Plantão

Água Verde vai virar mega polo gastronômico?

O vereador Bruno Pessuti (PSD), autor da proposta, diz que a mudança na lei traria melhoria de calçadas, segurança, iluminação e repressão do comércio ambulante ilegal no bairro

por Flávia Schiochet Publicado em 15/06/2016 às 20h
Compartilhe
água verde

Objetivo do projeto de lei é tornar trechos da Rua Chile e da Avenida Água Verde um mega polo gastronômico do bairro. Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo.

Um projeto em tramitação na Câmara Municipal de Curitiba propõe a criação do Centro Gastronômico do Água Verde, uma área que abrange 11 quadras da Rua Chile e da Avenida Água Verde, no trecho entre as ruas Coronel Dulcídio e Marechal Floriano Peixoto. A proposta é do vereador Bruno Pessuti (PSD) e, se aprovada, a instituição do centro gastronômico seria um marco legal e agilizaria algumas ações do poder público no local, como melhoria de calçadas, segurança, iluminação e repressão do comércio ambulante ilegal. O trecho tem restaurantes com perfil para refeições casuais e rápidas que atendem o público residente no bairro.

Para o vereador, uma vez aprovado o projeto, modificado pelos colegas ou não, a proposta seria aplicável a outros pontos gastronômicos da cidade. “Na Rua Itupava também vejo a necessidade de melhoria nas calçadas, que reduzem a mobilidade não só de cadeirantes, mas de pais com carrinhos, pessoas de idade. Esse marco legal no Água Verde ajudaria a criar um padrão para atuarmos em diferentes bairros e regiões conforme as necessidades de cada local”, afirmou por telefone em entrevista ao Bom Gourmet.

>>> Geocook mapeia as regiões com vocação gastronômica de Curitiba

>>> Confira a programação do Estúdio Bom Gourmet

>>> Festival da Pizza Bom Gourmet tem 35 pizzarias com preço promocional de R$ 39,90

Para o diretor executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-PR), Luciano Bartolomeu, a iniciativa é importante para começar. “Mas Curitiba não é só o Água Verde. Há estudos para as outras regiões e a Abrasel sugere que o vereador conheça esses estudos. Um exemplo deles é o Geocook”, disse por telefone à redação, referindo-se à seção que o Bom Gourmet publica mensalmente desde dezembro de 2013 (leia mais abaixo).

Bartolomeu frisa que a área do Água Verde também é importante para o desenvolvimento da cidade, como outros polos gastronômicos já existentes na cidade, mas por associativismo dos empresários, como no Batel e no Cabral. “O poder público precisa estar à frente quando fala da segurança da região, da parte urbanística, para que as pessoas possam circular”, afirma Bartolomeu.

O vereador Bruno Pessuti, do PSD. Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

O vereador Bruno Pessuti, do PSD. Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

A ideia do projeto de lei surgiu após o vereador visitar um trecho da Rua Avanhadava, em São Paulo, uma via arborizada e com iluminação no estilo de lanternas coloridas onde ficam alguns célebres restaurantes paulistanos. “É uma rua que passa a sensação de segurança, um estilo bucólico e que faz ser agradável estar na rua e não só dentro de um comércio”, explica Pessuti. Segundo ele “o plano diretor pode prever algo voltado a essas regiões reconhecidas como centros gastronômicos”, afirma.

Segundo o site da Câmara Municipal de Curitiba, o projeto está em tramitação desde 25 de maio. A primeira etapa será receber uma instrução técnica da Procuradoria Jurídica, em seguida será encaminhado para as comissões temáticas do Legislativo que poderão solicitar estudos adicionais, documentos faltantes, revisões no texto, entre outros. Depois de passar pelas comissões o texto vai a plenário e, se for aprovado, vai à sanção do prefeito para virar lei.

Geocook

geocook-destaque

Lançado em dezembro de 2013, o Geocook é o guia de restaurantes do Bom Gourmet que cobre oito regiões de Curitiba. Para definir o perímetro destas áreas, o Bureau de Inteligência Corporativa Brain fez um levantamento minucioso em cada rua dos bairros, considerando dados oficiais e pesquisa própria, para demarcar os trechos que concentram serviços e lojas de gastronomia, ou seja, que têm vocação para alimentação dentro e fora do lar, entre outros segmentos.

Mensalmente, a revista Bom Gourmet destaca pratos e estabelecimentos das regiões Cabral Soho, Arte Cívico, Centro Cultural, Centro Histórico, Jardins, Santa Felicidade, Batel Clássico e Batel Soho. Confira todas as publicações da seção Geocook.

Compartilhe

8 recomendações para você