i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Tendência

5 lugares imperdíveis que servem brunch em Belo Horizonte

Se antes o brunch não era popular entre os belo-horizontinos, agora a refeição passa a ser tendência na capital mineira

  • PorLorena K. Martins, de Belo Horizonte, especial para Bom Gourmet
  • 22/09/2018 07:00
Foto: Helena Lopes
Foto: Helena Lopes| Foto:

Aquele horário em que ainda é muito cedo para almoçar, mas muito tarde para tomar o café não precisa ser encarado com a barriga roncando. A solução tem nome: brunch. O termo foi criado no Reino Unido com a fusão dos nomes ingleses breakfast (café da manhã) e lunch (almoço), e se popularizou nos Estados Unidos. A proposta é justamente unir as duas refeições, e é perfeita para quem pretende estender as preciosas horas de sono, principalmente nos finais de semana.

Na capital mineira, a mistura leve e sofisticada tornou-se tendência recentemente e tem sido ofertada principalmente aos sábados. Os menus combinam itens matinais como pães, ovos e cereais com receitas mais substanciosas, como carnes e panquecas, combinados inclusive com drinques – a mimosa, que leva suco de laranja e espumante é um dos mais solicitados. É por isso quem for se jogar no brunch deve ter um tempinho de sobra e disponibilidade para apreciar, sem pressa, todas as pedidas. Separamos, a seguir, 5 boas opções para se encantar com o pequeno-almoço em Belo Horizonte.

Guaja Café

Foto: Helena Lopes
Foto: Helena Lopes

O Guaja foi um dos precursores a investir no brunch na capital mineira há quase dois anos. E a adesão foi imediata tanto é que o menu à la carte foi alterado há pouquíssimo tempo, incrementado novas opções. O serviço é oferecido aos sábados de 10h às 14h e no menu especial, criado pelo chef Pedro Mendes, estão opções individuais com nomes de bairros e regiões de Nova York: Brooklyn (panquecas com calda de mirtilo e syrup, ovos mexidos e bacon a R$ 27), Manhattan (grilled cheese de brioche, ovos mexidos, salsicha Frankfurt e tomate assado com ervas a R$ 28), New Mexico (tortilla crocante com três opções de molho: guacamole, chili com carne e creme de queijos a R$ 29), Philadelphia (waffles com toque de laranja, ovos mexidos e tiras crocantes de frango empanado. Acompanha molho de frutas vermelhas apimentado e manteiga de ervas a R$ 29) e Chicago (torrada de brioche coberta por cheddar cremoso, tiras de bacon assado e ovo com gema mole. Acompanha duas salsichas Frankfurt e picles de cebola roxa a R$ 31). Há também opções à parte e veganas para incrementar os menus já existentes como mix de cogumelos orgânicos na manteiga (R$ 11) e torta folhada de maça com chantilly (R$ 16), sem contar as bebidas exclusivas para a ocasião como Mimosa, Kyr Royal e Bellini a R$ 16 cada. Vale fazer reserva.

Serviço: Av. Afonso Pena, 2881, Funcionários. (31) 2127-1517

***

Astoria Bar

Foto: Julia Leite
Foto: Julia Leite

O brunch do Astoria começou junto com a abertura do estabelecimento, há um ano e meio. O mineiro Anderson Madeira e o norte-americano Ronald Livingston, investiram no serviço seguindo os conceitos nova-iorquinos após morar no Astoria, bairro no Queens, em Nova York, onde ambos moravam antes de se mudar para BH. “Lá em Nova York os tradicionais brunchs são quase uma festa, tem até Dj tocando. A certeza que tivemos, quando chegamos em BH, era que queríamos trazer o brunch pra cá, mesmo que a tradição mineira seja almoçar com a família”, contou Anderson Madeira. O Astoria serve a refeição aos domingos, de 12h às 17h. “No domingo as pessoas costumam fazer programas mais cedo, sem esticar para descansar e se preparar para o início da semana”, acredita. O cardápio traz clássicos da cozinha americana como ovos benedict (dois ovos sobre tiras de bacon, muffins, molho hollandaise, acompanhando salada ou fritas, R$ 26) e a Grand Islan (panqueca servida com geléia caseira de blueberry, tiras de bacon e ovos mexidos, R$ 28). O estilo dos ovos que acompanha os pratos também é feito a partir da escolha do cliente: pochê, mexido, frito com gema mole ou dura.

Serviço: R. Leopoldina, 85, Santo Antônio. (31) 99830-0085

***

Soul Jazz

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Comandado por Bárbara e Bruno Ivo, filhos do celebrado chef mineiro Ivo Faria, do restaurante Vecchio Sogno, o Soul Jazz é uma das hamburguerias mais aclamadas da região da Pampulha, em Belo Horizonte e há dois meses a casa passou a oferecer também o brunch, contemplado aos sábados e domingos, das 11h às 16h. O menu, comandado pelo Bruno Ivo, possui boas opções fixas, como o Woopin’ Blues (R$ 24): mix de três torradas com salmão semi defumado com sour cream, geleia de frutas vermelhas e brie e outra com molho de tomate rústico, salpicado de grana padano e brie. Nos pratos, há o Caldonia (R$ 27) que leva mix de folhas, contra coxa de frango a parmegiana com molho de tomate rústico e batatas fritas. Os doces possuem um menu à parte, como o waffle com Nutella e doce de leite (R$ 15).

Serviço: R. Noraldino de Lima, 387, Aeroporto. (31) 2528-3596

***

Café Magrí

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Cheio de plantinhas espalhadas por todo o canto e um jeitinho de casa de vó, o café Magrí já ganha o coração logo quando você entra. Mas, ao degustar as opções servidas no brunch é que você percebe que não só o ambiente, mas a comida em si vale muito uma visita sem ter hora para terminar. Comandando por Marília Balzani, que já trabalhou como barista no Guaja, o local foi batizado assim por causa de René Magritte e as referências do artista surrealista existem por toda parte, incluindo o pires do café. No menu, as opções fotografáveis do brunch, servido aos sábados e domingos, de 10h às 14h, variam a cada estação, sempre com três opções de combos batizados de Dalí, Frida e Miró. O novo menu, que estreou nesta semana, as opções contemplam ovos mexidos, torradas de pães com fermentação natural, bacon e fonduta de queijos canastra e Tulha (R$ 26) que acompanham bebida à escolha do cliente (chá, café filtrado com V60, capuccino italiano ou suco integral) e há a opção de substituir ou incluir a carne por cogumelos salteados). O bolo do dia (R$ 8) e o cookie de chocolate (R$ 8) são algumas das sugestões fixas que podem ser incrementadas em qualquer combo.

Serviço: R. Alvarenga Peixoto, 595, Lourdes. (31) 99414-0230.

***

Espetacular Doceria

Tartelete da Espetacultar Doceria. Foto: Divulgação
Tartelete da Espetacultar Doceria. Foto: Divulgação

Especializada em doce e tortas francesas, a Espetacular Doceria inaugurou neste mês o serviço de brunch oferecido aos sábados das 9h às 13h. A ideia surgiu com o desejo da chef pâtisserie e proprietária Elisa Dayrell, de aumentar o fluxo de clientes neste dia. “Nosso Doux Matin, que significa doce manhã, é um projeto especial, uma maneira requintada de iniciar o fim de semana, com delícias francesas”, afirma ela. O menu, que custa R$ 22, possibilita a degustação de uma bebida da casa (cappuccino nugali ou chá gelado), um lanche salgado (tortinha de frango ou queijo quente) e as tradicionais tarteletes francesas do local, cujo sabor deve ser escolhido entre os disponíveis do dia: chocolate com nozes, trufa branca com limão siciliano e caramelo salgado, limão, banana com doce de leite, morango e frutas vermelhas.

Serviço: R. Bernardo Guimarães, 229, Funcionários. (31) 2535-0790

LEIA TAMBÉM:

>> 15 receitas fáceis para servir em um brunch em casa

>> Creme de leite fresco ou de caixinha: diferenças e como usar cada um

>> Aprenda a preparar 4 receitas de maionese fáceis e rápidas

 

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.