Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

São Paulo - Walt Disney não contava histórias para as filhas dormirem. Sua mulher, Lillian, se encarregava disso, enquanto ele lia novos roteiros. Diane Disney Miller, hoje com 76 anos, relembra que o pai não levava desenhos para casa. "Nossa infância é bem diferente das ideias que as pessoas têm", diz, agora que são lançados em DVD Fantasia e Fantasia 2000, com vários extras (R$ 49,90 e R$ 99,90 o Blu-ray).

Além de entrevistas e making of, os discos trazem um biscoito fino: o curta Destino, projeto iniciado em 1946 pelo artista Salvador Dalí e finalizado apenas em 2003, por Roy E. Disney.

Diane conta que Dalí (1904-1989) e Disney (1901-1966) se conheceram numa festa e viraram bons amigos durante os oito meses em que trabalharam juntos, mas Destino foi engavetado pelos altos custos financeiros.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]