Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Peruano Maido é o melhor restaurante da América Latina; Brasil ganha 9 prêmios
| Foto:

O peruano Maido, em Lima, é o melhor restaurante da América Latina em 2018. A casa, comandada pelo chef Mitsuharu “Micha” Tsumura, conquistou o título pelo segundo ano consecutivo. A entrega do prêmio foi realizada na noite de terça (30) em cerimônia realizada em Bogotá, na Colômbia. A premiação é promovida pela revista britânica Restaurant, que todo ano lista os melhores restaurantes do mundo.

Chef Micha, do Maido, recebe o prêmio de melhor restaurante da América Latina.
Chef Micha, do Maido, recebe o prêmio de melhor restaurante da América Latina.

No segundo lugar do pódio subiu outro peruano, o restaurante Central, em Lima, do chef Virgilio Martinez. Os dois primeiros lugares foram os mesmos da edição 2017, ao testemunhar um domínio peruano na gastronomia latina. “Foi um ano difícil para o continente, mas a gastronomia continuou crescendo”, disse Micha, ao retirar o prêmio.

O Peru que teve nove restaurantes na lista, porém, não foi o país mais premiado. México e Argentina foram os países que colocaram mais restaurantes no ranking, com dez casas cada um. O Brasil teve nove premiados, em 2017 foram oito. A Colômbia, quatro.

A Casa do Porco, em São Paulo, subiu uma posição (7ª), o Oteque (33ª) e Oro (49ª), ambos no no Rio, entraram pela primeira vez no ranking. O Manu, em Curitiba, ganhou o prêmio One to Watch, que todo ano aponta o restaurante para ficar de olho.

Melhor chef mulher da América Latina

Pía Leon retira o prêmio de melhor chef mulher.
Pía Leon retira o prêmio de melhor chef mulher.

A edição premiou também a melhor chef mulher da América Latina, a peruana Pía Leon, do Central, em Lima. A distinção, instituída em 2013, reconhece a carreira da chef. O Central levou o primeiro lugar do Latin America’s 50 Best Restaurants por três anos consecutivos ao lado de seu marido Virgilio Martínez.

Em agosto de 2018, ela abriu o Kjolle, também na capital peruana, onde trabalha com ingredientes sazonais e não há cardápio fixo. Após estudar na escola francesa Le Cordon Bleu em Lima, sua carreira começou no Ritz Hotel em Nova York, passou pelo peruano Astrid e Gastón, o aclamado restaurante do famoso chef peruano Gastón Acurio, e por fim entrou na equipe do Central.

Restaurante Manu é revelação

Manu Buffara recebe o prêmio de restaurante revelação.
Manu Buffara recebe o prêmio de restaurante revelação.

O Manu, restaurante da chef Manu Buffara, no Batel, em Curitiba, ganhou o One to Watch Award (“Para Ficar de Olho”) na edição deste ano dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina (Latin America’s 50 Best Restaurants 2018). O prêmio é uma menção-honrosa, uma espécie de “restaurante-revelação”, e sinaliza o estabelecimento que tem potencial para entrar na lista dos melhores restaurantes nos próximos anos.

Manu subiu ao palco também para retirar o prêmio no lugar de Alex Atala, chef do D.O.M., em São Paulo, que mais uma vez não compareceu à premiação organizada pela revista Restaurant.

Restaurante brasileiro faz protesto

Janaína Rueda, de A Casa do Porco, exibe cartaz na cerimônia.
Janaína Rueda, de A Casa do Porco, exibe cartaz na cerimônia.

Perto do fim, a cerimônia foi marcada também por um protesto silencioso, mas que arrancou bastantes aplausos. No momento em que A Casa do Porco foi anunciada no sétimo lugar, a chef Janaína Rueda, que comanda o restaurante junto com o marido Jefferson, exibiu um cartaz em espanhol com a escrita “diga no al fascismo”, referência nem tão sutil às recentes eleições presidenciais no Brasil. Após a manifestação política, a cerimônia continuou normalmente com a entrega dos prêmios restantes.

50 Melhores Restaurantes da América Latina

1. Maido – Lima, Peru
2. Central – Lima, Peru
3. Pujol – Cidade do México, México
4. Borago – Santiago, Chile (melhor restaurante sustentável)
5. D.O.M. – São Paulo
6. Don Julio – Buenos Aires, Argentina
7. A Casa do Porco – São Paulo
8. Astrid y Gaston – Lima, Peru
9. Quintonil – Cidade do México, México
10. Leo – Bogotá, Colômbia
11. Tegui – Buenos Aires, Argentina
12. Mani – São Paulo
13. Isolina – Lima, Peru
14. Sud 777 – Cidade do México, México
15. Villanos En Bermuda – Bogotá, Colômbia
16. Rafael – Lima, Peru
17. La Mar – Lima, Peru
18. Mishiguene – Buenos Aires, Argentina (escalou 32 posições)
19. Chila – Buenos Aires, Argentina
20. Maximo Bistrot – Cidade do México, México
21. El Chato – Bogotá, Colômbia (estreia)
22. Parador La Huella – José Ignacio, Uruguai
23. Harry Sasson – Bogotá, Colômbia
24. Ambrosia – Santiago, Chile
25. Osso – Lima, Peru
26. Lasai – Rio de Janeiro
27. Olympe – Rio de Janeiro
28. 99 – Santiago, Chile
29. Maito – Cidade do Panamá – Panamá
30. Pangea – Monterrey, México
31. Alcalde – Guadalajara, México
32. Elena – Buenos Aires, Argentina
33. Oteque – Rio de Janeiro (estreia)
34.Le Chique – Riviera Maya, México (estreia)
35. Corazón de Tierra – Valle de Guadalupe -México
36. El Baqueano – Buenos Aires, Argentina
37. Nicos – Cidade do México – México
38. Gran Dabbang – Buenos Aires, Argentina (estreia)
39. Malabar – Lima, Peru
40. La Docena – Gudalajara, México
41. Rosetta – Cidade do México, México
42. Aramburu – Buenos Aires, Argentina
43. 040 – Santiago, Chile
44. Proper – Buenos Aires, Argentina
45. Mocotó – São Paulo
46. Narda Comedor – Buenos Aires, Argentina
47. Osaka – Santiago, Chile
48. Amaz – Lima, Peru
49. Oro (estreia) – Rio de Janeiro
50. Tuju – São Paulo

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]