Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Arroz chaufa  é um  prato típico peruano, que mistura influências andinas e chinesas.
Arroz chaufa é um prato típico peruano, que mistura influências andinas e chinesas.| Foto: Rodrigo Pierrot/Gazeta do Povo

A variada gastronomia que mistura referências contemporâneas a ingredientes milenares torna o Peru um dos grandes destaques da América Latina quando o assunto é comer bem. Não à toa, diversos restaurantes do país andino ocupam, ano após ano, importantes posições no ranking Latin America’s 50 Best Restaurants – foram 16 estabelecimentos na lista de 2021.

Marcada pela diversidade cultural, a gastronomia peruana traz sabores e pratos únicos. E uma das grandes influências dessa culinária são os imigrantes chineses. A fusão da China com o estilo peruano deu origem à cozinha chamada chifa. “Assim como Nikkei denomina a gastronomia que une o Japão e o Peru, Chifa é o nome dado à culinária que mistura a China e o Peru, mesclando técnicas e pratos peruanos e chineses e dando origem a sabores únicos”, explica o chef peruano Carlos Alata, que hoje está à frente do menu do Nuu Nikkei, em Curitiba.

E um dos grandes representantes da cozinha chifa é, sem dúvida, o arroz chaufa. “Se for à China e pedir arroz chaufa não vai encontrar. Porque essa é uma receita que surgiu, justamente, da mistura de culturas. Cada família tem a sua receita de chaufa, mas a base é uma só para todas elas”, afirma Alata.

A receita original leva, além do arroz, o gengibre ralado, ovos, açúcar, cebolinha e óleo de gergelim. Segundo o chef, as proteínas variam nos preparos, e quem tem origem peruana costuma optar pela versão com frango, mignon ou frutos do mar. Já aqueles de origem oriental preferem pato ou porco como proteínas.

Um dos segredos do prato é deixar o arroz bem soltinho. Também é preciso cozinhar em fogo alto, para que os ingredientes ajudem a defumar o prato. “E o correto é sempre fazer na frigideira wok. Não em panelas altas ou frigideiras comuns”, ensina o chef.

Outro ponto importante de atenção nesta receita é a quantidade de shoyu. Alata conta que é comum as pessoas acabarem exagerando no condimento, o que deixa o arroz muito escuro e foge à receita original.

Ingredientes para o arroz chaufa.
Ingredientes para o arroz chaufa. | Rodrigo Pierrot/Gazeta do Povo

Arroz chaufa

Chef Carlos Alata, Nuu Nikkei

Ingredientes

  • 120g de panceta de porco cozida
  • 2 colheres (sopa) de cebolinha cortada bem fininha 
  • 2 colheres (sopa) de molho teriyaki 
  • 1 colher (sopa) de gengibre ralado
  • 1 ovo (omelete) cortado em cubos
  • 2 colheres (sopa) de shoyu
  • 1 colher (sopa) de óleo gergelim
  • 200g de arroz cozido 
  • Uma pitada de açúcar
  • Uma pitada de ajinomoto

Passo a passo do arroz chaufa

  1. Para o arroz
| Rodrigo Pierrot/Gazeta do Povo

1) Adicione o óleo de gergelim à wok e frite o gengibre ralado por poucos minutos;

| Rodrigo Pierrot/Gazeta do Povo

2) Adicione o arroz já cozido, a omelete picada, a cebolinha, shoyu, açúcar e o ajinomoto;

| Rodrigo Pierrot/Gazeta do Povo

3) Salteie em fogo forte por três a cinco minutos, aproximadamente, até que fique com um sabor defumado e reserve.

| Rodrigo Pierrot/Gazeta do Povo

1) Pincele com molho teriyaki e corte a panceta;

2) Leve ao forno pré-aquecido a 180°C por 8 minutos;

| Rodrigo Pierrot/Gazeta do Povo

3) Na hora de servir, coloque o arroz chaufa em um prato e por cima o porco;
finalize com um pouco de cebolinha.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]