Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Tiramisù World Cup
Utilizando presunto cru e melão, o tiramisù de Elena Bonali foi o melhor na categoria Receita Criativa.| Foto: Tiramisù World Cup/divulgação

Um joalheiro de 62 anos e uma professora de natação de 52 são os responsáveis pelos melhores tiramisùs de 2021. A escolha ocorreu em Treviso, na Itália, durante a Copa do Mundo do Tiramisù, competição que reúne confeiteiros amadores.

A escolha é feita por um júri composto por chefs, jornalistas de gastronomia e profissionais da área. Os critérios de avaliação consideraram execução, equilíbrio da montagem, aparência, sabor, harmonia e intensidade do paladar.

Na categoria Receita Original, Stefano Serafini, de Veneza, levou o prêmio. Ele preparou a receita do tiramisù somente com os seis ingredientes clássicos: biscoitos savoiardi/pavesini, mascarpone, café, ovos, cacau e açúcar.

Já na categoria Receita Criativa (que usa até três ingredientes adicionais), a vencedora foi Elena Bonali, italiana que vive na Bélgica. Ela adicionou ao seu tiramisù presunto cru e melão - uma combinação muito apreciada pelos italianos durante o verão europeu.

Outras receitas finalistas chamaram a atenção pelo uso de ingredientes como ouro em pó e chocolate de yuzu (uma fruta cítrica originária da Ásia).

Sem brasileiros

Devido à Pandemia, a edição do ano passado não ocorreu. Este ano, ainda por conta da crise sanitária, os organizadores do evento reduziram o número de concorrentes para 200, cancelando, entre outros, a participação brasileira.

Além da Itália, participaram chefs amadores da França, Bélgica, Inglaterra, Espanha e China. Para o próximo ano, a organização prevê que o processo de pré-seleção dos candidatos brasileiros seja retomado a partir do segundo trimestre.

Mais informações: @tiramisuacademy.brasil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]