Meninas suecas colocam flores e velas em memória do falecido ícone pop dos EUA Michael Jackson na praça de Sergel no centro de Estocolmo | Christine Olsson / AFP Photo
Meninas suecas colocam flores e velas em memória do falecido ícone pop dos EUA Michael Jackson na praça de Sergel no centro de Estocolmo| Foto: Christine Olsson / AFP Photo

Internet

Morte de Michael Jackson derruba Google e outros sites

A notícia da morte de Michael Jackson, por volta das 19 horas (horário de Brasília) de quinta-feira (25), causou uma pane emergencial no Google. Com a curiosidade gerada sobre o rei do pop, milhares de pessoas digitaram as palavras "Michael Jackson" na busca do site ao mesmo tempo. O sistema operacional da rede reconheceu o fato como um ataque cibernético, "um vírus", definiu Bernardo Costa, diretor multimídia da agência curitibana Go2nPlay Studios, especializada em internet. Leia matéria completa

Biografia

Sucessos e polêmicas de Michael Jackson

A carreira do rei do pop Michael Jackson foi marcada por fama, sucesso e escândalos. Desde a infância, quando conheceu o estrelato com os irmãos no grupo The Jackson 5, o artista virou o queridinho dos norte-americanos. Após uma adolescência conturbada, Jackson surpreendeu o mundo com o lançamento de Thriller, álbum que vendeu mais de 50 milhões de cópias internacionalmente. Leia matéria completa

Discografia

Astro gravou último álbum com músicas inéditas em 2001.

Got To Be There (1972)

O disco, com dez músicas, marcou o primeiro registro da carreira solo do músico então conhecido por liderar os irmãos no grupo Jackson 5.

Ben (1972)

Trata-se do segundo álbum solo de Jackson. O disco, com 11 músicas, foi lançado em agosto de 1972, sete meses depois de sua estreia solo com Got to Be There. O cantor deu preferência às baladas, gênero raro nas músicas dos Jackson 5.

Music and Me (1973)

Music and Me, lançado em abril de 1973, tem dez músicas e foi o terceiro álbum solo de Michael Jackson, lançado oito meses depois de Ben.

Forever, Michael (1975)

Apesar de se tratar do melhor álbum da primeira fase de sua carreira solo, esse quarto disco ainda estava longe da inovação provocada pelo quinto e próximo disco, Off the Wall.

Off the Wall (1979)

Dessa vez, Jackson deu uma pausa de quatro anos para só então lançar o primeiro fenômeno de vendas de sua carreira. Off the Wall é o primeiro álbum gravado pelo cantor em idade adulta. Ele misturou disco e rhythm and blues para surpreender público e crítica.

O resultado foi o topo das paradas e 11 milhões de cópias vendidas.

Thriller (1982)

Thriller é um verdadeiro marco na história da indústria fonográfica

Lançado pela Epic em 1982, vendeu mais de 100 milhões de cópias pelo mundo até hoje.

Das nove faixas, três alcançaram o topo das paradas: "The Girl is Mine", "Billie Jean" e "Beat It".

Jackson também investiu nos videoclipes, realizando verdadeiras superproduções, como o da faixa título, em que ele contracena com atores fantasiados de zumbis.

Bad (1987)

A crítica torceu o nariz ao considerar o disco pouco ousado na comparação com os dois trabalhos anteriores. Apesar disso, ele foi muito bem recebido pelo público, que comprou 26 milhões de cópias. Ele ficou no topo das paradas em 25 países.

Dangerous (1991)

Dangerous é o primeiro álbum lançado por Michael Jackson na década de 90. O cantor surpreende novamente ao vender mais de 30 milhões cópias até hoje.

HIStory: Past, Present and Future Book I (1995)

Álbum duplo lançado por Jackson, com trinta canções. No primeiro disco (HIStory Begins), há uma seleção de sucessos remasterizados.

Já o segundo (HIStory Continues) tem a primeira leva de músicas inéditas desde Dangerous.

Invincible (2001)

Invincible reúne dezesseis canções inéditas. O racha do cantor com a Sony resultou em uma fraca divulgação e oito milhões de discos vendidos, seu pior desempenho desde Off the Wall.

Vídeos

Michael Jackson mudou o mundo da música com seus vídeo clipes. Confira alguns dos principais sucessos da carreira do rei do pop no canal oficial do artista no YouTube:

Thriller

Assista ao making off de Thriller - Parte 1

Assista ao making off de Thriller - Parte 2

Billy Jean

Bad

Black or White

They Don´t Care About Us

Don´t Stop Til You Get Enough

  • Fãs russos deixam flores em memória de Michael Jackson em frente à embaixada dos Estados Unidos em Moscou
  • Dançarinos executam música de Michael Jackson à tarde durante homenagem ao cantor no centro de Londres
  • Jovens chineses cantam suas músicas inesquecíveis e prestam homenagem à Michael Jackson em Pequim
  • Visitantes posam para fotos ao lado do boneco de cera de Michael Jackson no Museu Grevin em Paris
  • A morte de Jackson fez manchetes em todo o mundo
  • A babá dos filhos de Michael Jackson conta que não era paga desde outubro de 2008
  • Ícone do pop Michael Jackson sofreu uma parada cardíaca em sua casa em Los Angeles
  • Michael Jackson não estaria respirando quando paramédicos chegaram à sua casa nesta quinta-feira (25), em Los Angeles
  • Aos 50 anos, os problemas de saúde de Michael Jackson viraram notícia após remarcar shows em Londres
  • Michael Jackson entrou para a história da música ao lançar o álbum
  • Michael Jackson revolucionou a música com seus vídeo clipes na década de 1980
  • Escândalos e fama: Michael Jackson foi acusado de assédio sexual contra crianças, mas foi julgado e absolvido
  • No dia 13 de julho deste ano, Michael Jackson começaria extensa temporada de shows na Inglaterra
  • O sucesso de Michael Jackson começou aos 5 anos aos lado dos irmãos no grupo The Jackson 5
  • The Jackson 5: Tito, Randy, Jackie, Marlon, Michael e Jermaine durante apresentação em 1974
  • Michael Jackson durante gravação de videoclipe no Pelourinho, em 1996
  • Barack Obama disse que Michael Jackson era um performer espetacular
  • Fãs fazem homenagem ao rei do pop Michael Jackson nesta sexta-feira (26) na Bulgária
Veja também

Uma necrópsia que durou cerca de três horas não detectou "traumas externos" ou "circustâncias suspeitas" (de crime) no corpo do cantor Michael Jackson, que morreu nesta quinta-feira (25) após sofrer uma parada cardíaca em sua casa em Los Angeles.

Em entrevista a jornalistas no final da tarde desta sexta-feira (horário de Brasília), Craig Harvey, porta-voz do Instituto Médico Legal de Los Angeles afirmou que "levará de quatro a seis semanas" para "fechar o caso e definir uma causa final da morte".

O prazo é o tempo necessário para que sejam colhidos resultados dos testes toxicológicos adicionais. O corpo de Jackson ainda não foi liberado para a família.

O porta-voz afirmou também que a polícia de Los Angeles manterá detalhes das investigações em segredo.

Michael Jackson foi declarado morto às 18h26 (horário de Brasília) de quinta-feira (25). O cantor de 50 anos não estava respirando quando os paramédicos chegaram à sua casa, em Los Angeles.

Charlie Beck, assistente-chefe da polícia de Los Angeles, confirmou que o médico particular que estava na casa de Michael Jackson no momento em que a chamada de emergência será interrogado como parte das investigações sobre a causa da morte do cantor. "Faremos uma entrevista com o médico para discutir algumas questões não respondidas. Esperamos que o médico jogue luz sobre algumas coisas que nos foram passadas pelo legista", disse Beck, sem especificar os pontos de dúvida.

"Para se determinar a causa da morte [em uma investigação], é importante entrevistar todas as pessoas que estiveram em contato com o sr. Jackson antes de sua morte. Particularmente, a pessoa responsável por cuidar de sua saúde. É importante falar com o médico", concluiu.

De acordo com a pessoa que fez o chamado de emergência para os bombeiros da casa de Michael Jackson, o médico teria sido a única testemunha no momento em que o cantor teve a parada cardíaca.

Na madrugada de sexta, um carro que supostamente pertence ao médico foi apreendido pela polícia na residência alugada pelo cantor. A polícia acredita que o veículo pode conter pistas que contribuirão na investigação sobre as causas da morte.

Segundo a agência de notícias Associated Press, o médico é o cardiologista Conrad C. Murray. O site do conselho de medicina do Texas não indica reclamações formais contra Murray nos últimos quatro anos.

De acordo com a Fox News, o legista responsável pela necrópsia no corpo de Jackson se reuniu com a família do cantor antes do anúncio dos resultados da análise.

Medicação pesada

Um dia depois da morte repentina de Michael Jackson, as especulações giram em torno do que teria matado o "rei do pop", de 50 anos, às vésperas dos ansiosamente aguardados shows que marcariam seu retorno aos palcos.

Um advogado da família disse nesta sexta-feira que se preocupava com a ideia de que o uso pelo cantor de medicamentos receitados devido a fraturas sofridas ao dançar pudesse acabar sendo fatal e que o círculo de pessoas mais próximas a Jackson vinha ignorando seus avisos.

Um membro da família de Jackson disse ao site TMZ.com que o cantor recebeu uma injeção do analgésico Demerol antes de sofrer a parada cardíaca em sua casa alugada, por volta do meio-dia da quinta-feira no horário local.

Pouco depois, o site divulgou que Jackson morrera num hospital de Los Angeles.

Legião de fãs

Quando o dia amanheceu no Hollywood Boulevard, fãs se reuniram diante da estrela de Jackson na Calçada da Fama para prestar homenagem ao ex-menino-prodígio que se tornou um dos artistas pop de maiores vendas de todos os tempos, antes de mergulhar num estilo de vida estranho e recluso, em meio a acusações de abuso sexual infantil.

"Sua música foi a trilha sonora da minha infância", disse Tassa Hampton, 32 anos, ajoelhando-se para acender uma vela em meio à pilha crescente de flores e pôsteres.

A morte de Jackson fez manchetes em todo o mundo. A TV e as rádios tocaram seus maiores sucessos, de "Thriller" a "Billie Jean", e os sites de relacionamento social foram bombardeados com mensagens e homenagens de fãs e músicos.

"É tão triste e chocante", disse o ex-Beatle Paul McCartney. "Me sinto privilegiado por ter trabalhado e passado tempo com Michael. Ele foi um menino homem de talento imenso e alma gentil. Ele será lembrado para sempre."

A família ainda não divulgou informações sobre o funeral.

"Avisei todo o mundo que eu podia avisar e disse a eles que um dia Michael Jackson ia acordar morto, o que é um jeito estranho de dizer o que eu quis dizer", disse Oxman."Não quero apontar culpados porque quero ouvir o que dizem os exames toxicológicos e os médicos legistas, mas a verdade é que Michael Jackson tinha medicamentos receitados à sua disposição em todos os momentos."

Investigação

Detetives da divisão de Roubos e Homicídios da polícia de Los Angeles revistaram a casa de Jackson, no bairro elegante de Holmby Hills, em Los Angeles, a pedido do chefe de polícia William Bratton.

O TMZ informou que o médico que vivia na casa de Jackson está desaparecido. Uma fonte da polícia disse ao site que o médico, cujo nome não é conhecido, deu uma injeção a Jackson antes de o cantor morrer.

Diante de sua reputação prejudicada e de uma dívida enorme que, segundo o Wall Street Journal, chegava a 500 milhões de dólares, Jackson passara os últimos dois meses ensaiando para os concertos. Na quarta-feira ensaiou na arena gigante Staples Center, da equipe de basquete Los Angeles Lakers.

Show cancelado e reembolso

Um processo complexo começou em Londres para reembolsar as pessoas que compraram ingressos para os shows, incluindo os que compraram de revendedores não autorizados. Um par de passes VIP foi oferecido recentemente no eBay por 16 mil libras (mais de 25 mil dólares).

Com sua morte, a música de Jackson desfruta um renascimento comercial que ele não tinha havia anos. Em poucas horas suas canções ocupavam os 15 primeiros lugares entre os álbuns mais vendidos pela loja online Amazon.com.

750 milhões de cópias vendidas

Jackson é considerado um dos mais bem-sucedidos artistas do século passado, com vendas estimadas de 750 milhões de discos e 13 prêmios Grammy.

"Michael foi e continuará a ser um dos grandes artistas que já viveu", disse o fundador da gravadora Motown Records, Berru Gordy, primeiro chefe de Jackson. "Ele era excepcional, artístico e original. Ele deu ao mundo sua alma e seu coração por meio de sua música."

Mas a reputação de Jackson por sua música e sua dança foi ofuscada pelos recentes anos de aparência cada vez mais anormal e estilo de vida bizarro, o que inclui a amizade com um chimpanzé e a preferência da companhia de crianças.

Ele batizou uma propriedade na região central da Califórnia de Rancho de Neverland Valley (ou Rancho do Vale da Terra do Nunca, numa tradução para o português), em homenagem à história de Peter Pan, escrita por J. M. Barrie. O local tinha um parque e um zoológico de animais de estimação.

Jackson foi acusado por duas vezes de molestar jovens e foi formalmente indiciado em 2003 de abuso sexual de crianças. Ele se tornou ainda mais recluso após sua absolvição em 2005 e prometeu que nunca mais moraria em seu rancho.Apesar dos relatos de problemas na saúde do cantor, os promotores dos shows de Londres, a AEG Live, afirmaram em março que Jackson havia passado por uma série de exames de quatro horas e meia com médicos independentes.

"Não consigo parar de chorar por causa dessa triste notícia", disse a pop star Madonna em comunicado. "Sempre admirei Michael Jackson. O mundo perdeu um dos maiores, mas a música dele seguirá vivendo para sempre."

Moonwalk

Jackson nasceu em 29 de agosto de 1958, na cidade de Gary, Estado de Indiana. Ele era o sétimo de nove filhos e atuou ao lado de seus irmãos no grupo Jackson 5.

O álbum "Thriller", de 1982, emplacou sete músicas entre as dez mais tocadas. O disco vendeu 21 milhões de cópias nos Estados Unidos e ao menos outras 27 milhões ao redor do mundo.

No ano seguinte, ele mostrou ao mundo seu passo de dança conhecido como "moonwalk", no qual ele desliza de costas no palco, quando cantava "Billie Jean" durante especial da emissora NBC.

O passo se tornou uma de suas marcas registradas. Em 1994, o cantor casou-se com a única filha de Elvis Presley, Lisa Marie, mas o casamento acabou em divórcio em 1996.

"Estou muito triste e confusa com todas as emoções possíveis...Essa é uma perda gigantesca em vários sentidos, me faltam palavras", disse ela em comunicado.

Jackson casou-se com Debbie Rowe em 1996 e teve dois filhos antes de se separar novamente em 1999. Ele teve um outro filho cuja mãe não foi identificada.

Ele deixa os três filhos chamados Prince Michael I, Paris Michael e Prince Michael II, este último conhecido por uma breve aparição pública quando o pai o chacoalhou em uma janela de hotel, gerando duras críticas.

Deixe abaixo seu comentário sobre a morte de Michael Jackson

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]