Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O ator em  “Ave, César”, dos irmãos Ethan e Joel Coen, lançado neste ano. | /Divulgação
O ator em “Ave, César”, dos irmãos Ethan e Joel Coen, lançado neste ano.| Foto: /Divulgação

Alden Ehrenreich tem só 26 anos, mas fez exatamente todos os filmes certos, sob a direção dos principais nomes do cinema americano. Mesmo assim, ele ainda não é muito conhecido. Isso deve mudar a partir de agora. Após muita especulação, e a Disney e a Lucasfilm confirmaram no Star Wars Celebration Europe, em Londres, que o jovem ator será mesmo o jovem Han Solo em um filme que contará as origens do personagem.

O filme deve começar a ser filmado em 2017, com direção da dupla Phil Lord e Chris Miller (que fizeram a quatro mãos “Uma Aventura Lego” os dois “Anjos da Lei” para o cinema) e tem estreia programada para maio de 2018.

Ehrenreich herda o personagem de ninguém menos que Harrison Ford. Apesar de mais jovem, tem um currículo bem mais “gordo” que o próprio Ford na época em que aceitou o papel do mercenário das galáxias: aos 35 anos, o trabalho mais representativo do veterano tinha sido um pequeno papel em “American Grafitti” (ou “Loucuras de Verão”), em 1973. Já o novato estreou em “Tetro” (2009), de Francis Ford Coppola, e trabalhou com Woody Allen e os Irmãos Coen.

Han Solo foi a grande chance de Harrison Ford em um momento em que ele apostava mais na carpintaria do que propriamente na atuação para sobreviver. O ano era 1977 e tudo mudou. Ele repetiria o papel em “O Império Contra-Ataca”, em 1980 e, no ano seguinte, estrearia como Indiana Jones em “Os Caçadores da Arca Perdida”. O resto é história.

É notório que Ford jamais escondeu o enfado com relação à saga que ajudou a fazer icônica: disse inúmeras vezes que não entendia o universo Star Wars e que “três já estava bom”, se referindo à trilogia da qual fez parte (em 1983, fez “O Retorno do Jedi”). Pagou a língua, já que também atuou no título mais recente da franquia, “O Despertar da Força” (2015). Já o novato não poderia estar mais feliz. “Eu nunca atuei com um Wookie (espécie à qual faz parte Chewbacca, o fiel escudeiro de Han Solo). Foi sensacional”, contou o ator em Londres.

A seleção foi exaustiva. Ehrenreich foi o primeiro entre 3 mil candidatos a fazer a audição e os testes duraram aproximadamente seis meses.

Descoberto em um bat mitzvah

O começo do ator não poderia ser melhor. Ele foi descoberto por Steven Spielberg aos 14 anos durante o bat mitzvah da amiga de uma das filhas do cineasta.

Depois de integrar o elenco de “Tetro” , a curva tem sido tão ascendente quanto diversa: repetiu a parceria com Coppola em “Virgínia” (2011), foi o protagonista de “Dezesseis Luas” (2013), adaptação do primeiro livro da série fantástica das autoras Kami Garcia e Margaret Stohl, e fez ainda “Blue Jasmine” (2013), com Woody Allen, e “Ave, César” (2016), dos irmãos Joel e Ethan Coen. Em novembro, estreia nos Estados Unidos “Rules Don’t Apply”, história em que ele é um dos vértices de um triângulo amoroso que inclui ainda Howard Hughes. Warren Beatty dirige e protagoniza o filme.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]