Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Aprenda a harmonizar queijos e vinhos
| Foto:

Quando a temperatura cai, procuramos algo que nos traga bem-estar e que ajude a esquentar o corpo e a alma. Uma combinação certeira é a de queijos e vinhos.

O mundo dos queijos e dos vinhos é muito curioso e pode ser bem complicado para quem não tem o hábito de fazer esse tipo de harmonização. Para cada tipo de queijo existem diversas opções de harmonizações com vinhos tintos, brancos, com champagnes e espumantes.  O sommelier Manoel Verdan, do empório Muf´s, dá algumas dicas e sugestões.

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Foto: Pixabay  

Os queijos moles e semi-moles combinam com vinhos leves, frescos, frutados e com acidez um pouco mais elevada.  Nesta categoria, podemos considerar os queijos brie, muçarela de búfala e o camembert.  Entre os vinhos, o branco chardonnay harmoniza com os três tipos de queijos. Além dele, também são indicados os tipos riesling, cabernet sauvignon, merlot e shiraz para o queijo brie, o sauvignon blanc para a muçarela de búfala e os tintos de uvas shiraz, pinot noir, gammay e tampranillo para o  camembert. “Champagnes e espumantes demi- sèc também podem ser harmonizados com o queijo brie”, afirma o sommelier.

Manoel sugere combinar o brie (R$ 5,79 – 100g) com o espumante Muf’s Reserve Demi Sec  (R$ 39,90); a muçarela de búfala (R$ 22,90 – 250g) com o Vinho dos Fincas Sauvignon Blanc 750ml (R$ 49,90); e o camembert (R$ 23,90 – 125g) com o Origem Reserva Chardonnay 750 ml (R$ 49,90).

Entre os queijos semi-duros e duros estão o  o gruyère, o gouda e o provolone, que harmonizam melhor com vinhos mais  incorpados e com menor acidez. Os vinhos malbec e cabernet sauvignon são os que melhor harmonizam com gryère e gouda. Ainda com o gruyère, podemos combinar os tintos de uva merlot. Com o queijo provolone, um pouco mais duro, os tipos shiraz, sangiovese e pinot noir são os mais indicados.

A sugestão aqui é o Fincas Cabernet Merlot (R$49,90) para o guyère (R$ 5,79 – 100g) e para o gouda (R$ 8,90 – 100g), o Crios Pinot Noir (R$ 69,90).

>>> Confira 10 conselhos para virar um expert em harmonização com vinhos

Os queijos maturados e meio maturados combinam com vinhos de médio corpo e levemente frutados. O maasdam, por exemplo, vai bem com merlot ou malbec. Para o delicioso parmesão, mais maturado, a dica é harmonizar com italiano Chianti. Na linha dos brancos, vinhos de uvas pinot grigio e sauvignon blanc são ótimas pedidas. O versátil parmesão ainda combina com espumante brut e com o Porto Tawny. O famoso queijo suíço ou emmental pede um cabernet sauvignon, merlot ou pinot noir.”O Chianti aqui também é uma ótima dica”, afirma Manoel Verdan.

O vinho Porta 6 Tinto 750ml (R$ 54,90) é a dica do sommelier para o parmesão (R$ 9,90 – 100g). O Origem Reserva Merlot 750ml (R$ 49,90) com o queijo tipo maasdam (R$ 7,29 – 100g) e o Villa Cerna Chianti 750ml (R$ 89,90) para o emmenthal (R$ 6,59 – 100g).

A imagem abaixo traz as melhores combinações para ajudar a decidir na hora da compra

Por fim, os queijos azuis combinam com vinhos de colheita tardia e fortificados. O famoso sauternes é a melhor pedida para o roquefort. Com o gorgonzola, a harmonização fica com os tintos merlot e shiraz  e com o branco riesling. “Para o gorgonzola, indico o Portal Fine Tawny 750ml (R$ 79,90). E para o e o roquefort (R$ 15,90 – 100g), o Terrazas Afincado Tardio – 375ml (R$ 137,90).

>>> Veja o mapa interativo que mostra mil combinações de queijos e vinhos

Serviço

Empório Muf’s Café

Rua Lamenha Lins, 467

Atendimento: segunda a sábado, das 9h às 21h.

(41) 3538.4848 | loja@mufs.com.br

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]