i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Novidade

É oficial! Inauguração do Paris 6 Bistrô em Curitiba será em março

  • Por Gisele Rech
  • 15/01/2021 16:55
O Paris 6 de Curitiba segue a linha da decoração inspirada na Paris dos anos 1920 das outras unidades da marca, como a de Salvador.
O Paris 6 de Curitiba segue a linha da decoração inspirada na Paris dos anos 1920 das outras unidades da marca, como a de Salvador.| Foto: Divulgação/Paris 6

Foram quase cinco anos de espera para o Paris 6 Bistrô anunciar, oficialmente, a inauguração da sua unidade em Curitiba, mais precisamente no Shopping Crystal, no Batel. A confirmação veio do CEO e criador da marca, o empresário paulista Isaac Azar, em entrevista exclusiva para o Bom Gourmet. A dia exato da abertura ainda não foi cravada devido ao cenário pandêmico, mas a expectativa é que a casa abra as portas até o final de março.

"É uma grande alegria dar essa notícia. Curitiba sempre teve um significado especial para mim e sempre somos questionados no nosso Instagram sobre a abertura da unidade na cidade", diz o empresário, que garante administrar pessoalmente a conta, que tem 1,3 milhões de seguidores. A relação de Azar com a capital paranaense vem desde o tempo em que ele trabalhava com carros, anos antes de enveredar pelo universo gastronômico. "Fomos a primeira concessionária da Renault no Brasil e viajava muito para Curitiba".

O desejo de inaugurar a unidade na capital, no entanto, foi freado por problemas financeiros do primeiro investidor da marca na cidade, que já havia encaminhado boa parte da obra, em um espaço total de 390 m2, com dois andares e capacidade para o atendimento de 72 pessoas, com entrada principal pelo L3 e um acesso vip pelo L2. "Ele, juntamente com o Shopping Crystal, nos ajudou a conseguir um novo investidor, que entra como franqueado da marca e só terá o nome oficialmente divulgado na inauguração. Demorou, mas conseguimos. Não fosse a pandemia, a unidade teria aberto em março do ano passado", explica.

A expectativa dos curitibanos em torno da inauguração de um Paris 6 tem a ver com o sucesso da marca, que surgiu em São Paulo em 2006 e hoje tem 20 unidades espalhadas pelo pais - além de mais seis franquias da versão Paris 6 Petit. A inspiração do espaço e da cozinha, como o próprio nome, visual e menu entregam, é em Paris, mais precisamente nas brasseries e cafés tradicionais da cena gastronômica da capital francesa. Aliás, o 6, que integra o nome da marca, é uma referência ao 6º arrondissement, marcado pela efervescência cultural, artística e gastronômica na cidade.

Criador e criatura: Isaac Azar mostra o famoso Grand Gateau Paloma Bernardi, um dos carros-chefe do Paris 6. Foto: Divulgação/Paris 6
Criador e criatura: Isaac Azar mostra o famoso Grand Gateau Paloma Bernardi, um dos carros-chefe do Paris 6. Foto: Divulgação/Paris 6

"Vou a Paris desde criança e sempre fui fascinado por essa atmosfera. O Paris 6 é uma interpretação da cidade pelos meus olhos, pelo meu repertório", diz o empresário, que entende a gastronomia como forma de expressão cultural e artística. Aqui, vale ressaltar, que o projeto arquitetônico da primeira unidade, na Haddock Lobo, foi desenhado por ele. "Não contratei arquiteto porque sabia exatamente o que queria e quais influências gostaria de deixar evidentes. O restaurante vai além da comida, também é o ambiente. Minha intenção é transportar as pessoas à Paris dos anos 1920", revela.

Na gastronomia, também é possível ver muito do toque de Azar, que apresenta os clássicos da cozinha francesa, mas como o que ele chama de livres intervenções. "Temos pratos clássicos da França, como é o caso do Croque Monsieur e do Steak Tartar, mas também temos criações como o gnocchi de brie, que une um prato que adorava na infância com um toque diferente no recheio. A massa tem quatro opções de molho e alguns segredos como puxar o nhoque no molho depois de saltear e antes de ir ao forno para gratinar", ensina o chef autodidata e responsável pela criação dos pratos, que aprendeu muito observado a mãe, Jeanette, uma cozinheira de mão cheia.

Gnocchi recheado com brie à Marina Ruy Barbosa. Foto: Divulgação/Paris 6
Gnocchi recheado com brie à Marina Ruy Barbosa. Foto: Divulgação/Paris 6

Os pratos mais clássicos no menu do Paris 6, à época da inauguração da casa, foram batizados com nomes de cafés, bistrôs e brasseries visitados por Azar em suas viagens à Cidade Luz. Era o caso do croque monsieur Cafe Le Fleur e o steak tartar Brasserie Litt. No entanto, com a aproximação cada vez mais efetiva com a classe artística, Azar passou a batizar os pratos da casa com nome de artistas, figuras ilustres e celebridades, frequentadores do Paris 6. Tudo começou com o ator Bruno Gagliasso, que estava com a peça Um Certo Van Gogh em cartaz em São Paulo. Em sua homenagem, surgiu o Crevettes à Provençal à Bruno Gagliasso, que leva trio de camarões sobre arroz provençal com champignons, tomate concassê e redução de manteiga ao vinho branco.

Crevettes à Provençal à Bruno Gagliasso foi o primeiro prato batizado com nome de artista. Foto: Divulgação/Paris 6
Crevettes à Provençal à Bruno Gagliasso foi o primeiro prato batizado com nome de artista. Foto: Divulgação/Paris 6

Na maioria das vezes, a criação das receitas acabam sendo feitas a quatro mãos ou com inspiração total na celebridade. "A Kelly Key, por exemplo, trouxe uma receita de pavê de chocolate branco que não apenas entrou no cardápio, mas também tem seu creme usado em outros preparos", explica Azar.

Foi com essa pegada que surgiu, por exemplo, um dos ícones da marca: o Grand Gateau Paloma Bernardi, sobremesa que incluiu grand gateau de chocolate, calda de Nutella, morangos picados, avelãs granuladas e picolé de chocolate. No total, há 14 versões da sobremesa, com variação nos complementos e nas coberturas.

Aliás, o ator curitibano Alexandre Nero tem uma versão do doce, com recheio de pedaços de Hershey’s Ovomaltine, cobertura de creme crocante de ovomaltine, pedaços do próprio chocolate, toque final de leite condensado e ovomaltine em pó e picolé. O prato havia saído do menu devido à redução do cardápio durante a pandemia, mas estará no menu da loja de Curitiba e em todo o país. "É uma forma de homenagear a cidade", revelou Azar, em primeira mão.

Ao percorrer o vasto menu do Paris 6, que terá pelo menos 70% das opções em Curitiba, é possível encontrar várias versões de um mesmo prato, bem ao gosto dos clientes ilustres. Na linha das saladas, por exemplo, a caprese foi batizada de Cláudia Raia. Já entre as entradas, o escargot é à Milton Nascimento. Tem, ainda, a Soupe à L'Ognion, que homenageia o ator Antonio Fagundes. Como pratos principais, tem desde o Coq-au-vin do Marcelo Cerrado a toda a sorte de massas, mignons, peixes, aves e risotos. No menu, ainda tem sanduíches, como o Grand Burger au Fromage et Échalotte à Péricles, vocalista do Exalta Samba e uma grande lista de sobremesas, que incluem, além dos grand gateaus, crepes como o de chocolate, que homenageiam o jogador Neymar.

A sopa de cebola do Paris 6 leva o nome de Antonio Fagundes. Foto: Divulgação/Paris 6
A sopa de cebola do Paris 6 leva o nome de Antonio Fagundes. Foto: Divulgação/Paris 6

Aliás, a diversidade de pratos e de personagens homenageados, que vão desde os mais jovens influenciadores aos artistas mais tarimbados, é uma forma do Paris 6 fortalecer a sua verve democrática. "São referências à cultura brasileira e à transmutação da cultura brasileira. Hoje, a grande força da cultura está nas redes sociais e prestigiamos tanto as figuras tradicionais quanto aos mais jovens, o que reflete também no nosso público. O Paris 6 é um espaço de convivência", resume.

Depois da inauguração em Curitiba, a marca mira no retorno a Porto Alegre e à ampliação do número de franquias. "O sul é a região que está mais defasada, Queremos atender a esta demanda, seja com o Paris 6, seja com o Petit Paris. Já temos seis unidades deste formado compacto e vem mais por aí", assegura Azar.

Para a superintendente do Shopping Crystal, Ana Ades, a abertura do Paris 6 em Curitiba chega em um momento especial, no qual o espaço se consolida como um espaço também de gastronomia. "O Paris 6 é uma realização também para nós que trabalhamos para sempre trazer o que há de melhor para Curitiba. E tê-lo no Crystal é um grande privilégio pela facilidade que vamos gerar aos clientes", afirma.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • L

    Luzalvo

    ± 0 minutos

    "Crevette" a "Bruno Gagliasso". Alto risco de indigestão pelo nome do prato e pelo brega da decoração.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • F

      Fernando Cavalcante

      ± 11 horas

      Mandem as fotos da aglomeração...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • G

        Gustavo_Ctba

        ± 14 horas

        "Demorou, mais conseguimos." *MAS* Onde está a revisão de texto nessas horas?

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • P

          PATRICIA WANDER BROOCK

          ± 11 horas

          Há tempos o pessoal não faz revisão de texto. E não adianta alertar ... cada vez pior...qualidade caindo vertiginosamente.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.