Produtos & Ingredientes

Degustamos 11 ketchups

Um bom ketchup precisa ter sabor e aroma de tomate e uma leve acidez. O Bom Gourmet chamou um chef que entende de molho agridoce para uma degustação às cegas de marcas industrializadas

por Flávia Schiochet Publicado em 13/10/2016 às 19h
Compartilhe
Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Ketchup comprado no supermercado é tudo igual? O mais caro é sempre o melhor? Para responder a estas perguntas, o Bom Gourmet convidou o chef Thom McDougall, do restaurante Lagundri, para provar 11 marcas de ketchup tradicional facilmente encontradas em duas redes de supermercado de Curitiba. Participaram da prova o editor de conteúdo digital do Bom Gourmet, Gilson Garrett Jr., e a repórter Flávia Schiochet.

A degustação foi às cegas: cada um dos recipientes foi numerado de 1 a 11 e provados mais de uma vez. Foram avaliadas as características de textura, cor, aroma e sabor. “Um bom ketchup deve ter aroma e sabor de tomate, além de seus temperos. A consistência tem um melhor aspecto se tiver pouco espessante. Inclusive, o uso de espessantes é para evitar de reduzir o líquido dos tomates e manter o volume. A cor, infelizmente, é quase padronizada atualmente, porque muitas marcas usam corante”, comenta o chef. Dentre os preferidos da equipe ficaram o Salsaretti (R$ 9,49, 380 g), o Qualitá (R$ 4,65, 390 g) e o Mutti (R$ 8,99, 340 g), importado da Itália. Quando prepara o próprio molho, o chef Thom usa bastante cebola, salsão, gengibre e especiarias e os tomates reduzem mais que a metade. Tradicionalmente feito com tomate e vinagre, em sua origem, o ketchup era um condimento avinagrado feito de peixe, levado por marinheiros ingleses da China para a Europa no século 17. O molho caiu no gosto da população e foi adaptada – é possível encontrar ketchups de cogumelos e de frutas também. A inclusão de tomates é dos norte-americanos e esta versão ganhou o mundo.

A degustação

Veja quais são as principais características dos molhos provados

1. Heinz: A textura é uniforme e mais líquida, com aroma ácido, que aparece também no sabor. A doçura é bem presente e sente-se pouco o tomate. R$ 9,69 (397 g) no Pão de Açúcar.

2 – Casino, importado da Turquia: Com textura uniforme gelatinosa para líquida, o ketchup tem aroma de polpa de tomate, com leve acidez. O sabor é levemente ácido, com um pouco de tomate e doce. R$ 11,90 (560 g) no Pão de Açúcar.

3. Salsaretti: Consistência que lembra extrato de tomate, com pedacinhos. A cor é mais escura e o aroma, suave, lembrando frutas secas. O sabor tem acidez e doçura bem leves.R$ 9,49 (380 g) no Pão de Açúcar.

4 – Qualitá: A textura é mais grossa, lembrando polpa de tomate. O primeiro aroma é de alho e ervas. Na boca, leve picância, com presença de ervas, alho e manjericão. R$ 4,65 (390 g) no Pão de Açúcar.

5 – Hunt’s, importado dos EUA: O ketchup é liso, mais líquido, e tem uma coloração que puxa para o alaranjado. A acidez marca tanto o aroma quanto o sabor, com pouca doçura e pouco sabor de tomate. R$ 9,15 (383 g) no Pão de Açúcar.

6 – Hellmann’s: A consistência é gelatinosa para firme. O aroma lembra aromatizantes e não a fruta, e o sabor tem um pouco de especiaria e acidez pronunciada. R$ 5,49 (178 g) no Angeloni.

7 – Etti: A textura grossa e uniforme lembra mousse. Sente-se o aroma de tomate leve e um pouco de especiaria. O sabor é levemente picante, com doçura, pouca acidez e pouco tomate, lembrando ketchups mais clássicos. R$ 4,99 (380 g) no Angeloni.

8 – Hemmer: A textura é de polpa firme de tomate. Aroma leve de tomate e muito doce, com uma nota picante e pouco sabor de tomate. R$ 5,25 (310 g) no Angeloni.

9 – Dom Fiorelo: A característica que chama a atenção é a cor vermelha rosada e a textura gelatinosa líquida. O aroma lembra vinagre e o sabor é artificial, com doçura extrema e pouco sabor de tomate. R$ 3,79 (200 g) no Angeloni.

10 – Arisco: Gelatinoso para líquido, com textura lisa e aroma de uva e frutas, com dulçor. O sabor é frutado, com acidez e doçura presentes. R$ 6,39 (390 g) no Angeloni.

11 – Mutti, importado da Itália: A textura é de polpa de tomate mais líquida e aerada. Com aroma de tomate, lembra picles e conservas. O sabor tem picância pronunciada e acidez leve, com especiarias e ervas presentes. R$ 8,99 (340 g) no Angeloni.

Compartilhe

8 recomendações para você