Produtos & Ingredientes

Festas

Dicas e receitas: como aproveitar melhor as frutas secas e castanhas

Com maior oferta no fim de ano, elas são ingredientes que entram no preparo do aperitivo até a sobremesa

por Priscila Bueno, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 23/12/2018 às 14h
Compartilhe

Elas acrescentam doçura, crocância, umidade e saudabilidade às receitas, dependendo da forma com que são inseridas numa preparação. As frutas secas são aquele toque para dar um upgrade nas receitas. E o melhor: vão bem em pratos salgados e doces e podem entrar no preparo da entrada até a sobremesa, passando pelas bebidas. Veja dicas para tirar melhor proveito destas frutas:

***

Reidratação
Dependendo das receitas, as frutas secas podem ser reidratadas. Na farofa, um damasco pode entrar apenas em tiras. Num arroz ele pode ser usado seco porque vai ficar mais amolecido com a cocção do arroz. As passas (e demais frutas secas) podem ser reidratadas em água saborizada, licor ou rum quando forem ingredientes de um bolo seco. Quando usadas em um salpicão, prato úmido, não precisam de reidratação.

frutas-secas-Natal

Arroz com passas e amêndoas. Foto: Gazeta do Povo

 

frutas-secas-Natal

Foto: VisualHunt

Tâmara
A tâmara é uma fruta que vem ganhando destaque. Ela pode entrar numa torta ou bolo na textura de pasta – bata no processador e vá acrescentando água até o ponto desejado. Numa combinação inusitada com o gorgonzola em um risoto. Ou ainda servir de base para um drink não alcoólico. Bata com água (como suco) e misture um chá ou até mesmo um leite de amêndoas ou de castanha se a ideia foi um sabor mais lácteo.

***

Cristalizadas
As frutas cristalizadas têm a água retirada pelo método da cristalização. Por convenção, elas entrariam no rol das secas. Mais conhecidas por serem acrescentadas ao panetone, elas também podem entrar em uma farofa emprestando um sabor adocicado. É o acompanhamento ideal para uma carne de porco, por exemplo. Coloque abacaxi fresco para trazer frescor e acidez.

***

Nuts
As castanhas e nozes seriam frutas secas mais por causa da textura. As mais vendidas são as nozes, castanha de caju e do Pará. Elas podem ser servidas como petiscos, passando pelo prato principal – que tal uma crosta para uma ave ou lombo de porco? – até a sobremesa. O estrogonofe de nozes pode ter as nozes substituídas pela brasileiríssima castanha-do-pará.

frutas-secas-Natal

Foto: VisualHunt

Amêndoas
As amêndoas, principalmente as laminadas, devem ser levadas ao forno obrigatoriamente. Isso destaca a textura e o sabor. Quando a quantidade for pouca, vale até colocar na frigideira. Se for maior, coloque no forno, mas esteja atento porque elas queimam com muita facilidade. A nota torrada acrescentar sabor à diversas preparações.

***

Avelã
A avelã também ganhou notoriedade recentemente. Dá para usar em um pesto. Num leite de avelã não precisa tirar a casquinha marrom porque o leite será coado. Caso se queira tirar a pele, o ideal é aferventá-las em água e depois, com a fricção da mão, retirar. Para readquirir a crocância, seque no forno.

***

Confira uma seleção de receitas que usam frutas secas:

  • Rendimento:
Tempo total de preparo:
preparo / não especificado
Veja mais

LEIA MAIS
>>> Receitas de farofa para a ceia de Natal

>>> Receitas de ceia de Natal para seis pessoas em três faixas de preço

>>> Produtos natalinos à venda no Mercado Municipal

Compartilhe

8 recomendações para você