Restaurantes

Veja lista completa

Pela primeira vez, restaurante de Curitiba entra para 50 melhores da América Latina

Brasil figura com nove restaurantes na lista, um a mais que ano passado; A Casa do Porco ultrapassa D.O.M. no ranking e é o melhor do país

por Flávia Schiochet Publicado em 10/10/2019 às 22h
Compartilhe

A sétima edição do 50 Best Restaurants Latin América coroou o restaurante peruano Maido, em Lima, como o melhor do continente pelo terceiro ano consecutivo. Mas a lista de 2019 surpreendeu em vários aspectos. Veja a lista completa dos 50 melhores restaurantes da América Latina ao fim da matéria.

A primeira novidade foi que a Casa do Porco (6º), dos chefs Jefferson Rueda e Janaína Rueda, ultrapassou D.O.M. (10º), de Alex Atala, e é o melhor restaurante brasileiro segundo a lista.

A Casa do Porco Bar Chef Jeferson Rueda - O Porco Panceta com Goiabada

O torresmo de pancetta com goiabada é um dos destaques do menu degustação do restaurante A Casa do Porco. Foto: Mauro Holanda/Divulgação

Outra surpresa foi a quebra da hegemonia do Sudeste pela segunda vez com a entrada de um restaurante da região Sul ao ranking. O curitibano Manu, da chef Manu Buffara, estreou em 42º lugar. Antes do Manu, o Remanso do Bosque (em Belém, Pará) havia sido o único restaurante fora do Sudeste a entrar para a lista, quatro vezes, de 2013 a 2016.

A cerimônia de premiação foi em Buenos Aires, na quinta, 10. O Brasil figurou com 9 restaurantes na lista, um a mais que ano passado.

A chef Manu Buffara, do restaurante Manu, que estreou na lista dos 50 Melhores da América Latina em 2019. Foto: Divulgação

A chef Manu Buffara, do restaurante Manu, que estreou na lista dos 50 Melhores da América Latina em 2019. Foto: Divulgação

Depois de ter sido eleito o restaurante “para se ficar de olho” em 2018, o Manu, em Curitiba, garantiu o 42º lugar por sua cozinha que valoriza ingredientes locais em um menu autoral, que envolve pelo paladar o comensal em uma história da região. Frutos do mar, mel de abelhas nativas, frutas e tubérculos comuns no Paraná são a tônica de sua cozinha desde o início do restaurante.

>>> Conheça a história do restaurante Manu e a chef Manu Buffara

Manu Buffara abrirá uma nova casa no final deste ano, desta vez em Nova York. Ella, no bairro Chelsea, apresentará a cozinha da chef em pratos à la carte e em coquetelaria com ingredientes brasileiros, inclusive o gin.

Foodies, críticos de gastronomia e jurados das premiações estão de olho na chef há pelo menos cinco anos, quando a paranaense começou a se destacar em jantares nacionais e no exterior, como em Nova York em 2014 e no Gelinaz! Shuffle, em 2016. O chef Alex Atala anunciou Manu Buffara como sua aposta de chef brasileira a se destacar — ainda mais — na gastronomia mundial.

Brasileiros na lista

O Brasil ficou com nove restaurantes, enquanto Peru e México conquistaram 11 posições cada. A Argentina, país anfitrião do prêmio pela primeira vez, teve oito restaurantes listados. O Chile teve seis restaurantes premiados, a Colômbia, três; e Uruguai e Panamá um cada.

casa-do-porco-jefferson-janaina-rueda-the-worlds-50-best-cred-maria-vargas

O casal Jefferson e Janaina Rueda, do restaurante A Casa do Porco. Foto: Maria Vargas/Divulgação

O D.O.M., de Alex Atala, caiu cinco posições (do 5º para o 10º lugar) e foi ultrapassado pelo A Casa do Porco, dos chefs Jefferson e Janaína Rueda. A Casa do Porco pulou do 7º para o 6º lugar. Ambos ficam em São Paulo. Outro restaurante paulistano é o Maní, de Helena Rizzo, que foi do 12º para o 18º, e o Mocotó, de Rodrigo Oliveira, que subiu do 45º para o 43º.

Com o fechamento do Esquina Mocotó em outubro de 2018, o restaurante foi um dos que deixou o ranking latino-americano em 2019. Outro que saiu da lista foi o Tuju, de Ivan Rálston.

No Rio de Janeiro, o Olympe, de Claude Troisgros, foi do 27º para o 35º e o Lasai, de Rafa Costa e Silva, subiu duas posições para ficar em 24º, além do prêmio de Hospitalidade.

Premiações individuais

Nos meses anteriores à cerimônia de premiação da sétima edição dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina, foram divulgados três dos sete prêmios individuais concedidos anualmente.

Chef Carolina Bazán. Foto: Divulgação

Chef Carolina Bazán. Foto: Divulgação

A chilena Carolina Bazan, dos restaurantes Ambrosía e Ambrosía Bistro, foi eleita a melhor chef mulher da América Latina (Latin America’s Best Female Chef). O peruano Pedro Miguel Schiaffino foi eleito pelos pares como o “ícone” (American Express Icon Award), por sua pesquisa com cozinha amazônica peruana, e o restaurante colombiano Celele, em Cartagena, foi o escolhido para “se ficar de olho” (Miele One To Watch).

Durante a cerimônia foram revelados os resultados da Escolha dos Chefs (Tomás Kalika, de Buenos Aires, Argentina), melhor chef pâtissier (Luis Robledo), Arte da Hospitalidade (Lasai, do chef Rafa Costa e Silva, Rio de Janeiro) e Sustentabilidade (Central, de Virgilio Martinez e Pía León, no Peru).

50 Melhores Restaurantes da América Latina 2019

1 – Maido, Lima, Peru
2 – Central, Lima, Peru
3 – Pujol, Cidade do México, México
4 – Don Julio, Buenos Aires, Argentina
5 – Boragó, Santiago, Chile
6 – A Casa do Porco, São Paulo, Brasil
7 – El Chato, Bogotá, Colômbia
8 – Leo, Bogotá, Colômbia
9 – Osso, Lima, Peru
10 – D.O.M., São Paulo, Brasil
11 – Quintonil, Cidade do México, México
12 – Isolina, Lima, Peru
13 – Astrid y Gastón, Lima, Peru
14 – Alcade, Guadalajara, México
15 – Pangea, Monterrey, México
16 – Sud 777, Cidade do México, México
17 – Maito, Panamá City, Panamá
18 – Maní, São Paulo, Brasil
19 – Rafael, Lima, Peru
20 – Mishiguene, Buenos Aires, Argentina
21 – Kjolle, Lima, Peru
22 – Harry Sasson, Bogotá, Colômbia
23 – Oteque, Rio de Janeiro, Brasil
24 – Lasai, Rio de Janeiro, Brasil
25 – Tegui, Buenos Aires, Argentina
26 – La Mar, Lima, Peru
27 – Rosetta, Cidade do México, México
28 – Máximo Bistrot, Cidade do México, México
29 – Chila, Buenos Aires, Argentina
30 – Ambrosía, Santiago, Chile
31 – Nicos, Cidade do México, México
32 – Le Chique, Cancún, México
33 – Parador La Huella, Jose Ignacio, Uruguai
34 – De Patio, Santiago, Chile
35 – Olympe, Rio de Janeiro, Brasil
36 – Mil, Cusco, Peru
37 – Restaurante 040, Santiago, Chile
38 – La Docena (Polanco), Cidade do México, México
39 – El Baqueano, Buenos Aires, Argentina
40 – Evvai, São Paulo, Brasil
41 – La Docena, Guadalajara, México
42 – Manu, Curitiba, Brasil
43 – Mocotó, São Paulo, Brasil
44 – Osaka, Santiago, Chile
45 – Elena, Buenos Aires, Argentina
46 – Gran Dabbang, Buenos Aires, Argentina
47 – 99, Santiago, Chile
48 – Malabar, Lima, Peru
49 – Mayta, Lima, Peru
50 – Narda Comedor, Buenos Aires, Argentina

VEJA TAMBÉM


Compartilhe

8 recomendações para você