Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Estrogonofe é o carro-chefe no Strô.
Estrogonofe é o carro-chefe no Strô.| Foto: Divulgação

Se tem um prato que é tradição nos almoços comemorativos ou nas reuniões familiares de domingo, é o estrogonofe. Praticamente toda família brasileira tem uma receita desse prato, que tem origem russa e que, aqui no Brasil, se popularizou entre as décadas de 1960 e 1970. É dessa popularidade que surgiu a inspiração para o Strô, restaurante curitibano especializado em estrogonofe.

O Strô é o terceiro empreendimento gastronômico de Vitor. Foto: Divulgação
O Strô é o terceiro empreendimento gastronômico de Vitor. Foto: Divulgação

Com cardápio assinado pelo chef Vitor Bourguignon, à frente do Boi and Beer e campeão do MasterChef - A Revanche, em 2019, o Strô tem a missão de servir um bom estrogonofe com preços mais acessíveis. “Fui pesquisar e encontrei essa lacuna no mercado. Ou encontramos bons preparos em restaurantes mais caros ou locais com valor mais baixo mas com menos qualidade. Nosso compromisso é garantir que o preparo tenha tudo o que é esperado de um bom estrogonofe: muito sabor, frescor e ingredientes de qualidade”, afirma o chef.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O restaurante, localizado na rua Carlos de Carvalho, 572,  pretende justamente preencher esse espaço e oferecer um dos pratos mais amados pelos brasileiros em ambiente aconchegante e descomplicado. “Estrogonofe é quase uma unanimidade, né?”, brinca Vitor. A decoração, aliás, leva o tema a sério, com cores que lembram o prato e que se apresentam de forma mais moderna, alinhada à proposta do local. “Seja para o almoço do seu dia a dia ou para um jantar especial de final de semana, o Strô acompanha a versatilidade do estrogonofe”, comenta.

A versão mais tradicional no Brasil é composta por estrogonofe de mignon bovino acompanhado de arroz branco e batata palha artesanal, um dos diferenciais da casa. A apresentação clássica é presença garantida no cardápio do Strô, mas o restaurante também brinca um pouco com esses três pilares. Por isso, o cliente conta com sugestões de montagem do chef ou, ainda, pode montar o seu próprio prato, escolhendo o tipo de proteína e fazendo combinações um pouco mais inusitadas.

Batata palha artesanal, produzida no restaurante. Foto: Divulgação
Batata palha artesanal, produzida no restaurante. Foto: Divulgação

É o caso, por exemplo, do estrogonofe de mignon suíno com páprica defumada, que surpreende o paladar. “Tem uma pegada mais alemã e é uma carne que não é comum nesse prato”, explica Bourguignon. Entre as proteínas, é possível escolher dois tipos de carne bovina (R$ 39,90 ou R$ 63,90 para mignon), frango (R$ 29,90), mignon suíno (R$39,90) ou camarão (R$ 69,90). O menu também traz saladas e uma opção de estrogonofe vegetariano (R$ 39,90). Os pratos são todos individuais e servidos numa panela de ferro, que mantém o estrogonofe quente do início ao fim da refeição.

E, como o objetivo é a excelência, os acompanhamentos não poderiam ser deixados de lado. “A batata não pode faltar, né? Aqui no Strô a palha é artesanal, produzida no próprio restaurante”, conta. Além da batata tradicional, também é possível escolher a palha de batata doce ou de batata salsa, a famosa mandioquinha. E quem prefere arroz integral, em vez do branco, pode montar o prato com esse acompanhamento.

Quem não abre mão da sobremesa, pode escolher entre cinco opções do cardápio, com destaque, é claro, para o tema da casa: estrogonofe de nozes ou de avelã. O Strô começa a funcionar nesta segunda-feira (22), com atendimento presencial e, também, com entregas. Até a abertura oficial, a casa está funcionando em soft open, das 11h30 às 14h30 e das 19h às 22h.

Fachada do Strô.  Foto: Divulgação
Fachada do Strô. Foto: Divulgação

Serviço

Strô
Onde: Alameda Carlos de Carvalho, 572 - Centro
Quando: Diariamente, das 11h30 às 14h30 e das 19h às 22
Mais informações: @stro.go.noff

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]