidades ao Madero. Durski abriu também outros negócios, como A Sanduicheria, o Dundee Burger (mais barato para concorrer com as grandes redes internacionais) e o Jeronimo, que trabalha com o conceito de smashed burgers e tem mais de 20 unidades em todo o Brasil. Cada uma delas com uma proposta diferente para um público específico. A expansão do empreendimento se consolidou no início do ano, com a venda de uma fatia minoritária para o Carlyle Group, que pagou R$ 700 milhões para adquirir 23,3% do grupo Madero, atualmente avaliado em R$ 3 bilhões. A próxima etapa será abrir capital. Nunca parar, essa é a identidade de Junior Durski, empreendedor por natureza e vencedor em tudo que faz.

Onde: O Restaurante Durski fica na Rua Jaime Reis, 25; veja onde ficam as lojas da rede Madero em restaurantemadero.com.br e as unidades do Jeronimo em jeronimoburger.com.br. O Dundee Burger fica no Shopping Palladium, Av. Pres. Kennedy, 4.121, Portão, Curitiba.

Votos: Unanimidade para Junior Durski.

Conheça os jurados e em quem votaram

Gabi Mahamud

Culinarista, é autora do blog Flor de Sal que deu origem à marca de alimentos feitos com insumos que seriam desperdiçados, e do best-seller de mesmo nome. Empreendedora social, é representante de importantes movimentos nacionais e mundiais que têm como missão conduzir as pessoas a uma alimentação nutritiva, saborosa e responsável. Também é idealizadora do Goodtruck, que ensina sobre consumo consciente a partir do preparo de refeições para pessoas carentes. É colunista do Bom Gourmet.

Em quem votou: Junior Durski, do Madero

Guilherme Rodrigues

Colunista de vinhos do Bom Gourmet há mais de 10 anos, o advogado é um dos nomes mais importantes em vinhos do Brasil. Está em constante busca por conhecimento sobre a bebida, é membro de confrarias internacionais como a do Vinho do Porto. Viaja o mundo e conhece o melhor da gastronomia.

Em quem votou: Junior Durski, do Madero

Luiz Augusto Xavier

Jornalista apaixonado por gastronomia, criou o blog Panela do Anacreon, em que apresenta suas experimentações culinárias e andanças por restaurantes. É também colunista do Bom Gourmet e referência em conhecimento da gastronomia curitibana. É criador do Programa Horta do Chef, em execução pela Prefeitura Municipal de Curitiba.

Em quem votou: Junior Durski, do Madero

Guilherme Guzela

Formado em Turismo, é especialista em Gestão de Gastronomia, área em que atua desde 2001. Já trabalhou em restaurantes com estrela Michelin, na Itália. Trabalha com consultorias, eventos e aulas de gastronomia em todo o Brasil. Em 2010 participou do concurso Chef Revelação do Prêmio Bom Gourmet; foi apresentador do Programa Bom Gourmet e também do Prêmio Bom Gourmet por mais de cinco anos. Desde 2011, é o chef da Tramontina na região Sul do país.

Em quem votou: Junior Durski, do Madero

Jussara Voss

Jornalista e blogueira, é autora do “Vosso Blog de Comida”, do Bom Gourmet, além de fazer parte do júri de prêmios nacionais e internacionais, como o The World Restaurant Awards. É também conselheira da Gastromotiva Curitiba, do Good Truck e do Instituto Virá, idealizadora do projeto Gastronomia Paraná e pós-graduada em Chef de Cuisine, pela Universidade Positivo.

Em quem votou: Junior Durski, do Madero

Ricardo Filizola

Tem formação em Engenharia Civil, mas a paixão pela cozinha o levou a buscar conhecimento para ser cozinheiro. Formou-se em Chef de Cuisine – Restaurateur pelo Centro Europeu em Curitiba e atualmente é sócio do La Cocina Gastronomia, que realiza eventos personalizados. Participou do livro “Marca de Chef” (2012).

Em quem votou: Junior Durski, do Madero

Saiba como foi a escolha do Empreendedor

Quem inspira, provoca, empreende e faz uma boa gestão do seu negócio de gastronomia? São essas pessoas que o Prêmio Bom Gourmet também quer homenagear na etapa Especial 10 Anos. Para isso, convidamos seis feras do segmento em Curitiba também para formar o Comitê do Bom Gourmet e definir os eleitos. Os jurados são profissionais parceiros do Bom Gourmet: colunistas, blogueiros e chefs que ajudaram a fazer a história da gastronomia com a gente, falando dela ou sendo também protagonista. Em um jantar realizado na cozinha do Bom Gourmet, o Comitê debateu com as jornalistas da casa (Andréa Sorgenfrei, Deise Campos, Talita Boros Voitch e Marja Nunes) sobre quem seriam esses personagens marcantes nas quatro categorias: Pessoa Inspiradora, O Provocador, Restaurateur e Empreendedor. “Exceto por uma categoria (Empreendedor) que teve unanimidade, foram decisões difíceis, pois muitos nomes marcam a gastronomia e se destacam nestas áreas, com atuações que fazem a diferença”, afirmou o colunista Luiz Augusto Xavier. O grupo partiu da concepção de que uma pessoa inspiradora é aquela que abraça causas em prol do setor, encorajadora do segmento. Que o Provocador é questionador e que colabora para o crescimento do segmento a partir de suas opiniões críticas. Para eleger o Restaurateur, o critério foi olhar para o dono de restaurante que está à frente do seu negócio, muito presente em seu empreendimento, de forma dinâmica e atuação macro. E o Empreendedor dos 10 anos, a figura que valoriza o empreendedorismo e desenvolvimento econômico do setor. A partir daí, cada um dos jurados deu seu voto, que foi secreto.

Veja também os vencedores de:
Sabor Popular 23 Categorias

Últimas

Apresenta
Apoio
Apoio Técnico