Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Comércio ambulante regulamentado pela prefeitura de Curitiba – Barracas de vendedores ambulantes de roupas, frutas e artigos importados nas ruas do centro de Curitiba – Placas de sinalização que demarcam os espaços reservados para o comércio de ambulantes no centro da cidade. pinhão cru
Comércio ambulante regulamentado pela prefeitura de Curitiba – Barracas de vendedores ambulantes de roupas, frutas e artigos importados nas ruas do centro de Curitiba – Placas de sinalização que demarcam os espaços reservados para o comércio de ambulantes no centro da cidade. pinhão cru| Foto: gazeta do povo

O início do outono derruba as primeiras pinhas das araucárias e logo os pinhões estão à venda nas mercearias e supermercados. A partir desta quinta (1º de abril) a colheita, transporte e comercialização do pinhão estão liberados no Paraná, conforme a portaria do Instituto Ambiental do Paraná (IAP). Mas, você sabe como escolher pinhão?

É preciso saber reconhecer as características do pinhão próprio para o consumo porque, por vezes, o produto maduro é vendido misturado ao verde.

“O pinhão verde é como uma batata ou banana verde: tem amido, só que é indigesto, não tem sabor”, explica o pesquisador Flávio Zanette, professor da Universidade Federal o Paraná (UFPR) e um dos maiores especialistas em araucária do país .

Como escolher pinhão maduro

Como escolher pinhão
Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo

Para escolher um pinhão maduro e saboroso, veja a cor da casca: deve ser marrom nas pontas e amarelado no restante. Ao apertar, deve ser firme e não ceder à pressão dos dedos.

“O pinhão verde parece uma palha e é bem levinho, quando você aperta, ele parece uma borracha, não é firme”, ensina Zanette, .

É comum encontrar pinhão verde entre abril e meados de maio porque são mais de 15 variedades de araucárias e nem todas as pinhas amadurecem na mesma época. Para aumentar o volume, os extrativistas arrancam a pinha verde do pé em vez de catar as que estão no chão.

Essas pinhas verdes teriam de ficar no pé por mais 30 ou 40 dias para amadurecerem por completo. “O bom pinhão é o catado do chão”, define Zanette.

Além de não ter sabor, o pinhão verde tem um alto teor de água, chegando a 80%, enquanto o pinhão maduro fica entre 30¢ e 40%. Esta umidade e o alto teor de amido facilita a proliferação de micro-organismos que podem causar danos à saúde.

> Leia também: Aprenda a fazer banoffee de pinhão

Uma das maneiras de fazer o pinhão verde passar “desapercebido” entre os maduros é deixar a pinha verde em um galpão iluminado. Dessa forma, o pinhão oxida e escurece a casca. “Geralmente ele fica todo pintado, que são os pontos onde ele bate em algo e oxida primeiro”, diz.

A oferta de pinhão maduro é maior em maio e junho, quando a coloração da casca fica mais amarronzada que amarelada, e eles podem ser armazenados em geladeira por até dois meses.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]