Restaurantes

Prêmio Bom Gourmet 2014

Sábado é dia de feijoada e carne de onça; veja opções

Leitores da Gazeta do Povo votaram no Prêmio Bom Gourmet e elegeram as melhores feijoadas e carnes de onça de Curitiba. Veja o roteiro e se delicie

por Bom Gourmet Publicado em 13/09/2014 às 01h
Compartilhe
Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Feijoada do Pantagruel. Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

 

Especializado na culinária brasileira, o restaurante Pantagruel serve uma feijoada que é preparada um dia antes com carnes como charque, lombo, dois tipos de linguiça, paio e costelinha sem gordura. A receita do mantém o mesmo sabor e modo de preparo há 27 anos. O proprietário da casa e responsável pela feijoada, Otavio Sbalqueiro, conta que o segredo está no tempero, que leva alho e cebola fritos na gordura do bacon. A feijoada é servida na cumbuca e tem dois tamanhos: a inteira, para duas pessoas, e a meia, que é assim apenas no nome, pois leva mais da metade da porção. Como acompanhamento, arroz branco, laranja, vinagrete, farofa de mandioca especial trazida de Santa Catarina e couve refogada com bacon. Custa R$ 63,90 (inteira) ou R$ 46,90 (meia). O restaurante fica na R. Professor Joaquim M. Barreto, 416, São Lourenço – (41) 3253-7772. Confira serviço completo.

No Vallentina, a feijoada é servida à vontade em cumbuquinhas, seguindo à risca a tradição. Tem desde caipirinha, caldinho de feijão com bacon frito e torresmo à pururuca, até as deliciosas sobremesas caseiras. Para muitos, não é só uma refeição, mas um ritual que se cumpre religiosamente aos sábados. Por isso tem até nome: Sem Pressa. Custa R$ 43 por pessoa. R. Almirante Gonçalves, 2.848, Rebouças – (41) 3018-4158. Confira o serviço completo.

Feijoada do Bar Baroneza. Foto: divulgação

Feijoada do Bar Baroneza. Foto: divulgação

No Bar Baroneza, a feijoada é elaborada com um misto de ingredientes de primeira qualidade. As carnes e defumados são servidos em cumbucas separadas para atender aos diversos gostos da clientela. O preparo é cheio de cuidados, de forma caseira, com tudo fresquinho e feito na hora. Os acompanhamentos são tradicionais: mandioca frita, couve mineira, torresmo, farofa, banana à milanesa, laranja, vinagrete e caldinho de feijão. É servida no sistema de buffet. Custa R$ 31,90 por pessoa. O restaurante fica na R. Conselheiro Carrão, 279, Juvevê – (41) 3352-9327. Confira o serviço completo.

A primeira feijoada feita no Rancho Bonanza foi para uma ação beneficente há quase 20 anos. Depois disso, não parou mais. O trabalho começa na quarta-feira, quando a costelinha e o charque são dessalgados para controle do sal. A feijoada completa é servida aos sábados com todos os acompanhamentos e batidas de aperitivo. Na quarta tem prova dela no buffet. Preço: R$ 29,90 por pessoa. Fica na Rua Gabriel Corisco Domingues, 334, Boqueirão – (41) 3277-1346. Confira o serviço completo.

No Hora Extra a receita é de família mineira e foi passada de mãe para filho. Não economizar nos ingredientes é um dos segredos para garantir a manutenção da receita, qualidade e sabor. É servida aos sábados em sistema de buffet em panelas de ferro, cada uma com um tipo de carne, para que o cliente monte o prato a seu gosto. Para acompanhar, arroz branco, couve refogada, farofa, laranja e vinagrete. O bolinho de feijão é um diferencial. Preço: R$ 35,90 por pessoa.
Fica na R. Holanda, 193, Bacacheri – (41) 3356-5112. Confira o serviço completo.

 

Carne de onça

 

Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

Carne de onça do Bar Martelo. Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

Para um fim de tarde, uma carne de onça vai muito bem. E a melhor de Curitiba é a do Bar Martelo, segundo os internautas da Gazeta do Povo, que votaram na categoria Sabor Popular do Prêmio Bom Gourmet. Mas, o bar só a serve até as sextas-feiras. Portanto, agende-se e, enquanto espera, aproveite as outras finalistas da categoria:

Na Mercearia Fantinato, a carne (patinho ou coxão mole) é macerada é temperada com alho, cebola branca, pimenta calabresa, sal, páprica doce e conhaque, e salpicada com cebolinha verde. O ritual de preparo da porção, feito na mesa, aos olhos do cliente, aguça o olfato e convida para uma saborosa experiência gastronômica. Compõe o cardápio desde 2008 e recebe, em média, 50 pedidos por dia. Acompanha broa fatiada, manteiga e mostarda escura. Custa R$ 35,20 ou R$ 21,05 (meia porção). O restaurante fica na R. Mateus Leme, 2.553, Centro Cívico — (41) 3023-1953. Confira o serviço completo.

No BarBaran, a carne utilizada vem de um único fornecedor e é moída três vezes até chegar ao ponto de ser servida. Estes são alguns procedimentos adotados pelo proprietário do estabelecimento, Igor Mazepa Baran, para assegurar a qualidade da matéria-prima. O sabor é ressaltado com tempero à base de molho suave de pimenta, aceto balsâmico e sal. Para acompanhar a porção de cerca de 200 g, fatias de broa, cebola branca, cheiro-verde e raiz forte. Custa R$ 9,50. Al. Augusto Stellfeld, 799, Centro — (41) 3322-2912. Confira o serviço completo.

No Bar do Alemão, a iguaria é servida sobre uma fatia de broa guarnecida de cebola branca, cheiro-verde e noz-moscada. O tradicional petisco ultrapassa 200 pedidos por semana e é preparado com 300 g de patinho moído três vezes antes de ser servido. Mostarda escura e azeite de oliva são acompanhamentos perfeitos. Além de um bom chope, é claro. Custa R$ 31,90. O bar fica na
Doutor Claudino dos Santos, 63, São Francisco — (41) 3223-2585. Confira o serviço completo.

Carne de onça do Quermesse. Foto: Diego Pisante/Divulgação

Carne de onça do Quermesse. Foto: Diego Pisante/Divulgação

O tradicional petisco ganhou um toque oriental no bar Quermesse. Batizada de carne de onça japonesa, é servida em pequenas porções, ideais para serem degustadas com hashi (os “pauzinhos” japoneses). A carne (patinho) é moída na hora e temperada com pimenta-do-reino, azeite de oliva, sal e cebola branca. Para acompanhar, além da mostarda amarela e escura, e do molho de pimenta, shoyu e gengibre. Custa R$ 38. O bar fica na Carlos Pioli, 479, Bom Retiro — (41) 3026-6676. Confira o serviço completo.

 

 >>>Confira todos os indicados e vencedores do Prêmio Bom Gourmet 2014.

 

 

 

 

 

Compartilhe

8 recomendações para você