i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
ACORDES LOCAIS

A música desce a Serra do Mar em julho

  • PorLuiz Claudio Oliveira – luizs@rpc.com.br
  • 30/06/2009 21:10
Soulution Orchestra: show do grupo curitibano irá fechar 19º Festival de Inverno da UFPR | Divulgação
Soulution Orchestra: show do grupo curitibano irá fechar 19º Festival de Inverno da UFPR| Foto: Divulgação

Julho, inverno, férias e tradição de 19 anos de existência do Festival de inverno da UFPR, que ocorre em Antonina. Só a programação musical já ocupa um "espação", então vamos a ela porque o importante é o artista. Antes, um aviso: o titular deste espaço entrou em férias e volta só na primeira quarta-feira de agosto.

Segue a programação (mais informações no site: www.proec.ufpr.br/festival2009).

Domingo – 12 de julho

16h00 – Theatro Municipal

Senha do Sonho – Grupo de MPB da UFPR

Com direção musical de Doriane Rossi, direção cênica de Alexandre Bonin, preparação vocal de Kátia Santos, piano de Elizabeth Fadel e um elenco de 20 cantores.

18h30 - Theatro Municipal

Coro da UFPR

Peças de vários períodos de compositores como Monteverdi, Haydn, Bruckner, Tchaikovsky, Orff entre outros.

Regência: Alvaro Nadolny, pianistas: Karina Ferrer e Hermes Dresch.

20h00 – Igreja Matriz

Daniel Migliavacca Trio

Lançando seu primeiro CD solo, De Bandolim Pra Bandolim, Daniel Migliavacca apresenta composições próprias e de Jacob do Bandolim, Zequinha de Abreu e Dominguinhos. Daniel Migliavacca, Bandolim. Rogério Souza, Violão 7 Cordas e Denis Mariano, Percussão.

22h00 – Palco Principal

Viola Quebrada

Os clássicos da música caipira com Margareth Makiolke, Oswaldo Rios, Rogério Gulin e Rubens Pires, integrantes do grupo curitibano Viola Quebrada.

Segunda – 13 de julho

20h00 – Igreja Matriz

Cantos Sagrados – AVEduo feminino

Canções indígenas, mantras indianos e composições próprias. Andréa Bernardini (Brasil) e Viviana Mena (Argentina).

22h00 – Palco Principal

O Som dos Versos – Banda Radiovox

Julio Alrashid (vocais), Fernando Zageski (bateria) Fernando Schubert (baixo), Daniel Arenhardt (guitarra), Dudu Moraes (percussão) e Rafael Mannetti (teclados).

Terça-feira – 14 de julho

20h00 – Igreja Matriz

Acordando – Alma Terra Duo

Acordando, primeiro trabalho do Alma Terra Duo. Cláudio Avanço, viola caipira, e Marco Cardoso, violões.

22h00 – Palco Principal

Banda Regra 4

Uma fusão de ritmos brasileiros e intervenções eletrônicas.

Quarta-feira – 15 de julho

18h30 e 21h00 – Theatro Municipal

Ópera Atômica – As Sete Caras da Verdade – de Nico Nicolaiewsky. Direção Cênica de Maurício Vogue

A montagem conta com um elenco de quatro músicos, quatro cantores e oito coristas. Direção musical, arranjos e regência: Gilson Fukushima.

20h00 – Igreja Matriz

Fenix – Murillo da Rós – Violão

Músico, compositor e arranjador curitibano, Murillo da Rós apresenta Fênix, do flamenco à música brasileira. Músicos convidados: Fabiano Zanin (percussão/flamenco), Marco Koentopp (flauta), Paulo Bettega (baixo) e Ivan Wolkoff (percussão/música indiana).

22h00 – Palco Principal

Banda Magnific Jah

A Magnífic Jah é Elomar (vocal), Edison (teclados), Hélio (guitarra), André (saxfone), Fábio (contrabaixo), Maicon (bateria) e Audrei (percussão).

Quinta-feira – 16 de julho

20h00 – Igreja Matriz

Choro em Antonina

O violonista João Egashira e o cavaquinista Julião Boêmio. Clássicos de Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Waldir Azevedo, além de composições próprias.

22h00 – Palco Principal

Clara Nunes – União das Raças

Julião Boêmio (cavaquinho), Vinícius Chamorro (violão de 7 cordas), Clé e Tatá (percussão) e Aline Castro (Nega Fuá).

Sexta-feira – 17 de julho

18h30 e 21h00 – Theatro Municipal

Orvalho – Rogério Gulin

Em 2008 foi premiado pela Funarte, Projeto Pixinguinha – Prêmio Produção, que resultou no CD Orvalho, gravado com o grupo Terra Sonora.

20h00 – Igreja Matriz

A Sonoridade do Fole Harmônico

O Fole Harmônico é um grupo de 14 acordeonistas. Waldir Teixeira é o responsável pela direção artística.

22h00 – Palco Principal

Filarmônica Orquestra Show

Filarmônica Antoninense, entidade que há mais de 33 anos trabalha na formação musical e capacitação profissional de jovens antoninenses. Este ano contará com a participação especial do músico Proveta, fundador da Banda Mantiqueira.

00h00 – Rua (saída em frente ao Theatro Municipal)

Grupo de Seresta Canto do Mar

Amigos da Música de Antonina se apresentaram pela primeira vez em 2003, no Festival de Inverno, e continuam fazendo serestas.

Sábado – 18 de julho

20h00 – Igreja Matriz

Duo Lúdico – A Música Latina e sua Diversidade

Concertos para alaúde e voz, violão e voz, violão solo e duo de violões. Luciana Lozada (violão e voz) e Aluísio Coelho (violão e alaúde).

22h00 – Palco Principal

Soulution Orchestra

Músicas de Ray Charles, Elvis Presley, Frank Sinatra, James Brown entre outros. A Soulution Orchestra gravou sete CDs e um DVD, em 2008, com os maiores clássicos do Rock-and-roll em versão Big Band.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.