Bebidas

Lançamento

Para jovens: importadora lança vinho long neck que já vem com abridor

Vinho tinto português da MMV Importadora mira o público jovem, acostumado a tomar cerveja

por Flávia Schiochet Publicado em 17/10/2019 às 14h
Compartilhe

Para mostrar que vinho pode ser consumido “sem cerimônia”, a MMV Importadora aposta em uma embalagem com tampa destacável. A long neck de 250 ml é aberta pelo movimento de alavanca ao puxar a tampa pelo anel anexo.

Diferentemente de rolha, que precisa de um abridor e apoio para abrir a garrafa, e a screwcap (de rosca), que permite abrir e fechar a garrafa, a tampa destacável da long neck se dobra, como quando abrimos uma garrafa de cerveja.

“É dose única”, brinca o sommelier e gerente comercial da importadora, Jonas Martins. “Vinho não é complicado e pode ser consumido de maneira casual, comendo um sanduíche de pé na Vicente Machado e bebendo direto da garrafinha”, defende ele.

Vinho português com tampa destacável. Foto: Divulgação

Vinho português com tampa destacável. Foto: Divulgação

No conteúdo, um vinho português do Alentejo, o Kapela, produzido pela vinícola Monte da Capela, com as uvas trincadeira, aragonez e castelão. A primeira safra que chega ao Brasil é de 2018 e tem o preço sugerido de R$ 20. Em dezembro está prevista a chegada do vinho branco com as uvas Fernão Pires, roupeiro e arinto, no mesmo formato.

O Kapela tinto é descrito como um vinho com bastante estrutura, aroma de frutas escuras, como ameixa e cereja preta, fresco e persistente em boca. “Os vinhos alentejanos são a porta de entrada para os vinhos, porque é uma complexidade que não assusta. Não daria para colocar um cabernet sauvignon do Vale do Maipo ou um malbec de Mendonça nessa proposta”, explica o sommelier.

Mas parte da fruição da bebida não seria consumi-la em taça? “O erro é pegar um vinho de R$ 20 e querer achar descritores aromáticos. A mensagem aqui é: abra e beba”, brinca Jonas. Para ele, a inserção do produto no mercado será uma maneira de conquistar uma fatia do público acostumado a consumir bebidas casualmente, como cerveja long neck ou drinks na calçada. “O preço sugerido é similar ao de garrafas de vinho de 187 ml e ao de uma taça em restaurante, que leva 150 ml”, compara.

Aberta em 2005, a MMV Importadora também é a detentora dos vinhos chilenos Felitche e Ballena Azul e dos Cinco Sentidos, argentino que é o carro-chefe da empresa. Os rótulos são vendidos na Vindega 41 (Vila Yamon), Diô Wine Bar (no Villa Urbana, no Centro) e V. Wine Bar (na rua Itupava), nos estabelecimentos Carolla, Porcini e Fábrika Pães, entre outros.

VEJA TAMBÉM

6 vinhos tintos que têm a cara da primavera

Concha y Toro lança três rótulos de linha premium no Brasil

Serra Gaúcha: cinco vinhos recém-lançados que você precisa conhecer

Confira como é uma degustação às cegas de cerveja:

Tags: tampa vinho
Compartilhe

8 recomendações para você