Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Padó é aquela padaria que todo mundo quer ter do lado de casa
| Foto: Leticia Akemi

Nos moldes das padarias paulistanas, que oferecem várias experiências em um só local, a Padó abriu as portas na semana passada no Portão, em Curitiba. A nova padaria tem o conceito de autoatendimento assistido, onde os clientes podem se servir dos pães e bolos que querem levar para casa ou comer no local. Além disso, a Padó oferece buffet de café da manhã, almoço, chá da tarde e inúmeras opções no cardápio como sanduíches especiais, doces finos e pizzas.

Buffet de café da manhã da Padó (R$ 49,90 kg). Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
Buffet de café da manhã da Padó (R$ 49,90 kg). Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo| Leticia Akemi

O autoatendimento assistido funciona assim: você escolhe quais tipos de pães quer, pega a quantidade desejada e coloca em um bowl. Depois de terminar, passa a tigela para os atendentes da padaria que vão pesar os pães de acordo com os tipos e colocar em pacotes separados. Tudo é registrado em comandas individuais retiradas na catraca de entrada. Para quem não gosta ou não se sente seguro em escolher sozinho, a equipe de funcionários da casa auxilia quem precisa de ajuda.

Todos os pães são assados e finalizados em frente aos clientes, já que os fornos ficam em uma das vitrines do salão da loja. Ao todo, são 65 tipos de pães no cardápio da padaria, entre tradicionais, especiais (feitos com fermentação natural) e funcionais. A produção varia, por isso, nem sempre todas as opções disponíveis diariamente. Destaque para o mini francês folhado, que mistura a massa do pão francês tradicional, com um toque amanteigado na casquinha folhada (R$ 19,90 kg).

buffet de café da manhã e de chá da tarde funcionam por quilo. A seleção dos produtos foi elaborada pela chef Solange Schneider, do Empório Rosmarino. No café, servido das 6h30 às 10h30, há opções de pães, frios, salgados assados, bolos caseiros, frutas e três opções de sanduíches da casa (R$ 49,90 kg). O chá da tarde (R$ 54,90 kg), servido entre 15h30 e 19h, ganha opções mais elaboradas, como entremets, tortas recheadas, salgados fritos, além dos itens do café da manhã. Bebidas são à parte.

Na friambreria, há opções importadas e nacionais. Tudo pode ser fatiado na hora pelas atendentes para a montagem de uma tábua de frios para comer no local ou levar para casa. Ao lado da praça de frios fica a adega da Padó, que reúne 45 rótulos selecionados pela sommelier Tháys Ferrão, que priorizou vinhos chilenos e argentinos, os preferidos dos curitibanos.

Há ainda opções de sanduíches especiais, de “todo dia”, fit e hambúrgueres no cardápio. Alguns são criações próprias e outros são clássicos, como o Croque Madame, que leva presunto, queijo gruyere gratinado, molho bechamel e ovo frito na manteiga (R$ 17,90).

LEIA TAMBÉM

Confeiteira nerd coloca astrofísica no cardápio e carvão na massa folhada

Sorveteria em Curitiba tem entremets e tortas geladas de sorvete francês

Conheça a “Disney da comida” inaugurada nesta semana na Itália

Já o Líguri é uma foccacia recheada com berinjela e abobrinha grelhadas, tomate confitado, muçarela de búfala e pesto de manjericão (R$ 21,90). O Francês é elaborado com croissant da casa recheado com pastrami, queijo brie e fatias de pera grelhadas (R$ 23,90).

A partir da próxima semana a Padó vai passar a servir almoço, também no buffet, a R$ 54,90 o quilo. A equipe da chef Solange Schneider desenvolveu 14 montagens do buffet, então as opções de almoço só vão se repetir a cada duas semanas. Alguns dias terão inspirações típicas, como italiana, frutos do mar e árabe.

À noite a Padó também serve pizzas em forno à gás. São 13 sabores clássicos, vendidos em dois tamanhos, pequena (6 fatias) e grande (8 fatias), das 16h às 22h. Por enquanto não há esquema de delivery, apenas balcão ou para comer no salão, que comporta 90 pessoas sentadas. As pizzas custam a partir de R$ 32 (individual) e R$ 49 (grande).

Confeitaria fina e artesanal

A confeitaria da Padó é um capítulo a parte. O cardápio foi desenvolvido pela chef pâtissier Andressa Schmidt. Ao todo são cerca de 300 doces elaborados para a padaria, entre finos e caseiros. Diariamente estarão disponíveis 30 variedades de doces na loja.

Os doces são inspirados na confeitaria francesa, mas têm influências brasileiras. A confeiteira trouxe para as criações na Padó receitas de família, como as geleias que aprendeu com as avós, aliadas às técnicas tradicionais francesas.

O Framboesa Cake é montado em camadas com uma massa de chocolate regada com licor de framboesa, mousse de chocolate e uma compota artesanal de framboesa (R$ 12,20 a fatia). Entre os brownies há quatro opções: o tradicional; o com mix de castanhas e geleia de morango; o de doce de leite com banana passa e o de nozes (R$ 6,60 os três primeiros e R$ 7,50 o de nozes).

O cheesecake ganha sabores especiais, como limão com pistache (R$ 62,30 kg) e doce de leite com paçoca (R$ 45,90). Há 20 variedades de bombons, montados abertos em casquinhas de chocolate Belga (a partir de R$ 6,50).

Além dos doces finos, há também uma grande variedade de bolos caseiros, como fubá, laranja, cenoura com chocolate, entre outros (a partir de R$ 22,90 kg). Quem quiser, pode escolher um recheio e cobertura de doce personalizado para ser finalizado na hora pelas confeiteiras, considerando a disponibilidade dos produtos.

A maioria dos doces da Padó levam uma “moeda” com o nome da marca, outros são estampados com o nome da panificadora. O plano do dono, Vilmar Dzierwa, é transformar a Padó em uma grife de padarias, para expandir para outras cidades e até outros países. A próxima unidade da marca será aberta em São José dos Pinhais, na Região Metopolitana de Curitiba, até o fim deste ano. Os proprietários planejam novas unidades em outras regiões de Curitiba também.

Serviço

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]