Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Caderno G
  3. “A Hora e Vez de Augusto Matraga” evidencia a musicalidade em Guimarães Rosa

FTC 2007

“A Hora e Vez de Augusto Matraga” evidencia a musicalidade em Guimarães Rosa

  • Luís Celso Jr. - Gazeta do Povo Online.
Vídeo |
Vídeo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

“A Hora e Vez de Augusto Matraga”, montagem que será apresentada nesta terça (27) e quarta-feira (28) no Teatro da Reitoria pela Mostra Oficial do Festival de Teatro de Curitiba, é uma peça musical. Mas não no sentido consagrado, do gênero, e sim como sonoridade, advinda principalmente do texto de Guimarães Rosa, explica o idealizador do projeto e responsável pela direção musical Alexandre Elias. “O personagem principal não é Augusto Matraga. É o texto de Guimarães”, afirma.

Essa musicalidade é o que orientou o drama. A montagem procurou teatralizar o texto, respeitando a forma original. “A Hora e Vez de Augusto Matraga” é o ultimo conto, e considerado o mais relevante, do primeiro livro do autor, de 1946, “Sagarana”. Ele traz a história de Augusto Matraga (interpretado pelo ator global Vladimir Brichta), homem violento que maltratava mulher e filhas, e que após uma emboscada da qual é vítima, transforma-se em um penitente pecador em busca de devoção, da conversão ao mundo de Deus.

Mesmo com essa ênfase, a montagem não descuida das outras partes que compõem o espetáculo cênico. Para fazer a direção foi chamado André Paes Leme, que se utiliza de muitas metáforas, assim como Guimarães, para levantar o espetáculo. Segundo a assistente de direção Duda Maia, “as pessoas vêem a peça, mas com a possibilidade de imaginar, assim como na leitura”.

Além disso, todas as músicas, que partiram do texto e foram criadas especificamente para a montagem, se integram a narrativa. As cenas são marcadas de forma muito precisa, “quase como uma coreografia”, explica Maia, que também é bailarina e coreógrafa. A cenografia e a iluminação trazem para o palco um clima bastante brasileiro, “resultado da integração da equipe”, completa.

Confira a programação no Guias e Roteiros

Serviço: “A Hora e Vez de Augusto Matraga”. Terça (27) e quarta-feira (28) às 20h30. Teatro da Reitoria (Rua XV de Novembro, 1299) R$ 26,00 e R$ 13,00.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE